Lin Tchie Yeng – Nos casos de espasmos ou tensão muscular, por exemplo, há necessidade de um tratamento específico. Massagens e acupuntura podem ser métodos interessantes, só que não adianta tornar os pontos dolorosos inativos se não forem feitos exercícios de alongamento e para corrigir a postura. Posteriormente, deve ser indicado ainda um programa de condicionamento físico. Todos os trabalhos demonstram que sozinha a medicação, em geral, é insuficiente como medida terapêutica. Ela precisa estar associada a atividades físicas permanentes.
– Faça uso de analgésicos ou anti-inflamatórios. Procure um médico para que ele possa orientar você quanto ao modo correto de uso, especialmente porque talvez seja necessário também um medicamento que protege o estômago dos danos causados por estes remédios. Exemplos: paracetamol ou dipirona. Relaxantes musculares, como a ciclobenzaprina, também podem ser eficazes.
The SP6 point in particular has a strong influence on the reproductive organs, placental retention, and on dystocic and extended labor. The stimulation of this point is not indicated in preterm gestation because the concentration of yin energy can induce labor. 22 This point is located on the spleen-pancreas meridian, the width of four of the recipient’s fingers above the tip of the internal malleolus on the rear part facing the tibia (Figure 1). 21
O ITC Vertebral incorporou a devida pesquisa ao trabalho clínico e acrescentou à subclassificação os exercícios e o acompanhamento ao paciente no pós-tratamento. A atenção especial ao pós-tratamento (com um programa completo de fortalecimento muscular) é decorrente do caráter degenerativo das lesões na coluna, que não têm cura. O tempo de duração do programa de tratamento não é prolongado, em dois meses são obtidos 87% de bons resultados até em pacientes mais graves.
A coach Lívia Teixeira, que também é portadora de fibromialgia, ajuda pessoas que passam pelas mesmas situações que ela. "Viver com fibromialgia é extremamente desafiador e completamente exaustivo. Imagine sentir dor o tempo todo, no corpo todo, não saber a causa nem o que fazer para melhorar e sua única certeza ser o fato de que fibromialgia não tem cura. Sou portadora desde criança. Passei por momentos em que achei que não ia aguentar, saindo de casa todos os dias como se estivesse saindo para a guerra: armada, rígida, preocupada e sem saber se voltaria viva – metaforicamente falando – apesar de às vezes a sensação ser de quase morte. Aos poucos fui encontrando meu caminho e aprendi a conviver com a síndrome", explica.
A fisioterapia reduz a dor do nervo. Os especialistas acreditam que a fisioterapia é a melhor opção para o tratamento dessa doença. A atividade física regular e os exercícios ajudam a fortalecer os músculos da coluna, abdômen e corrigir a postura de um indivíduo. Mas a fisioterapia e a reeducação postural são a chave para o controle da dor causada pela compressão do nervo ciático.
Segundo a lenda, foi um camponês chinês que sofria de dores de cabeça que desenvolveu a técnica da acupressão. Enquanto lavrava, ele deixou o arado cair no dedão do pé. Pouco depois, suas dores de cabeça desapareceram. No dia seguinte, após o surgimento de uma nova dor de cabeça, ele repetiu a experiência, e o resultado foi o mesmo. Não sabemos se essa história é verdadeira ou não, mas a acupressão parece ser realmente originária da China, assim como a acupuntura. Mas, apesar de ambas as práticas estarem relacionadas, a acupressão não utiliza agulhas.
Só como exemplo, um estudo publicado em 2005 dividiu um grupo de pacientes em dois. Um recebeu tratamento com acupuntura e outro com placebo (falsa acupuntura feita com objetos pontiagudos que não eram inseridos na pele e nem estimulavam os pontos tradicionais da acupuntura chinesa). Os pacientes do grupo placebo não sabiam que estavam usando placebo, todos achavam que estavam sendo submetidos à acupuntura tradicional.
The three groups in this study were homogenous before the designated treatment for some variables that may be considered to have an influence on the duration of the first stage of labor, including parity, stated labor duration before treatment, integrity of amniotic membranes, cervical dilation, and number and intensity of contractions. However, there was a difference in the number of contractions reported by the participants during treatment, with the median of one less contraction for TG, in addition to noninduction or augmentation of labor. The need for oxytocin was greater among the parturients in the SP6G and TG; however, there was no significant difference in the induction of labor with prostaglandin or cervical preparation with a cervical catheter.

As vértebras recebem nutrientes e oxigênio através do sangue, isso é necessário para as funções e células das vértebras. Assim que uma deficiência prevalecer na vértebra, as células morrem. O sangue também é transportado através da circulação sanguínea, as vértebras precisam de uma quantidade suficiente. Durante o dia, a água é retirada do corpo e a água deve ser adicionada ao corpo durante a noite. Através do uso de uma esteira de acupressão, essas funções aumentam significativamente o fluxo sanguíneo. Ao aumentar o fluxo sanguíneo, as costas são aquecidas e, em todas as vértebras e células, as funções são novamente estimuladas.


Eu fiz uma pesquisa no Google e me deparei com seu site. Era exatamente o que eu estava procurando e fiquei impressionado ao encontrar uma ampla gama de artigos. Como eu estou lançando uma revista gratuita em uma pequena cidade na Flórida, eu queria ser tão habilidoso quanto possível e ainda ser capaz de fornecer algum conteúdo que é interessante e bem escrito. Seu site tem todas as variáveis no mix. Excelente Site acertando todas as notas, o tipo de escala de fala.
Os pontos de acupressão são facilmente aprendidos e aplicados nas condições do dia a dia. Um profissional habilidoso poderá orientá-lo em seu tratamento caseiro. A acupressão não pretende substituir o tratamento médico tradicional, mas talvez complementá-lo. A medicina ocidental é usada na China moderna em conjunto com esses métodos, trazendo resultados excelentes.
Segue-se o cotovelo, como a segunda região de maior incidência de lesões (sobretudo no atleta amador). O denominado “cotovelo do golfista” (inflamação do epicôndilo medial – face interna) deve-se sobretudo ao contacto precoce do taco com a relva, provocando uma carga excessiva sobre os tendões que se inserem no epicôndilo. Do lado oposto temos o “cotovelo do tenista” (inflamação do epicôndilo lateral – face externa) que pode ter origem no excesso de uso e de swings realizados, essencialmente no cotovelo direito, no caso dos destros. Estas lesões aumentam com a frequência do jogo e com a idade. 
Como uma extensão da reabilitação efetiva, também oferecemos aos nossos pacientes, veteranos incapacitados, atletas, jovens e idosos um portfólio diversificado de equipamentos de força, exercícios de alto desempenho e opções avançadas de tratamento de agilidade. Nós nos aliamos às principais cidades, terapeutas e treinadores para oferecer aos atletas competitivos de alto nível as possibilidades de se dedicarem às suas maiores habilidades dentro de nossas instalações.
Os remédios indicados para combater a dor ciática podem ser o Paracetamol, Ibuprofeno, ou os mais fortes, derivados da morfina como o Tramadol,  mas um relaxante muscular e o Diazepan também podem ser indicados pelo ortopedista. Mas uma forma mais natural de combater a dor é tomar o complexo de vitamina B, já que esta melhora a saúde dos nervos do corpo.

Temos um numeroso arsenal contra as dores nas costas, que vão afligir oito em cada dez pessoas pelo menos em um momento da vida, mas muitas vezes estamos errando o alvo ou pecando pelo excesso. É o que sugere um levantamento da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, englobando 23 918 consultas por causa de queixas desse tipo entre 1999 e 2010. Os pesquisadores concluíram que, ali, os médicos não seguem direito as recomendações para o manejo do problema, o que resulta em um abuso na prescrição de remédios, exames de imagem e até mesmo cirurgias.
Lin Tchie Yeng – São várias as razões. O sistema nervoso das mulheres produz menos serotonina e por isso elas também estão mais propensas à depressão. Além disso, por questões hormonais, durante a tensão pré-menstrual, tudo fica mais sensível na mulher. Outro fator repousa na dupla jornada de trabalho feminina. Hoje, as mulheres trabalham fora, mas continuam responsáveis pela execução de tarefas dentro de casa. Sobrecarregadas, pouco tempo lhes sobra para o repouso, o que facilita a incidência maior de dor pelo corpo. Cefaleia e dor nas costas, assim como as manifestações psicossomáticas, também são mais comuns entre as mulheres. Todos esses fatores somados justificam a maior incidência de fibromialgia entre elas.
A ciática pode ser extremamente incapacitante devido à dor intensa e limitação de atividades diárias. A lombalgia simples, de origem mecânica que acontece após algum esforço ou movimento brusco costuma desaparecer em dois ou três dias sem qualquer medida especial. No entanto, a lombalgia que não melhora rapidamente com essas medidas ou que piora gradualmente, evoluindo com a presença da ciática, com alteração de força ou de sensibilidade, é chamada de lombociatalgia e deve ser avaliada por um especialista em coluna com brevidade.
Não existe ainda diagnóstico médico sobre as causas da fibromialgia, mas sim, vários fatores associados frequentemente a ela. Os quais podemos citar como: genética devido a ocorrência em pessoas da mesma família, distúrbio do sono, ansiedade, sedentarismo, depressão, infecções por vírus, doenças autoimunes, trauma físico ou emocional e estresse psicológico. Mas, segundo o Colégio Americano de Reumatologia, os principais parâmetros que podem diagnosticar um pessoa como portadora de fibromialgia hoje envolvem a presença de dor por mais de três meses em diferentes áreas do corpo, acompanhada de fadiga, distúrbios do sono e de memória ou, ainda, problemas gastrointestinais.

NOSSA REIVINDICAÇÃO DE QUALIDADE: Qualidade, funcionalidade e preço / desempenho são nosso foco principal em #DoYourFitness. Para os nossos produtos, utilizamos apenas materiais de alta qualidade e o desenvolvimento já anda de mãos dadas com atletas experientes, instrutores de fitness, bem como fisioterapeutas e especialistas em reabilitação. Todos os produtos também passam por rigoroso controle pelo nosso departamento de qualidade.


Os materiais e as informações contidas no canal Remédios Caseiros são fornecidos apenas para fins gerais e educacionais e não constituem qualquer aconselhamento jurídico, médico ou outro em qualquer assunto. Nenhuma das informações sobre os nossos vídeos é um substituto para um diagnóstico e tratamento por seu profissional de saúde. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de iniciar qualquer nova dieta ou tratamento e com qualquer dúvida que possa ter a respeito de uma condição médica. Se você tiver ou suspeitar que você tem um problema médico, contate imediatamente o seu prestador de cuidados de saúde.


Em um novo artigo científico publicado em junho deste ano, igualmente no Journal of Novel Physiotherapies, intitulado Podem as mão prover um novo tratamento para a fibromialgia? Um estudo piloto, a mesma equipe de pesquisa, desta vez reforçada com as participações de Heloisa Ciol (IFSC/USP) e Anderson Luis Zanchin (MM Optics), relatou as diferenças encontradas entre este novo tratamento e o primeiro (cuja aplicação combinada incidia apenas sobre o trapézio), tendo chegado à conclusão que o novo protocolo se apresenta como o mais eficiente para o restabelecimento da qualidade de vida dos pacientes acometidos com fibromialgia e para a redução quase integral dos estados de dor.
O envelhecimento celular é um processo natural e, infelizmente, é acelerado pelo fornecimento inadequado de oxigênio, nutrientes e água. O uso de uma esteira de acupressão aumenta a circulação sanguínea ao deitar na esteira. Ao aumentar a circulação sanguínea, o calor calmante é distribuído no corpo. Embora os discos não sejam um vaso, eles não são fornecidos com sangue, mas a função dos discos depende da circulação sanguínea. A troca necessária no corpo ocorre através de capilares. Uma vez que os discos não são uma embarcação, esses sites são extremamente sensíveis. Se os discos tiverem água suficiente, tudo está em ordem, já que o núcleo dos discos pode garantir as funções. A quantidade de água no corpo nunca é a mesma ou estável. Ao longo do dia, ocorrem mudanças menores, mas também maiores, pelo que o disco pode secar até que seja novamente abastecido com água. Para este ciclo, a circulação sanguínea é indispensável. Somente quando o disco é fornecido com água, a construção permanece estável.
O número que vemos acima é categórico quando queremos discutir a importância de fazer um swing de golfe com uma sequência correcta. Se fazemos uma análise dos segmentos do corpo utilizados durante o swing, percebemos que cada um tem um papel determinado em cada momento. Por exemplo, queremos mais mobilidade nas ancas, mais estabilidade na zona lombar, maior mobilidade no tórax, estabilidade na zona escapular, mobilidade na articulação dos ombros, etc.
A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência.
O fortalecimento de extensores de quadril e flexores de coluna fazem parte das fases finais do tratamento do nervo ciático. A Fitball aumenta a aderência dos pacientes aos abdominais, pois favorecem o encaixe da coluna lombar e oferecem maior flexibilidade e grandes níveis de recrutamento muscular. Em decúbito dorsal, o paciente é orientado a executar a flexão de coluna e, em decúbito lateral, a executar a flexão lateral.
De acuerdo con el Colegio Americano de Reumatología: El diagnostico debe hacerse si: El dolor en los músculos debería estar presentes durante más de tres meses y no encontrar causa aparente para el dolor. Además, el dolor debe ocurrir en los sitios específicos del cuerpo llamados puntos de hipersensibles. Hay 18 de estos puntos sensibles. Su médico hace el diagnóstico mediante la aplicación de una presión suave a los puntos sensibles. Si el malestar se produce en 11 o más de estos puntos, se considerara que  el examen físico es positivo para la fibromialgia.
Além dos benefícios acima aproveitou e disse: colchão de acupressão está disponível em vários formatos para atender às necessidades do povo. Por exemplo, existem tapetes especialmente concebidos para mãos e pés para melhorar a circulação sanguínea. As pessoas podem escolher para sentar ou deitar-se no tapete, dependendo das áreas que requerem a pressão. No entanto, uma acupuntura não deve exceder 15 minutos, no primeiro semestre. Uma vez que o corpo se acostuma com a tela, a duração pode ser estendido de 20 para 30 minutos. Algumas pessoas usá-lo para dormir bem. Colchão de acupressão com 8820 pontos de pressão é uma febre entre estes tapetes chineses. Recomenda-se a usá-lo antes de dormir para garantir uma boa vedação de sono. Algumas de suas características surpreendentes listados abaixo: 

O corpo humano tem uma “cinta natural” que faz a estabilização da coluna. A proteção da coluna vertebral acontece quando o transverso dá o sinal aos multífidos, que se contraem e protegem a coluna durante exercícios e atividades diárias. Esses músculos envolvem toda a parte abdominal. Apenas o fortalecimento da musculatura profunda não resolve todo o problema. Os exercícios para a coluna vertebral também precisam trabalhar os músculos superficiais, completando assim a “cinta natural” que estabiliza a coluna vertebral.
O gradual desgaste (osteoartrose das facetas articulares) da coluna lombar poderá só por si causar dor, habitualmente agravada com o movimento de torção e flexão do tronco. Este desgaste poderá também levar a um deslizamento de uma vértebra sobre a outra, podendo causar  compressão das estruturas nervosas, onde novamente a dor irradiada é um importante sinal de alerta. A esta patologia chamamos espondilolistese. 
Fatores de saúde mentais: questões de saúde mental pré-existentes tais como ansiedade e depressão podem influenciar na dor crônica, bem como a percepção da sua gravidade. Dor que se torna crônica também pode contribuir para o desenvolvimento de tais fatores psicológicos. O estresse pode afetar o corpo de várias maneiras, incluindo causando tensão muscular.
A etiologia da compressão do nervo ciático é variada, e os sintomas também se manifestam de formas diferentes em cada paciente. O diagnóstico cinesiológico-funcional adequado, a observação dos exames complementares e a escolha pelos testes sensíveis vão colaborar com o tratamento dos pacientes com ciatalgia e outros sintomas relacionados ao nervo ciático.
Prescrever exercícios resistidos para indivíduos com histórico de dor na coluna vertebral não é tarefa simples e implica, além do conhecimento sobre os fatores determinantes da dor, a compreensão do processo de estabilização da coluna vertebral, o domínio da técnica de execução, para garantir que os músculos sejam ativados de acordo com os objetivos, e noção apurada das progressões dos exercícios. É relativamente frequente que o fisioterapeuta ou o profissional de Educação Física que recebe o paciente/aluno egresso de uma crise na coluna vertebral seja conservador na escolha dos exercícios, posições e métodos adotados. Porém, treinar um indivíduo procurando, apenas, evitar situações de risco é abrir mão do potencial preventivo do treinamento e não prepará-lo para as exigências do cotidiano, incluindo mobilização de cargas e prática esportiva. Apesar da abordagem sempre ser global, o treinamento da força muscular deverá recair invariavelmente sobre os músculos responsáveis pela estabilidade da coluna vertebral. Esse grupo de músculos compõe a região conhecida como core (núcleo). O core é constituído de uma unidade integrada composta de 29 pares de músculos que suportam o complexo quadril-pélvis-lombar (QPL). Pode-se fazer uma analogia com uma “caixa” na região central do corpo, em que se localiza o centro de gravidade e na qual basicamente todos os movimentos dos membros se iniciam.

Sobrecarga de mochila em crianças: dor lombar não relacionado à lesão ou outra causa conhecida é incomum em crianças pré-adolescentes. No entanto, uma mochila, sobrecarregada com livros e materiais pode estirar a musculatura e ligamentos lombares, e causar fadiga muscular. A American Academy of Orthopaedic Surgeons recomenda que a mochila de uma criança deve pesar não mais que 15 a 20% do peso do corpo da criança.

Localize o ponto de pressão abaixo do joelho. Encontre o fundo de seu joelho e meça quatro dedos abaixo dele. Com a mão oposta, coloque um dedo direitamente abaixo do menor dedo de medição (seu dedo mindinho), do lado de fora de sua tíbia. Se encontrou corretamente o ponto de pressão, um músculo dobrará se você mover o pé para cima e para baixo.[5][6]
O colágeno é uma substância naturalmente produzida pelo corpo. Então, não há contraindicações se a pessoa estiver saudável. “Pessoas com diminuição da função renal deverão ser avaliadas individualmente. Devemos ficar atentos aos outros componentes presentes na fórmula, que podem gerar reações de hipersensibilidade (alergias)”, alerta o ortopedista.
Nunca acordar sentindo dor agonizante por todo o caminho da sua parte superior das coxas para seus pés? Você lida com lancinante dor lombar que se espalha para baixo, através de sua nádega e não parecem sair, não importa o que você tenta? Você pode estar lidando com o nervo ciático dor, também chamada de dor ciática, que provocar uma dor latejante na parte inferior das costas e pernas. A dor se irradia para baixo do corpo e pode ser um sintoma de estenose espinal. É, também, intimamente relacionadas com a síndrome do piriforme , pois o músculo piriforme é perto do nervo ciático.
(Fontes: Maurício Garcia, coordenador do setor de fisioterapia do Instituto Cohen de ortopedia, reabilitação e medicina do esporte e fisioterapeuta do Centro de Traumatologia do Esporte da Unifesp – CREFITO 3/8090-F; Ricardo Munir Nahas, ortopedista, traumatologista, médico do esporte e coordenador do Centro de Medicina do Exercício e do Esporte do Hospital Nove de Julho – CRM 34914/SP; Thiago Medeiros, fisioterapeuta e osteopata do Instituto Curarte e professor da Universidade São Francisco e UniMetrocamp – CREFITO 3 /125946-F)
×