Conforme bem estabelecido na literatura, as crises que acometem a coluna vertebral, notadamente a região lombar, decorrem de inúmeros fatores, sendo a maioria passível de modificação. Seguindo essa linha de raciocínio, um plano de ação para prevenir novas crises deveria focar incondicionalmente os fatores potencialmente modificáveis. O problema é que, nesse caso, serão necessários investimentos em médio e longo prazo, que exigem persistência e disciplina, condições cada vez mais em falta em um mundo que hipervaloriza a comodidade pessoal e abusa da tecnologia.
Criar uma lista de desejos. Esse recurso permite que você acompanhe os itens que você está interessado em comprar no futuro. Depois de comprar os itens, eles saem da sua lista e passam para a lista de reordenação rápida. Para adicionar um item à sua Lista de Desejos, basta clicar no link Adicionar à Lista de Desejos. Você pode adicionar à sua lista quantos itens você quiser. Você pode navegar para esta lista através da Minha conta.
É aconselhável que um indivíduo com dor nas costas deve ter uma dieta equilibrada. O leite, o suco, os brotos e as frutas devem ser tomados regularmente todos os dias. Vegetais cozidos no vapor como couve-flor, cenouras, tomates, espinafre e repolho também devem encontrar um lugar na sua tabela de alimentos. Os alimentos picantes, oleosos e pesados, bem como chá, café, pratos doces e coalhada, devem ser eliminados assim que você começar a sofrer de dor nas costas.

Lin Tchie Yeng – A psicoterapia ajuda a pessoa a entender e reduzir os fatores desencadeantes. Hoje, em vez da psicoterapia clássica muito difundida no Brasil, defende-se a utilização das terapias cognitivo-comportamentais que buscam modificar a percepção do que acontece ao redor e o comportamento. Se o paciente compreender a causa da doença e desenvolver hábitos e comportamentos adequados, saberá lidar melhor com os episódios dolorosos.


O ITC Vertebral desenvolveu uma técnica de tratamento para a coluna vertebral sem procedimentos invasivos. Os pacientes são tratados de acordo com os sintomas e sinais da dor. Não existe um trabalho padrão e é aí que consiste um dos grandes diferenciais do ITC Vertebral: o indivíduo passa por uma avaliação criteriosa, sendo direcionado, a partir dessa primeira etapa, para um atendimento personalizado. Fala-se, portanto, em “Subclassificação” das dores na coluna vertebral, os critérios de tratamento obedecem às características individuais do estado clínico do paciente.
O camisa 10 deveria ter iniciado as atividades com o grupo nesta segunda, mas perdeu atividades desde sexta-feira à tarde. Na sexta, o jogador ligou para o diretor de futebol Zinho e pediu liberação para resolver problemas particulares. No sábado pela manhã, porém, nem a voz do jogador foi ouvida. Por SMS, ele explicou ao diretor de futebol que não estaria presente, inclusive no domingo.

Lin Tchie Yeng – Com o uso exclusivo de anti-inflamatórios, a dor melhora por uns tempos, mas torna a aparecer. No tratamento da fibromialgia, medicação ajuda, mas não é o suficiente. É importante trabalhar com o lado físico e psicológico do paciente. Por isso, os antidepressivos representam uma primeira e conveniente opção. Associados aos analgésicos e anti-inflamatórios, diminuem os sintomas da dor. No entanto, pacientes com fibromialgia ou dores crônicas requerem abordagem multidisciplinar para que o tratamento apresente resultados mais eficientes.


As pessoas acometidas de dor ciática foram as que nos levaram a montar o nosso programa de exercícios de fortalecimento muscular especial para os músculos das costas. Tudo começou devido ao alto número de pacientes que tinham recorrência com dor ciática. A frequência com que recebíamos e ainda recebemos no nosso consultório pacientes com dores oriundas de alongamentos e exercícios incorretos realizados nas academias e estúdios de pilates é assustadora. A população tem procurado esses centros no intuito de melhorar a sua qualidade de vida, e não para se machucar. Trabalhar com pessoas que sofrem de dores nas costas e programar exercícios específicos é um tema novo para os profissionais de educação física e os fisioterapeutas. Ainda não existe na grade curricular dessas duas formações uma escala de aprendizagem sufi ciente para prevenir esses acidentes constantes. Foi nesse sentido que iniciamos uma série de reuniões científicas com médicos ortopedistas especialistas em coluna, radiologistas, profissionais de educação física e fisioterapeutas, a fim de eliminar os exercícios que traziam prejuízos para a coluna vertebral dos nossos pacientes. Dessa forma, nos empenhamos nesse assunto e montamos também uma grade de exercícios especiais que são benéficos e contra-indicamos outros exercícios que sejam prejudiciais para quem tem problema na coluna.
Nível de condicionamento físico: a dor de costas é mais comum entre pessoas que não estão fisicamente aptos. Musculatora abdominal e lombar enfraquecidas podem não suportar corretamente a coluna vertebral. “Atletas de finais de semana” — pessoas que saem e exercitam-se muito depois de estarem inativos durante toda a semana — são mais propensos a sofrer lesões dorsais dolorosas do que pessoas que fazem atividade física moderada, como um hábito diário. Estudos mostram que o exercício aeróbio de baixo impacto é benéfico para a manutenção da integridade dos discos intervertebrais.
Na hérnia de disco – quando acontece esforço, o material nuclear é impelido para trás através das fibras do anel fibroso, nesse momento você não sente a dor. Mas durante a noite, por causa da maior embebição aquosa do núcleo e da elevação da pressão intradiscal as fibras se rompem. Horas depois a pessoa começa a sentir uma dor aguda e intensa com irradiação da dor para o membro inferior.
Saber distinguir se a dor é oriunda de um problema na coluna ou se o paciente tem pré-disposição para contratura desse músculo será de fundamental importância para saber se é possível alongar ou não. É importante salientar que a causa mais comum da dor ciática são as lesões degenerativas da coluna vertebral, tais como: hérnia de disco, protrusão de disco, espondilolistese, artrose nas vértebras inferiores e estenose vertebral. Nesses casos, alongar os músculos posteriores da coxa podem até contribuir para o aumento da dor. Nas lesões mais severas e graves, os pacientes poderão apresentar quadros de fraqueza muscular em uma das pernas ou nas duas, e a falta de força poderá mudar o padrão da caminhada. Nesses casos, o paciente não consegue ficar de ponta de pé sobre a perna afetada ou dar alguns passos usando apenas os calcanhares.
Se a região do core contém grupos musculares tão distintos e com ações diferentes, o treinamento também deveria ser diversificado. Uma proposta coerente deveria incluir estímulos específicos para desenvolver controle motor nos músculos locais (mais profundos) e estímulos para desenvolver as diferentes manifestações da força nos músculos globais (mais superficiais). É importante lembrar que, para a maioria dos movimentos, os músculos não atuam de forma exclusiva. Dessa forma, tanto a musculatura local quanto a global trabalham em sinergia. Para garantir que os músculos que compõem a região do core continuem eficientes, tanto para proteção da coluna vertebral quanto para as capacidades funcional e esportiva, torna-se absolutamente indispensável a progressão em relação ao tipo de exercício, volume, intensidade, planos de execução e velocidade. A decisão sobre o momento certo de incrementar intensidade sem expor a estrutura ao dano deve se basear em critérios definidos pela literatura e na velocidade da resposta do praticante.

As participantes foram alocadas por meio de uma lista de seleção de números aleatórios e distribuídas em três grupos: acupressão (BP6); grupo toque (GT), placebo; e grupo controle (GC). O estudo utilizou o método duplo-cego; nem as parturientes do grupo BP6 e GT nem tampouco os profissionais que prestavam assistência na unidade obstétrica sabiam a que grupo cada participante pertencia. Com relação ao GC, não houve possibilidade de cegamento devido às próprias características do estudo.
*Nota: Ao enviar essas informações, você receberá uma notificação de alerta confirmando quando este item estiver de volta em estoque. Você não receberá nenhuma solicitação ou notificação nossa em relação a qualquer informação de marketing promocional ou outros. Nós nunca alugamos, vendemos ou compartilhamos seu endereço de e-mail. Veja nossa política de privacidade.
Entre as atividades para tratamento de um desconforto lombar, temos uma variedade de técnicas. Entre as mais conhecidas estão a RPG e a osteopatia. Enquanto técnicas terapêuticas de tratamento de disfunções na lombar, onde o princípio de abordagem terapêutica se difere, a RPG tem uma ação mais global sobre a coluna vertebral e a postura, e a osteopatia tem uma ação mais localizada do tratamento, mas também visando um resultado global. Ambas partem do princípio de restabelecer o equilíbrio corporal com manipulações e alongamentos associados a reequilíbrio de tensões musculares e posturais, retirando a sobrecarga e redistribuindo a força para outras áreas, como por exemplo, a estabilização segmentar, onde se aprende a contrair de forma voluntária e eficaz e, sem sobrecarga, os músculos posteriores (multífido), abdominais (principalmente os transversos), numa expiração normal.
Como prometido no início da noite dessa segunda-feira, Adriano apareceu para treinar no Ninho do Urubu nesta terça. Ele aceitou as condições impostas por Zinho, que suspendeu o contrato de imagem do jogador. Além disso, o Imperador não poderá perder mais nenhum treino e terá um acompanhamento permanente da parte emocional, que pode ser feito por um psicólogo. Ele só voltará a receber integralmente se andar na linha.
Segue-se o cotovelo, como a segunda região de maior incidência de lesões (sobretudo no atleta amador). O denominado “cotovelo do golfista” (inflamação do epicôndilo medial – face interna) deve-se sobretudo ao contacto precoce do taco com a relva, provocando uma carga excessiva sobre os tendões que se inserem no epicôndilo. Do lado oposto temos o “cotovelo do tenista” (inflamação do epicôndilo lateral – face externa) que pode ter origem no excesso de uso e de swings realizados, essencialmente no cotovelo direito, no caso dos destros. Estas lesões aumentam com a frequência do jogo e com a idade. 
Embora não seja mortal, a hérnia de disco pode levar indivíduos economicamente ativos a se aposentarem por invalidez, sendo as causas multifatoriais, como: permanecer sentado por longas horas e o comportamento sedentário. Devido à repercussão econômica causada pelas lombalgias e hérnias de disco, elas se tornaram a 1ª causa de pagamento de auxílio doença e a 3ª causa de aposentadoria por invalidez.

Formado em fisioterapia pela Unifor (Universidade de Fortaleza) em 1985, Helder Montenegro é presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna, Presidente de honra por seis edições do Congresso Internacional de Fisioterapia Manual e autor do livro Hérnia de Disco e Dor Ciática que alcançou a venda de 10.000 exemplares, apenas, na primeira edição. Desenvolveu, pioneiramente, um trabalho eficaz voltado ao tratamento das patologias da coluna vertebral, prestigiado e utilizado como referencial por muitos outros profissionais do ramo. Nestes anos de experiência com a fisioterapia e o empreendedorismo, sempre procurou incentivar os colegas fisioterapeutas de que, mesmo com os diferentes empecilhos, o trabalho poderia alcançar relevância em notoriedade. E, dessa forma, Helder Montenegro se destacou no ramo da gestão, sendo reconhecido pelo empenho e comprometimento com a fisioterapia. As palestras e conferências que ministra deram um enorme salto qualitativo à profissão que, a cada dia, expande em seu espaço no cenário nacional. Foi um dos primeiros fisioterapeutas a chefiar o departamento médico de um grande clube do futebol brasileiro; atuou como fisioterapeuta no futebol europeu, no clube Galatasaray, na Turquia (2000); contribuiu, significativamente, para a introdução e divulgação das técnicas de Fisioterapia Manual no Brasil, como professor de pós-graduação, ministrando cursos, palestras e promovendo seis congressos internacionais, sendo dois transmitidos ao vivo, via satélite (em 2001), e outro ao vivo (em 2014) transmitido pela internet. Participou de cursos e estágios na Europa (Podoposturologia, Osteopatia, Cadeias Musculares) e nos Estados Unidos (Maitland e Programas científicos da Chattanooga Group utlizando Eletroterapia, Mesa de tração Triton DTS, Mesa de Flexão Ergostyle e Estabilização Vertebral) firmando, então, uma parceria com este grande grupo e criando a técnica de Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral.
Ensaios controlados e randomizados (ECR) desenvolvidos em alguns países da Ásia 4 , 5 , 11 , 12 e do Oriente Médio 14 , 15 , 18 avaliaram os efeitos da acupressão na duração da primeira etapa do TP e na via de parto. Nesses estudos, foram identificados três pontos de acupuntura, alvos da acupressão: ponto Sanyinjiao (BP6), 4 , 11 , 12 , 14 , 18 ponto Hegu (IG4) 5 e ponto Zhiyin (B67). 5

(Fontes: Maurício Garcia, coordenador do setor de fisioterapia do Instituto Cohen de ortopedia, reabilitação e medicina do esporte e fisioterapeuta do Centro de Traumatologia do Esporte da Unifesp – CREFITO 3/8090-F; Ricardo Munir Nahas, ortopedista, traumatologista, médico do esporte e coordenador do Centro de Medicina do Exercício e do Esporte do Hospital Nove de Julho – CRM 34914/SP; Thiago Medeiros, fisioterapeuta e osteopata do Instituto Curarte e professor da Universidade São Francisco e UniMetrocamp – CREFITO 3 /125946-F)
Acupressão alimentação Alimentação Saudável Alongamento Ansiedade Auto-Ajuda Bebê Bem-estar Chás Comportamento Criança Detox Dicas de Saúde Dieta Dores Dormir Energia ervas Esporte Estresse Exercícios Físicos Familia Felicidade Filho gestante Gravidez Inverno ioga Massagem terapêutica Massoterapia Medicina Tradicional Chinesa MTC Pele Pré-Natal Pés Reflexologia Reiki Relaxamento Respiração Shiatsu Stress terapia terceira idade Trabalho yoga
Isso acontece muito raramente que a dor na parte superior é causada por uma doença do disco torácica, de modo a degeneração ou hérnia de disco. Este diagnóstico deve, portanto, ser bastante precisa, antes de ser emitida como deve ser baseado em um diagnóstico de doença de disco torácica ou ferimentos através de testes de diagnóstico como uma ressonância magnética relacionada com sintomas físicos individuais.
Aliviar as dores de cabeça... Sonho de 10 entre 10 pessoas que vivem com enxaquecas. E, você sabia que isso pode ser mais simples e real do que se imagina? Além de seguir uma alimentação equilibrada e natural junto com hábitos de vida saudáveis e relaxantes, existem diversas massagens especiais que prometem dar fim a esses problemas, tão decorrentes e corriqueiros no dia a dia das pessoas. Cientificamente estudada, a acupressão é uma técnica eficaz que suaviza os incômodos de forma rápida, leve e, a longo prazo, permanente.
Se a adoção de medidas caseiras, como a aplicação de gelo, a realização de alongamentos suaves e a toma de anti-inflamatórios não sujeitos a receita médica, não resolver o problema e continuar com muitas dores, o médico poderá aconselhar tratamentos para atacar a dor e proporcionar-lhe algum alívio.  A cirurgia das costas é um assunto sério e deve, por isso, ser um tratamento de último recurso. Deve apenas ser considerado quando todos os tratamentos não cirúrgicos tiverem falhado e, mesmo assim, nem todos os casos são elegíveis. Antes de o médico lhe recomendar qualquer uma das seguintes opções, é provável que peça vários exames como raio X, TAC ou ressonância magnética. Tendo em conta os resultados destes exames, um exame físico e a descrição que fez dos seus sintomas, o médico irá decidir o melhor tratamento para o seu caso especifico.
Lin Tchie Yeng – LER (lesões por esforços repetitivos), ou DOT (distúrbios osseomusculares relacionados ao trabalho), é uma doença bastante comum atualmente. Estima-se que, em São Paulo, de 5% a 8% dos trabalhadores apresentem dor no braço ou na região cervical como consequência de suas atividades profissionais. No Hospital das Clínicas, mais ou menos 30% das pessoas com tendinite provocada pela repetição contínua de certos movimentos, sofrem também de fibromialgia e isso causa diagnósticos e tratamentos equivocados.
Nossos programas são naturais e usam a capacidade do corpo para atingir metas específicas medidas, em vez de introduzir produtos químicos nocivos, reposição hormonal controversa, cirurgias indesejadas ou drogas viciantes. Queremos que você viva uma vida funcional que seja preenchida com mais energia, uma atitude positiva, um sono melhor e menos dor. Nosso objetivo é, em última análise, capacitar nossos pacientes para manter o modo de vida mais saudável.

Como prometido no início da noite dessa segunda-feira, Adriano apareceu para treinar no Ninho do Urubu nesta terça. Ele aceitou as condições impostas por Zinho, que suspendeu o contrato de imagem do jogador. Além disso, o Imperador não poderá perder mais nenhum treino e terá um acompanhamento permanente da parte emocional, que pode ser feito por um psicólogo. Ele só voltará a receber integralmente se andar na linha.

The SP6 point in particular has a strong influence on the reproductive organs, placental retention, and on dystocic and extended labor. The stimulation of this point is not indicated in preterm gestation because the concentration of yin energy can induce labor. 22 This point is located on the spleen-pancreas meridian, the width of four of the recipient’s fingers above the tip of the internal malleolus on the rear part facing the tibia (Figure 1). 21
Originária da China Antiga, a acupressão se vale dos mesmos pontos mapeados para a acupuntura, mas, em vez de agulhas, depende de estímulos resultantes da imposição dos dedos polegares. Pesquisas brasileiras estão descortinando seu potencial para minimizar incômodos na gestação. É o caso de um estudo com 15 grávidas acompanhadas em uma Unidade Básica de Saúde de Natal (RN), que mostrou melhoras em queixas como cãibras, cansaço e dores de cabeça e nas costas após quatro sessões.
O ITC Vertebral desenvolveu uma técnica de tratamento para a coluna vertebral sem procedimentos invasivos. Os pacientes são tratados de acordo com os sintomas e sinais da dor. Não existe um trabalho padrão e é aí que consiste um dos grandes diferenciais do ITC Vertebral: o indivíduo passa por uma avaliação criteriosa, sendo direcionado, a partir dessa primeira etapa, para um atendimento personalizado. Fala-se, portanto, em “Subclassificação” das dores na coluna vertebral, os critérios de tratamento obedecem às características individuais do estado clínico do paciente.
O objetivo da primeira consulta é entender a condição atual de saúde com o máximo de detalhes possível. Será discutido o histórico de saúde e irá se realizar uma avaliação física se necessário. Em alguns casos, será requisitado exames adicionais entre a primeira e a segunda consulta. O tratamento inicial e desenvolvimento do plano de tratamento são discutidos nesta sessão. A primeira consulta dura em torno de uma hora.
A lombalgia – dor nas costas – está presente na grande maioria da população mundial adulta, sendo que de 30 a 40% destas pessoas apresentam de forma assintomática hérnia de disco lombar e de 2 a 3% já estão acometidas pelo sintoma desta patologia, cuja prevalência acima dos 35 anos é de 4,8% no universo masculino e 2,5% no feminino. No país, segundo dados do IBGE, a hérnia de disco atinge 5,4 milhões de brasileiros. O problema é consequência do desgaste da estrutura entre as vértebras que, na prática, funcionam como “amortecedores” naturais do impacto entre elas. Dessa forma, a estrutura se desloca e comprime os nervos da região.

Existe, também, a dor nas costas apenas muscular, de tratamento mais simples. Muitas vezes cede apenas com massagem. Por isso é comum ouvir que algum amigo foi em um “bom massagista” que tirou sua dor nas costas com massagem. Se a dor nas costas for causada apenas por dor muscular a massagem resolverá, mas quando existe algum dos fatores acima descritos será necessário o tratamento adequado.


A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência.
Até agora, se um disco se desintegrava, causa comum de dores de costas, a única solução era fundir as duas vértebras, fazendo assim uma espécie de sanduíche com o disco no meio. Atualmente, os cirurgiões podem substituir o disco danificado por um núcleo de polietileno ou de metal que desliza entre duas placas de metal. Este procedimento só poderá ser considerado se outros tratamentos, incluindo fisioterapia, emagrecimento, injeções e/ou o uso de um colete especial, não tiverem resultado.
O cálculo renal (ou pedra nos rins) é uma das doenças mais frequentes do trato urinário, sendo mais frequente nos homens entre os 30 e os 50 anos de idade. Nos países desenvolvidos, pode atingir cerca de 20% da população. Os sinais e sintomas, habitualmente presentes são: desconforto ou dor lombar, por norma unilateral (de um só lado (rim), pode verificar-se sangue na urina (hematúria), infeções urinárias recorrentes (ou de repetição), entre outros sinais e sintomas.

As razões de tanta dor nas costas são várias: a nossa coluna ainda não está totalmente desenvolvida e adaptada à posição vertical. Os discos intervertebrais foram originalmente concebidos para fazer apenas uma ligação elástica entre as vértebras da coluna na posição horizontal e entre os quatro membros. Direitos Autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho.  https://www.dor-nas-costas.com
Um dos motivos mais frequente que leva as pessoas a buscarem tratamentos com acupressão é o alívio de dores. Estudos indicam que ela funciona para quem sofre de dores de cabeça crônicas, dores na lombar, dores de parto e outras dores.  A forma de se aliviar uma dor com auto-acupressão é pressionar um ponto conhecido como “vale da junção“. Tal ponto se encontra entre o polegar e o dedo indicador. Confira no vídeo abaixo a posição do ponto e como efetuar a pressão:
×