Estima-se que 1% a 2% de todos os adultos a experiência de uma hérnia de disco em algum ponto que leva ao nervo ciático dor. Muito mais comum em homens do que em mulheres, e mais propensos a desenvolver em pessoas com mais de 30 anos de idade, nervo ciático dor pode afetar ambos os atletas são aqueles que são muito ativos ou pessoas que são mais sedentárias.
Sim. É possível você aplicar esta técnica em você mesmo. Porém, nem todos os pontos estão ao alcance fácil. Todavia, muitos deles são fáceis de pressionar, como os pontos da mão, por exemplo. E o mais legal é que você pode realizar esta técnica em qualquer lugar, sem necessidade de nenhum material ou ambiente específico. Pode-se fazê-la no elevador, na academia, na fila do super-mercado, etc.
Obviamente, a dor deve ser desencadeada com uma cidade manchada de acupressão. Um tratamento com uma esteira de acupressão é muito gentil. O tapete de acupressão, naturalmente, não possui unhas de unhas, mas apenas anões arredondados. Esses nubs são projetados para a massagem. O tapete de acupressão é usado não só para tratamento de acupressão, mas também para meditação.
Conheça os principais usos da acupressão. Por mais que a técnica seja utilizada no tratamento de vários problemas de saúde, o uso mais comum é o do alívio de dores de dor de cabeça, dores no pescoço e dores nas costas. Muitas pessoas também utilizam a acupressão para controlar o enjoo, a fadiga, o estresse, a perda de peso e até mesmo alguns vícios. Acredita-se que a técnica ajude a reduzir a tensão muscular e promova um relaxamento profundo.[5] 

A fibromialgia, na medicina moderna, é qualificada como uma síndrome ou transtorno de dor crônica, na qual a pessoa sente dores por todo o corpo. Esssas dores estão mais evidenciadas nas articulações, nos músculos, tendões, em outros tecidos moles. Causando fadiga, sonolência, indisposição, dores de cabeça, depressão e ansiedade. A fibromialgia ainda não tem cura.


Se já teve problemas ou cirurgias na coluna a longo prazo ou até mesmo durante a vida, você pode estar familiarizado com o ditado: "Existem dois tipos de jogadores de golfe... aqueles que têm problemas nas costas e aqueles que vão ter." No entanto, isso não significa que você tem que desistir de seu amor pelo esporte. Existem soluções alternativas que lhe permitirá lidar com sua dor nas costas e jogar golfe.
A acupressão (uma mistura de ?acupuntura? e ?pressão?) é uma técnica derivada da acupuntura - modalidade terapêutica que utiliza agulhas, moxas, ventosas e outros instrumentos para liberar substâncias químicas. Na acupressão, usada há milhares de anos na China, é aplicada pressão física com os dedos ou com dispositivos em pontos específicos de acupuntura para promover o tratamento de patologias, relaxamento e bem-estar.
Dois outros ECR 15 , 18 avaliaram os efeitos da acupressão nos pontos IG4 e BP6, comparando com as parturientes de um terceiro grupo, sem intervenção; porém, não esclareceram o uso de uterotônicos. Em estudo de Salehian et al 18 houve menor tempo de TP quando analisados os grupos BP6 e IG4 versus GC (p = 0,001); e Kim et al 15 mostraram redução no tempo de TP em 127,9 min no grupo BP6 e 149,6 min no grupo IG4 em comparação com o GC. Na comparação dos grupos BP6 versus IG4, não houve diferença.

Noninduction or augmentation of labor using cervical preparation with a balloon catheter or pharmaceutical agents (prostaglandin or oxytocin) was different between the groups. In general, the pregnant women included in this outcome who did not receive these interventions were: 23.7% in SP6G, 15.2% in TG, and 50.0% in CG (p = 0.0065 using the Chi-square test). However, the differences were not significant when the balloon catheter and prostaglandin were used in isolation, and were borderline when compared with oxytocin (Table 2).
“Comecei a pesquisar muito sobre os efeitos negativos do anticoncepcional, porque tive pessoas próximas que tiveram problemas de saúde por tomar a pílula. Geralmente os médicos não expõem os riscos quando você pede um método contraceptivo. Depois de muita pesquisa decidi parar por ‘N’ motivos: chance de trombose, mudança de humor e histórico de câncer na família. Optei por usar o DIU de cobre, queria me ver livrar dos hormônios. Tive que ser persistente para conseguir pelo convênio, mas também dá para colocar pelo SUS. Com zero hormônio sintético meu corpo passou a funcionar na íntegra: ovulação, TPM e variação de humor.”

A acupressura pode ser aplicada em outras pessoas, mas cuidado. A maioria dos estados norte-americanos tem leis contra a prática de massagem ou médica sem uma licença. Faça apenas na família e com amigos. Preste atenção nos alertas. Explique o que você está fazendo e qual o resultado a esperar. As distâncias em palmos ou dedos mostradas no diagrama se referem às da pessoa em tratamento. A localização dos pontos varia de pessoa para pessoa. Procure por reações e peça respostas para bem equilibrar seus esforços.

As dores que Tiger Woods vem sofrendo em campo e que o obrigaram a abandonar a volta final do Honda Classic após 13 buracos; o levaram a jogar 78 tacadas, sem um birdie sequer, e despencar no placar final do Cadillac Championship; e o fizeram abandonar o Arnold Palmer Invitational, na semana passada, estão sendo provocadas pela degeneração de um disco intervertebral que comprime as raízes nervosas que emergem da coluna. A informação dada em primeira mão pelo colunista Jeff Rude, da revista Golf Week, foi obtida por ele de “pessoa com conhecimento da condição do jogador”.
A fibromialgia é uma doença crônica invisível que atinge de 3% a 10% da população mundial, tendo maior ocorrência em mulheres. Apesar das dores constantes em quase todo o corpo, os pacientes não apresentam lesão, inflamação ou degeneração dos tecidos. A doença também está envolta em outros dois mistérios: ainda não se sabe a causa e muito menos a cura para ela.

É preciso, primeiramente, achar um local adequado, mais escuro e silencioso possível, onde a pessoa possa encontrar uma posição confortável para relaxar. Faça nos seis pontos do corpo, uma leve pressão com os dedos das mãos, em movimentos circulares, por cerca de 1 minuto. Os estudos comprovam que após 5 minutos dessas ações, já é sentida uma considerável melhora nas dores de cabeça. Vamos, abaixo, analisar cada um dos seis pontos. Confira!
Nas internações obstétricas, o uso de agentes uterotônicos para a indução do TP, as episiotomias e as cesáreas têm aumentado de forma significativa em diversos países. Nos Estados Unidos, 10,0% a 15,0% dos nascimentos são realizados eletivamente (sem justificativa médica ou obstétrica) e antes de 39 semanas de gestação, o que inclui a indução eletiva do TP e a cesárea. 6 , a Entre os anos de 1996 e 2007, o número de cesáreas aumentou 53,0%, atingindo 32,0% dos partos norte-americanos. b

ARTIGO ORIGINAL56 Rev Bras Reumatol 2010;50(1):56-66Recebido em 06/10/2009. Aprovado, após revisão, em 24/11/2009. Roberto Ezequiel Heymann e Eduardo dos Santos Paiva declaram ter recebido honorários da Lilly, Janssen-Cilag, Boehringer, Apsen e Pfizer para palestras e consultoria; Milton Helfenstein Junior recebeu honorários da Pfizer e Merck Sharp para palestras e consultoria; Daniel Feldman Pollak recebeu honorários da Lilly, Pfizer e Merck Sharp; José Eduardo Martinez recebeu honorários da Sanofi Aventis para palestras e da Pfizer para palestras e consultoria; José Roberto Provenza recebeu honorários dos laboratórios Roche, Bristol, Ache e Pfizer para participar de pesquisas clínicas com novos fármacos na PUC-Campinas; Marcelo Cruz Rezende declara ter recebido honorários da Lilly-Boehringer para a participação em simpósios e da Pfizer para ser palestrante e participar de simpósios; Valério Valim Cristo declara recebimento de honorários por apresentação, conferência ou palestra pela Roche, além de financiamento para a realização de pesquisa, organização de atividade de ensino ou comparecimento a simpósios pela Lilly, Genzyme, Schering-Plough. Os demais autores declararam não haver conflitos de interesse.1. Coordenador do Ambulatório de Fibromialgia da UNIFESP e assistente doutor da Disciplina de Reumatologia da UNIFESP2. Professor Assistente da Disciplina de Reumatologia, UFPR. Chefe do ambulatório de fibromialgia do HC-UFPR3. Assistente doutor da Disciplina de Reumatologia da UNIFESP4. Professor Adjunto da Disciplina de Reumatologia da UNIFESP e chefe do Setor de reumatismos de partes moles da UNIFESP5. Professor titular do Departamento de Medicina da PUC-SP, doutor em Reumatologia pela UNIFESP e diretor da Faculdade de Medicina da PUC-SP6. Professor titular de Reumatologia da PUC-Campinas e chefe do Serviço de Reumatologia do Hospital Universitário da PUC-Campinas7. Professora orientadora da pós-graduação da Faculdade de Ciências da Saúde da UnB e chefe do centro de ambulatórios do Hospital Universitário de Brasília8. Membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia9. Mestre em Medicina pelo Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte, coordenador do Programa de Residência Médica em Reumatologia e do Ambulatório de Fibromialgia da Santa Casa de Belo Horizonte10. Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia, biênio 2007-200811. Professora colaboradora da Faculdade de Medicina da USP, assistente doutora do Serviço de Reumatologia e responsável pelo ambulatório de Fibromialgia do Serviço de Reumatologia do HC-FMUSP12. Responsável pelo Setor de Reumatologia e Preceptor do programa de Residência em Clínica Médica da Santa Casa de Campo Grande. Ex-presidente da Sociedade de Reumatologia do Mato Grosso do Sul13. Professor assistente de Reumatologia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e mestre em Clínica Médica pela UFGRS14. Reumatologista com especialização em Medicina Esportiva do setor de reabilitação, procedimentos e coluna vertebral pela UNIFESP15. Ex-fellow da Universidade da Virgínia (EUA), mestre em Educação e Ciência e professora da UNISUL16. Professora adjunto do Departamento de Clínica Médica, chefe do ambulatório de fibromialgia e chefe do serviço de Reumatologia do Hospital Universi-tário da Universidade Federal do Espírito Santo17. Doutora em Reumatologia pela UNIFESP, membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia e da Sociedade Brasileira de Clínica Médica18. Membro da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor19. Presidente da Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação, professora colaboradora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e doutora em Medicina pela FMUSP20. Membro da Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação21. Professor titular de Neurologia da Universidade Federal Fluminense (UFF), coordenador do Departamento de Dor da Academia Brasileira de Neurologia (ABN) e do Subcomitê de Dor da European Neurological Society (ENS). Membro da Peripheral Nerve Society22. Doutor em Ortopedia e Traumatologia pela Faculdade de Medicina da USP, médico Assistente do Grupo de Mão e professor colaborador da FMUSP23. Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia24. Membro da Consultoria Axia.Bio farmacoeconomia e pesquisa em saúde25. Diretor executivo do Núcleo de Gestão de Pesquisas da UNIFESP, mestre em Ciências pela UNIFESP e sócio-pesquisador da Axia.BioEndereço para correspondência: Roberto Ezequiel Heymann. Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 2466, conj 93-94. São Paulo - SP - CEP 01402-000Consenso brasileiro do tratamento da bromialgiaRoberto Ezequiel Heymann1, Eduardo dos Santos Paiva2, Milton Helfenstein Junior3, Daniel Feldman Pollak4, José Eduardo Martinez5, José Roberto Provenza6, Ana Patrícia Paula6, Antonio Carlos Althoff8, Eduardo José do R. e Souza9, Fernando Neubarth10, Lais Verderame Lage11, Marcelo Cruz Rezende12, Marcos Renato de Assis8, Maria Lucia Lemos Lopes13, Fabio Jennings14, Rejane Leal C. da Costa Araújo15, Valéria Valim Cristo16, Evelin Diana Goldenberg Costa17, Helena Hideko S. Kaziyama18, Lin Tchia Yeng18, Marta Iamamura19, Thais Rodrigues Pato Saron20, Osvaldo J. M. Nascimento21, Luiz Koiti Kimura22, Vilnei Mattioli Leite23, Juliano Oliveira24, Gabriela Tannus Branco de Araújo24, Marcelo Cunio Machado Fonseca25


Algumas patologias pulmonares (dos pulmões) podem também desencadear dor nas costas, entre outros sinais e sintomas. A pneumonia é uma infeção no pulmão, cujos principais sintomas podem incluir: febre, expetoração, falta de ar ou dificuldade em respirar, desconforto no peito ou dor do tipo “pontada” e “dor nas costas”. Para além da pneumonia, muitas outras doenças pulmonares podem desencadear dor.


O Hälsa De bem-estar acupressure produtos são para pessoas que querer para aumentar seu energia níveis e desfrutar vida - animais de estimação também os amam. Se estiver estressado ou se estiver com fadiga, baixa energia, tensão muscular, dores de cabeça, dor nas costas ou se simplesmente estiver à procura de um descanso mais completo, o tapete de bem-estar da Hälsa poderá ser o ideal para si.

“O teste de suor busca identificar a perda de líquidos e sódio e, também, o consumo de carboidrato do atleta no período de uma hora. Durante nossos treinos e competições perdemos peso e esta perda é dividida entre o suor (água+sais) e a utilização do glicogênio muscular (carboidrato estocado no músculo)”, conta o Dr. Gerson Leite, fisiologista da Care Club.
Frequentemente, a lombalgia desaparece por conta própria, mas se não forem adotadas medidas adequadas é comum que ela retorne. A ciática exige um tratamento mais específico, complexo e elaborado que a lombalgia simples, mas que costuma ser bem-sucedido quando bem executado, permitindo ao o paciente voltar a ter uma vida normal. Mas é importante segui-lo à risca para evitar complicações mais graves.
Isso acontece muito raramente que a dor na parte superior é causada por uma doença do disco torácica, de modo a degeneração ou hérnia de disco. Este diagnóstico deve, portanto, ser bastante precisa, antes de ser emitida como deve ser baseado em um diagnóstico de doença de disco torácica ou ferimentos através de testes de diagnóstico como uma ressonância magnética relacionada com sintomas físicos individuais.
Boa parte da população brasileira possui dor nas costas, que já é considerada um grande problema de saúde pública em vários países do ocidente. A prevalência da dor nas costas é estimada em torno 70 a 80% durante a vida. Apesar de ser muito frequente, poucos são os diagnósticos precisos, tornando uma imensa dúvida, principalmente, quanto a possibilidade de uma hérnia de disco.
Trata-se de ensaio clínico controlado, randomizado e de caráter pragmático, 19 realizado de janeiro a agosto de 2013. Os sujeitos foram gestantes admitidas em um hospital público terciário e de ensino, localizado no interior do estado de São Paulo, Brasil, para assistência ao parto. Foram incluídas mulheres: de qualquer idade ou paridade, a partir de 37 semanas de gestação, em TP espontâneo, induzido e/ou conduzido, com dilatação ≥ 4 cm, duas ou mais contrações em 10 min, com pele íntegra no ponto BP6 bilateral e cujo feto estivesse vivo, em apresentação cefálica de vértice e com boas condições de vitalidade. Foram excluídos os casos de pré-eclâmpsia grave, placenta prévia, duas ou mais cesáreas anteriores ou indicação imediata dessa via de parto.
– Antiiflamatórios não esteroidais (AINEs): por exemplo à base de diclofenaco, de ibuprofeno e de ácido acetilsalicílico. Esses medicamentos estão disponíveis na forma de cápsulas, comprimidos e até em cremes e géis para massagens.Não hesite em tomar comprimidos e utilizar um creme ao mesmo tempo, isso permite acalmar mais rapidamente a dor. Um efeito colateral desses medicamentos é queimação no estômago. Se isso acontecer, converse com o seu médico para que ele possa lhe prescrever um antiácido (como o omeprazol) ou reduzir a dose do medicamento.
6 – Indivíduos com encurtamento muscular generalizado terão muita dificuldade de realizar sozinhos alongamentos das grandes cadeias musculares e dificilmente conseguirão manter a coluna vertebral em posição de segurança. A solução é dar preferência para alongamentos segmentados ou sugerir terapias mais individuais como RPG Souchard, Pilates ou sessões particulares de alongamento assistido.
Historicamente, o trabalho de parto (TP) e parto ocorriam no ambiente domiciliar com o auxílio de outra mulher, geralmente uma parteira, amparada por crenças e habilidades empíricas. O processo de hospitalização do parto ocorrido no século XX foi fundamental para a apropriação do saber nessa área e para o desenvolvimento do saber médico, culminando com o estabelecimento da medicalização do corpo feminino 17 e a submissão da mulher no parto.
The cesarean section rate did not significantly differ between the groups, although it was lower in SP6G. The fact that the university hospital served women with high-risk pregnancies may have influenced the present results, including those related to induction and augmentation of labor, which suggests that better results can be achieved in the use of this technique in natural childbirth centers.

A litíase biliar, cálculos na vesícula, popularmente conhecida como “pedra na vesícula” pode originar alguns sintomas importantes, a saber: dor na vesícula, às vezes, confundida com dor de estômago, cuja duração pode variar entre minutos a várias horas e que é caracterizada do seguinte modo: dor intensa no lado direito do abdómen ou na parte central do abdómen, abaixo do esterno; dor nas costas do lado direito, entre as omoplatas ou perto do ombro direito; náuseas (enjoo) e vómitos, que agudizam quando se comem alguns tipos de alimentos. Sinais e sintomas de alarme são dor tão forte que não deixa o doente permanecer quieto, surgimento de uma cor amarela ou amarelada nos olhos ou pele (icterícia), presença de urina escura ou fezes claras, febre alta e arrepios. Nesta situação deve procurar um serviço de urgência de imediato.
O tratamento da dor nas costas depende da causa subjacente. Ou seja, após diagnóstico, o médico deve definir um plano de tratamento de acordo com a patologia responsável pela dor. O doente nunca se deve automedicar ou tentar qualquer tipo de tratamento alternativo sem aconselhamento médico, sob pena de poder agravar o problema e até existir risco de morte em alguns casos. Como vimos, existem algumas patologias que são potencialmente perigosas se não forem diagnosticadas e tratadas de forma correta e atempada.
A coluna vertebral é composta por vértebras, em cujo interior existe um canal por onde passa a medula espinhal ou nervosa. Entre as vértebras estão os discos intervertebrais, estruturas em forma de anel, constituídas por tecido cartilaginoso e elástico cuja função é evitar o atrito entre uma vértebra e outra e amortecer o impacto. Os discos intervertebrais desgastam-se com o tempo e o uso repetitivo, o que facilita a formação de hérnias de disco, ou seja, parte deles sai da posição normal e comprime as raízes nervosas que emergem da coluna. O problema é mais frequente nas regiões lombar e cervical, por serem áreas mais expostas ao movimento e que suportam mais carga.
Fibromialgia - Pratique exercícios físicos regularmente, pois esta é uma das melhores formas de controlar as dores causadas pela condição. Além disso, eles ajudam a manter o bom humor e a boa qualidade de vida. Mas, antes de começar a praticar, converse com o médico, que também avaliará se você deve usar medicamentos. Considere ainda a possibilidade de fazer terapias alternativas (como acupuntura, massagens terapêuticas e yoga) – apesar de elas não terem benefícios cientificamente comprovados, muitos pacientes relatam melhoras.
"Alimentos fontes de triptofano terão como objetivo aumentar a produção de serotonina e podemos citar exemplos como: carnes magras, peixes, mel, iogurte desnatado, queijos brancos e magros, nozes, leguminosas, damasco, açaí, arroz integral e banana; alimentos fontes de melatonina: aveia, cereja, amendoim e vinho; alimentos antioxidantes: frutas e verduras em geral, chá verde, cúrcuma, cacau; alimentos que atuam na redução do estresse/cortisol: abacate, fitoterápicos adaptógenos (rodiola rosea, withannia somnifera e ginseng coreano); suplementos coadjuvantes: ômega 3, óleo de prímula, resveratrol, coenzima Q10 e cúrcuma. Com esse cardápio os sintomas serão minimizados, você sentirá uma redução do cortisol (estresse) e uma indução do sono e relaxamento", afirma a nutri Ana Karam.
O golfe é um esporte que não discrimina seu jogador por idade. A idade média dos jogadores normalmente é de 45 anos e através de pesquisas foi provado que isso não é um fator predominante para o aparecimento de lesões. Existem, porém diferenças entre os jogadores profissionais e amadores. Os jogadores profissionais sofrem em média mais lesões de coluna do que os amadores devido à sua biomecânica ser melhor e mais eficiente, exigindo menos força na torção do tronco. No entanto estes jogadores praticam o movimento do swing em média três vezes mais por semana, provocando assim microlesões nos músculos e lesões por estresse nas articulações. Pesquisas mostram que o excesso de prática do swing (overuse) acima de 200 por semana é a maior causa das lesões.
Inclinação – um suporte lombar pode promover o conforto do indivíduo quando sentado. Como poucos assentos fornecem o suporte adequado, o rolo lombar portátil ou toalha enrolada são essenciais para pessoas com problemas lombares em progressão. O rolo irá facilitar a manutenção da lordose e da postura correta. Já o uso da toalha tem sido considerado eficaz, pois fornece o volume de acordo com a maneira que é pressionada.
7 minutos Qual a melhor dieta para quem tem fibromialgia? Toda pessoa portadora de fibromialgia é dominada por sua variedade de sintomas. A fibromialgia é considerada uma condição neurológica grave que, com o tempo, pode levar a muitas complicações. Bem vindo a mais um conteúdo do blog Sua Solução Online. No post de hoje nós iremos trazer informações importantes sobre alimentação para tratamento de fibromialgia e também conhecer um pouco sobre suas causas. Embora milhões de pessoas em todo o mundo sejam diagnosticadas com fibromialgia, Continue lendo→
A média da duração do trabalho de parto apresentou diferença significativa nos três grupos a partir do tratamento [221,5 min (DP = 162,4)] versus placebo [397,9 min (DP = 265,6)] e versus controle [381,9 min (DP = 358,3)] (p = 0,0047); porém, os grupos foram semelhantes quanto à taxa de cesárea (p = 0,2526) e a avaliação de Apgar no primeiro (p = 0,9542) e quinto min de vida do neonato (p = 0,7218).
Trabajé con Pedro Correia, en un test TPI, y encontró debilidades físicas que mermaban mi golf, me indicó una serie de ejercicios que debía practicar asiduamente, y gracias a ellos he conseguido mejorar bastantes aspectos de mi juego, mi pelvis apenas se movía antes de dicho test, y ahora sinceramente siento que son mucho más activas en mi swing, sin duda muy recomendable el pasar por sus manos para conocer que facetas físicas debemos mejorar.

As dores nas costas raramente são muito graves e se resolvem quase sempre após alguns dias mediante o uso de medicamentos ou outros tratamentos. É importante diferenciar a dor nas costas da hérnia de disco, que é uma doença específica que surge quando os elementos moles da coluna (discos vertebrais, nervos) são pressionados por má postura, sobrecarga, fraqueza muscular, etc.

Na comparação entre ultrassom, laser e ultralaser aplicados no músculo trapézio, houve um percentual de diferença de 57,72% na melhora de funcionalidade e 63,31% na redução de dor para o grupo de ultralaser. Já na comparação entre o tratamento no musculo trapézio e na palma das mãos com ultralaser, houve um percentual de diferença de 75,37% na redução de dor para o tratamento focado nas palmas das mãos.
É muito comum que esses sintomas apareçam também pela prática esportiva, como corrida e musculação, ou em atletas que praticam esportes com saltos. Todos esses esportes solicitam os músculos dos glúteos e o piriforme. Na grande maioria o trajeto do nervo ciático passa por baixo do músculo-piriforme. Em 10% da população, o nervo ciático passa por dentro dele. Assim, qualquer alteração desse músculo poderá causar dor no local ou problemas de sensibilidade na perna. Portanto, devemos ter cuidado ao fortalecer essa região e, somente nesses casos, é que o alongamento do piriforme aliviará de imediato as dores localizadas e as irradiadas para a perna.
O ITC Vertebral incorporou a devida pesquisa ao trabalho clínico e acrescentou à subclassificação os exercícios e o acompanhamento ao paciente no pós-tratamento. A atenção especial ao pós-tratamento (com um programa completo de fortalecimento muscular) é decorrente do caráter degenerativo das lesões na coluna, que não têm cura. O tempo de duração do programa de tratamento não é prolongado, em dois meses são obtidos 87% de bons resultados até em pacientes mais graves.
A ciência do esporte avança a grandes passos e já não se limita mais aos atletas de elite, mas oferece benefícios também aos esportistas que, mesmo sendo amadores, decidem desafiar-se, melhorar sua performance e sentir-se melhor no dia a dia. Um claro exemplo é o teste de suor que o Instituto de Ciência do Esporte da Gatorade (GSSI, na sigla em inglês), em parceria com a Care Club, realiza duas vezes por mês na unidade Ibirapuera, em São Paulo.
Além disso, por meio de hábitos saudáveis – como a alimentação adequada e a prática regular de atividades físicas que envolvam exercícios de condicionamento cardiovascular, carga e alongamentos da região lombar e posterior dos membros inferiores  – é possível manter um peso adequado e fortalecer os músculos de modo a garantir suporte necessário ao corpo e uma postura correta.
As dores nas costas raramente são muito graves e se resolvem quase sempre após alguns dias mediante o uso de medicamentos ou outros tratamentos. É importante diferenciar a dor nas costas da hérnia de disco, que é uma doença específica que surge quando os elementos moles da coluna (discos vertebrais, nervos) são pressionados por má postura, sobrecarga, fraqueza muscular, etc.
A idade média para o aparecimento da primeira crise de dor é de, aproximadamente, 37 anos. Por causa da correria do dia a dia, má postura e sedentarismo, muitos brasileiros não se preocupam em fazer atividades físicas e cuidar da postura. Quando a crise aparece, muitos só enxergam a cirurgia como opção. No entanto, muitas pesquisas têm apontado tratamento convencional e exercícios físicos como solução para cerca de 90% dos casos.
Quanto mais fortes forem os seus músculos abdominais, menos probabilidade terá de lesionar a coluna. Se os seus abdominais forem fortes, obrigam a empurrar o conteúdo abdominal, formando um cilindro de fluido que se ergue e afasta o peso da coluna. Para fortalecer os músculos abdominais, deite-se de costas no chão, em cima de um tapete com os joelhos fletidos, as plantas dos dedos das mãos a tocar ligeiramente nos lados da cabeça e os cotovelos esticados para os lados.
A acumulação de gases, gastrites, intolerância à lactose, doença celíaca, síndrome do intestino irritável, obstipação (intestino preso), entre outras, apresentam sintomas de distensão muscular, provocando uma sensação de barriga inchada, ao mesmo tempo que pode ocorrer dor abdominal (cólicas abdominais ou dor de barriga), que pode ir de moderada a severa e que em alguns casos pode irradiar para as costas ou a dor ser muito difusa, apesar de tipicamente apresentarem sintomatologia bastante característica.
Se o nervo continuar com baixo suprimento de sangue, pode haver complicações como danos permanentes no nervo, e isto pode fazer com que a pessoa sinta muita dor em todo o trajeto do nervo ciático, ou até mesmo perca a sensibilidade nestes locais. Quando o nervo sofre uma grave lesão, devido a um acidente automobilístico, por exemplo, o melhor tratamento é a cirurgia e quando o cirurgião não consegue reparar completamente a lesão pode ser preciso fazer fisioterapia por longos períodos.
Quem sofre com a fibromialgia sabe bem como é conviver com dores nas articulações, músculos, tendões, tecidos moles e em várias outras partes do corpo, de maneira ininterrupta. Um novo tratamento, desenvolvido por pesquisadores do Centro de Pesquisas em Óptica e Fotônica (CEPOF), Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiado pela FAPESP, promete uma esperança para pacientes com a síndrome: a combinação de ultrassom e laser, aplicados na palma das mãos ao invés dos pontos de dor.
O nervo ciático se conecta com a medula espinhal através dos forames sacras posteriores e também da quinta vértebra lombar (L5). À medida que acompanhamos o nervo no sentido do quadril ao pé, esses ramos que saem da medula se unem e formam o nervo ciático que, quando chega na metade do fêmur, se divide em nervo tibial e nervo fibular comum que, por sua vez, vão se ramificando.
Atualmente, com tantas horas no trânsito, motoristas e passageiros não podem abrir mão de certos cuidados com a coluna. O banco dos veículos é o primeiro obstáculo a ser vencido. A padronização dos assentos usados pelos meios de transporte contribui para os maus hábitos posturais, pois raramente dão suporte adequado à coluna lombar. O encosto ideal deve fornecer um suporte lombar para que a lordose seja mantida, evitando assim futuras dores lombares ou prevenindo o agravamento das lesões já instaladas.
A dor nas costas é considerada a doença crônica mais comum entre os brasileiros, atingindo cerca de 36% da população, segundo dados da Escola Nacional de Saúde Pública. Desses, cerca de 68% buscam tratamento. Esse tipo de dor pode ocorrer em qualquer idade, sendo mais raro na infância e mais comum após os 40 anos.Em jovens e adolescentes, a incidência de dor nas costas têm aumentado devido a erros posturais, obesidade, sedentarismo etc.

English: Stop Nausea With Acupressure, Italiano: Fermare la Nausea con la Digitopressione, Español: acabar con la náusea con acupresión, Deutsch: Akkupressur gegen Übelkeit, Русский: остановить тошноту с помощью точечного массажа, 中文: 按摩穴位治疗恶心, Français: soulager les nausées à l'aide de l'acupression, Bahasa Indonesia: Mengatasi Mual dengan Akupresur, العربية: منع الغثيان عن طريق العلاج بالضغط, Nederlands: Van misselijkheid afkomen met acupressuur

7 minutos Qual a melhor dieta para quem tem fibromialgia? Toda pessoa portadora de fibromialgia é dominada por sua variedade de sintomas. A fibromialgia é considerada uma condição neurológica grave que, com o tempo, pode levar a muitas complicações. Bem vindo a mais um conteúdo do blog Sua Solução Online. No post de hoje nós iremos trazer informações importantes sobre alimentação para tratamento de fibromialgia e também conhecer um pouco sobre suas causas. Embora milhões de pessoas em todo o mundo sejam diagnosticadas com fibromialgia, Continue lendo→


Existem várias classes de medicamentos destinadas a apaziguar essas dores –  e só especialistas podem escolher a ideal para o seu caso. Nas lombalgias comuns, a praxe é lançar mão de comprimidos de anti-inflamatórios e analgésicos. Vez ou outra são receitados relaxantes musculares. Agora, se a dor faz o paciente urrar, entram em jogo injeções de corticoides e outros fármacos da pesada. Nas dores crônicas ou resistentes a tratamentos mais leves, entram em cena os opioides – que devem ser utilizados com extrema cautela em função do risco de dependência. Em situações extremas, a saída é implantar, dentro do corpo, uma bomba que libera aos poucos morfina.


Relatado no Jornal da ciência e da medicina no esporte (2008), Pesquisadores da university of South Australia aprenderam que os jogadores de golfe com LBP eram excessivamente dependentes de músculos eretores de instalador para estabilização da coluna vertebral, em vez de permitir a transferência de carga distribuir entre os mais eficientes estabilizadores de lumbopelvic como o quadrado lombar, transverso abdominal, multífidos, extensores de quadril e fáscia toracolombar.4 Teoriza-se que o cérebro, sentindo fraqueza, é forçado a recrutar músculos globais (instaladores lombares e oblíquos) para compensar os estabilizadores profundos da coluna vertebral enfraquecidos. A pergunta é: "qual o mecanismo faz com que os estabilizadores de profunda lumbopelvic enfraquecer?"
– Nesta posição, é possível manter a ergonomia e melhorar a postura com algumas atitudes. Não cruze as pernas, deixe-as alinhadas e ligeiramente afastadas, com os pés firmemente apoiados no chão. A altura da cadeira deve ter a mesma distância entre seu joelho e o chão. Sente-se sobre o osso do bumbum, com seu quadril levemente para frente. Mantenha-se ereto, com os ombros suavemente inclinados para trás. Os braços devem pender ao lado do corpo, sendo que os antebraços ficam apoiados na mesa de trabalho.
Postura quando sentado – um bom assento deve ter bom apoio nas costas, apoios para os braços e uma base giratória (para trabalhar). Quando estiver sentado, tente manter seus joelhos e quadris nivelados e mantenha os pés baixos no chão – se você não pode, use um escabelo de pés. Você deve, idealmente, ser capaz de sentar-se de pé com apoio na parte inferior das costas. Se você estiver usando um teclado, certifique-se de que seus cotovelos estão em ângulos retos e que seus antebraços são horizontais.

Só como exemplo, um estudo publicado em 2005 dividiu um grupo de pacientes em dois. Um recebeu tratamento com acupuntura e outro com placebo (falsa acupuntura feita com objetos pontiagudos que não eram inseridos na pele e nem estimulavam os pontos tradicionais da acupuntura chinesa). Os pacientes do grupo placebo não sabiam que estavam usando placebo, todos achavam que estavam sendo submetidos à acupuntura tradicional.

Na lombalgia mecânica – que é a mais comum a dor não irradia para outros lugares como a coxa e passa depois de um tempo com ou sem o tratamento. Caso as dores cronifiquem, é importante o acompanhamento de um médico especialista, que irá receitar medidas farmacológicas e não farmacológicas, que podem variar desde exercícios físicos à acupuntura e outras infiltrações.
Existe, também, a dor nas costas apenas muscular, de tratamento mais simples. Muitas vezes cede apenas com massagem. Por isso é comum ouvir que algum amigo foi em um “bom massagista” que tirou sua dor nas costas com massagem. Se a dor nas costas for causada apenas por dor muscular a massagem resolverá, mas quando existe algum dos fatores acima descritos será necessário o tratamento adequado.
O ponto BP6, em particular, tem forte influência nos órgãos reprodutivos, na retenção placentária e no TP distócico e prolongado. Não é indicado seu estímulo na gestação pré-termo, porque a concentração de energia Yin pode antecipar o TP. 22 Esse ponto está localizado no meridiano baço-pâncreas, a quatro dedos do receptor da técnica, acima da ponta do maléolo interno, na parte posterior à frente da tíbia (Figura 1). 21
A acupressão seria capaz de facilitar esse momento e encurtar a duração do parto, segundo experimento da Universidade Estadual de Campinas. Participaram da pesquisa 156 mulheres, que deram à luz em três hospitais do interior paulista. Naquelas submetidas à acupressão, o trabalho de parto durou, em média, 221 minutos, ante 398 minutos das que não passaram pela técnica. Antes de recorrer a ela, cabe um papo com o obstetra.
Para ser muito sincera, só hoje, depois de já ter este tapete há umas duas semanas, é que consegui, finalmente, relaxar em cima dele... O stress é o meu companheiro diário e por isso sempre que me deitava sobre o tapete não conseguia parar de me mexer e claro que começava a doer e desistia. Mas hoje, quando acordei, fui buscá-lo, meti-o em cima da cama e pousei o meu belo rabiosque sobre ele. Depois de relaxar, deixei de sentir os piquinhos do colchão e de pensar neles et voilà estou num relax total... JURO!
Trata-se de ensaio clínico controlado e randomizado, duplo-cego e de caráter pragmático. Foram selecionadas 156 participantes com idade gestacional ≥ 37 semanas, dilatação cervical ≥ 4 cm e duas ou mais contrações em 10 min. As gestantes foram divididas aleatoriamente em três grupos em um hospital universitário do interior do Estado de São Paulo, Brasil, em 2013, para receber acupressão, placebo ou participar como grupo de controle. A acupressão foi aplicada no ponto BP6 durante as contrações, por 20 min.
Muitos fatores são importantes para evitar que uma lombalgia aguda se torne crônica. A correção postural, principalmente na maneira de se sentar no trabalho e na escola é essencial. Na fase aguda, a ginástica é importante. Quando fizer exercício com pesos na ginástica, proteja a coluna deitando ou sentando com apoio nas costas. Sempre evitar carregar peso. Não permanecer curvado por muito tempo. Quando se abaixar no chão, dobrar os joelhos e não dobrar a coluna. Para outros esclarecimentos, consulte o seu médico ortopedista.
The three groups in this study were homogenous before the designated treatment for some variables that may be considered to have an influence on the duration of the first stage of labor, including parity, stated labor duration before treatment, integrity of amniotic membranes, cervical dilation, and number and intensity of contractions. However, there was a difference in the number of contractions reported by the participants during treatment, with the median of one less contraction for TG, in addition to noninduction or augmentation of labor. The need for oxytocin was greater among the parturients in the SP6G and TG; however, there was no significant difference in the induction of labor with prostaglandin or cervical preparation with a cervical catheter.
O médico radiologista especializado em ortopedia esportiva e chefe de diagnósticos no Hospital do Coração (HCor), Abdalla Skaf, comenta em entrevista ao programa Rota Saudável, da Rádio Estadão, sobre o tema. De acordo com o ele, a pessoa que sentir dor nas costas deve procurar um especialista imediatamente. “O profissional irá realizar um exame físico primeiramente. Se este não for suficiente para diagnosticar a real causa do problema, sugere-se uma série de testes complementares, como a radiografia, ou, em casos mais extremos, ressonâncias magnéticas e tomografias”, explica.
×