O estudo mostrou que a ação nas mãos tem resultado em todos os pontos de dor no corpo dos pacientes. O mesmo grupo publicou outro artigo, também no Journal of Novel Physiotherapies, sobre um estudo de caso da aplicação do equipamento nos pontos de dores. Embora os resultados desse primeiro estudo tenham sido satisfatórios, não foi possível reduzir a dor da paciente de modo global.
Segundo a lenda, foi um camponês chinês que sofria de dores de cabeça que desenvolveu a técnica da acupressão. Enquanto lavrava, ele deixou o arado cair no dedão do pé. Pouco depois, suas dores de cabeça desapareceram. No dia seguinte, após o surgimento de uma nova dor de cabeça, ele repetiu a experiência, e o resultado foi o mesmo. Não sabemos se essa história é verdadeira ou não, mas a acupressão parece ser realmente originária da China, assim como a acupuntura. Mas, apesar de ambas as práticas estarem relacionadas, a acupressão não utiliza agulhas.
A não indução ou condução do TP por meio do preparo do colo com o balão cervical ou uso de agentes farmacológicos (prostaglandina ou ocitocina) deu-se de maneira diferente entre os grupos. Em geral, as parturientes consideradas nesse desfecho que não receberam essas intervenções foram: 23,7% no BP6, 15,2% no GT e 50,0% no GC, p = 0,0065 (teste Qui-quadrado). No entanto, não foram significantes as diferenças quando se observam isoladamente os usos do balão cervical, de prostaglandina e limítrofe para as comparações com ocitocina (Tabela 2).

Se o primeiro ponto não funcionar, tente o próximo ponto, ou pontos, até você encontrar um que funcione. Pode haver mais de uma abordagem a seus sintomas, tal como 'rins' X 'dor nas costas.' Quando encontrar um ponto que ajuda, trabalhe esse ponto. Se o alívio é temporário, reestimule o local. Algumas vezes a dor passa e retorna três ou quatro vezes, cada vez em menor intensidade. Seu objetivo é a harmonia interna, então, fique em um local silencioso, sente-se ou deite-se e relaxe. Evite música alta, exercícios, alimentos, drogas ou álcool enquanto estimula seus pontos de pressão.
Use os dedos para apertar o ponto de pressão. Pegue seu polegar e o dedo médio ou indicador e pressione firmemente nos pontos nos dois lados do punho quando se sentir nauseado. Em seguida, gentilmente, mas com firmeza, esfregue o ponto usando um movimento circular por vários minutos. Você poderá sentir um alívio imediato; às vezes, no entanto, poderá demorar até cinco minutos .[4]
×