Abdala esclarece que, normalmente, ao respirar, é mais comum sentir dor nas costas por questões musculares. “Quem sofre de artrose tende a ter a musculatura intercostal acometida. Ou, quando está frio, o mesmo acontece com várias pessoas. A dor ao respirar também pode se manifestar a partir de um trauma, ou seja, quando há lesão em alguma parte da coluna (bateu, caiu, etc.)”, explica.
Por vezes, a dor pode irradiar (“uma dor que vai da coluna”) para outras regiões anatómicas, sendo a mais frequente a dor ciática (ciatalgia). A ciatalgia é uma dor nas costas que irradia para as pernas até ao pé, que ocorre como consequência da compressão do nervo ciático, que se estende desde a coluna até aos pés. Podem também ocorrer adormecimento (formigueiros) ou alterações da força no(s) membro(s) afetado(s).
*Nota: Ao enviar essas informações, você receberá uma notificação de alerta confirmando quando este item estiver de volta em estoque. Você não receberá nenhuma solicitação ou notificação nossa em relação a qualquer informação de marketing promocional ou outros. Nós nunca alugamos, vendemos ou compartilhamos seu endereço de e-mail. Veja nossa política de privacidade.
NOSSA REIVINDICAÇÃO DE QUALIDADE: Qualidade, funcionalidade e preço / desempenho são nosso foco principal em #DoYourFitness. Para os nossos produtos, utilizamos apenas materiais de alta qualidade e o desenvolvimento já anda de mãos dadas com atletas experientes, instrutores de fitness, bem como fisioterapeutas e especialistas em reabilitação. Todos os produtos também passam por rigoroso controle pelo nosso departamento de qualidade.

O tratamento para que a dor ciática não volte pode ser feito com sessões de fisioterapia, osteopatia, acupuntura, hidroginástica e Pilates clínico. Nos casos mais graves é preciso realizar uma cirurgia para descomprimir o nervo ciático inflamado ou reduzir a hérnia disco, caso seja esta a raiz do problema, mas cerca de 90% das pessoas não precisam de cirurgia e alcançam a cura através da fisioterapia. Saiba todas as opções de tratamento para dor no nervo ciático.


Todas as queixas no organismo, bem como a dor física, são muitas vezes caracterizadas por fatores de estresse ou sentimentos como raiva, fadiga, inércia e tristeza. É assim que a medicina chinesa acredita que o equilíbrio do nosso corpo é necessariamente dependente da condição mental. Da mesma forma, o equilíbrio do corpo depende do próprio estilo de vida. Se, por exemplo, existe um estresse psicológico, pode-se assumir que o fluxo de energia é perturbado e, assim, envia sinais apropriados ao corpo sob a forma de doença ou dor.
Durante a anamnese e exame físico dos pacientes com ciatalgia, os últimos referem normalmente quadro álgico em região lombar e posterior de coxa, sendo estes os primeiros sintomas relatados que induzem os profissionais aos testes específicos para o nervo ciático. A dor pode ser local ou irradiada, dependendo do grau de compressão nervosa e estruturas envolvidas com o processo inflamatório.
Não se incline para a frente com a parte superior do corpo enquanto conduz. Deslize as ancas até assentarem na parte de trás do banco do carro e encoste-se, regulando o assente de maneira a segurar no volante de forma confortável. Se estiver demasiado próximo vai ter de curvar os ombros para poder agarrar no volante. Se estiver demasiado afastado, vai ter de arquear a parte superior das costas para o alcançar. O objetivo é libertar o pescoço, ombros e costas do máximo de tensão possível.
Dor nas costas (ou "Dorsalgia") é a dor sentida nas costas. Pode provir dos músculos, nervos, ossos, articulações ou outras estruturas ligadas à coluna vertebral. A dor pode ser constante ou intermitente, localizada ou difusa. Pode ter características em picada ou ardor. A dor cervical pode deslocar-se pelo braço e mão e parte superior das costas. Na parte inferior pode deslocar-se pela perna e pé e incluir fraqueza e dormência.
Este ponto de acupressão fica localizado na planta do pé, logo a baixo do espaço entre o dedão e o segundo dedo do pé, onde os ossos destes dois dedos se cruzam. Para pressionar este ponto, deve usar a mão do lado oposto, pressionando a planta do pé com o polegar e o lado oposto com o dedo indicador, de forma a que a os dedos da mão formem uma pinça que envolve o pé.
×