Marketing digital são ações de comunicação que as empresas podem utilizar por meio da internet, da telefonia celular e outros meios digitais, para assim divulgar e comercializar seus produtos, conquistando novos clientes e melhorando a sua rede de relacionamentos. Ele engloba a prática de promover produtos ou serviços pela utilização de canais de distribuição eletrônicos, para então chegar aos consumidores rapidamente de forma relevante, personalizada e com mais eficiência.[1]

Data-driven advertising: Users generate a lot of data in every step they take on the path of customer journey and Brands can now use that data to activate their known audience with data-driven programmatic media buying. Without exposing customers' privacy, users' Data can be collected from digital channels (e.g.: when customer visits a website, reads an e-mail, or launches and interact with brand's mobile app), brands can also collect data from real world customer interactions, such as brick and mortar stores visits and from CRM and Sales engines datasets. Also known as People-based marketing or addressable media, Data-driven advertising is empowering brands to find their loyal customers in their audience and deliver in real time a much more personal communication, highly relevant to each customers' moment and actions.[37]
Todas estas nomenclaturas, embora possam parecer complexas de compreender, significam nada mais, nada menos, do que o formato da venda. Quer você receba comissões por clique, por ação, por venda ou por formulário, você estará usando um programa de afiliados que se enquadra nas nomenclaturas anteriores. Muitos blogueiros, simplesmente, usam programas de afiliados sem compreender os termos associados a eles, o que poderá levar a reclamações desnecessárias junto das empresas de afiliados.

É importante considerar que as raízes do marketing digital são muito semelhantes ás do “Direct Mail Marketing”(Marketing Postal Direto) onde anúncios para diversos produtos eram colocados em jornais e revistas com o objetivo de vender esses mesmo produtos à distancia por encomenda direta. A imprensa tradicional perdeu muito interesse com o facto de que as campanhas digitais podem ser analisadas detalhadamente em termos de eficácia, o que é impossível com anúncios em jornais e revistas.[3]


Os programas de afiliados não são todos iguais, e o nível de conversão deles também não. Basta uma página de venda do produto diferente para o volume de conversão ser muito maior, ou vice-versa. Existem também programas de afiliados que pagam comissões todas as semanas, outros que só pagam mensalmente, etc. Existem também programas com modelos de atribuição de comissão no primeiro clique, último clique, com cookie de 30 dias, cookie de sete dias, cookie de 24 horas e por aí adiante. Todas essas coisas fazem uma diferença tremenda nos resultados que você vai gerar com suas estratégias, razão mais do que suficiente para você testar vários e comparar seus resultados.
Esse modelo passou a ser utilizado em praticamente todos os grandes portais e órgãos de comunicação, que vendiam seus espaços publicitários no modelo de CPM a seus anunciantes, porque consideravam que o usuário que navegava em seus sites já estava sendo impactado por esses anúncios, simplesmente por visualizá-los, mesmo que não clicasse. Ainda hoje, o valor de CPM é utilizado em plataformas de anúncios como o Facebook e Google AdWords e é uma métrica extremamente importante de análise de desempenho e custo. Além do mais, é impossível definir a taxa de cliques (CTR) de um anúncio sem termos em consideração o número de impressões dele.
Bem, mas o propósito deste blog é mesmo dar-vos a conhecer os diferentes tipos de negócios que podem criar online e as estratégias utilizadas, bem como os passos necessários para que a vossa iniciação seja rápida e eficaz e não uma total perda de tempo! Sim, porque apesar de o conceito do marketing na internet ser realmente simples, requer conhecimento, dedicação e também algum dinheiro para começar.
Para se iniciar no marketing de afiliados, você deverá, antes de tudo, compreender como funciona cada uma das formas de partilha de receitas e decidir qual aquela que será à escolha mais lucrativa para o seu negócio. Por exemplo: se você tiver um site/blog que gera milhões de pageviews mensalmente, as campanhas por CPM são, claramente, uma oportunidade muito boa. No entanto, se você trabalha em nichos de mercado que gera, pouco tráfego, os programas por CPA são a melhor opção. Logicamente, cada caso é um caso, e você precisa estudar muito bem os seus projetos antes de decidir promover um determinado produto ou empresa.
The development of digital marketing is inseparable from technology development. One of the key points in the start of was in 1971, where Ray Tomlinson sent the very first email and his technology set the platform to allow people to send and receive files through different machines.[8] However, the more recognisable period as being the start of Digital Marketing is 1990 as this was where the Archie search engine was created as an index for FTP sites. In the 1980s, the storage capacity of computer was already big enough to store huge volumes of customer information. Companies started choosing online techniques, such as database marketing, rather than limited list broker.[9] This kind of databases allowed companies to track customers' information more effectively, thus transforming the relationship between buyer and seller. However, the manual process was not so efficient.
Quando um número razoável de pessoas pretende abarcar um tema por um tempo considerável a partir da rede, utiliza a Comunidade Virtual, desenvolvendo desta forma, relações pessoais. Ao classificar a Comunidade Virtual deve-se ter o cuidado de distinguir o utilizador ou as organizações (vertical, horizontal ou geográficas, cujos temas são definidos de acordo com o objectivo e as áreas de trabalho da empresa).
O mercado de marketing de Afiliados é, nos dias de hoje, um dos mais prósperos em nível mundial. Com cada vez mais empresas e usuários a trabalharem conjuntamente em prol do mesmo objetivo, trabalhar com programas de afiliados tornou-se fundamental, tanto para as empresas que pretendem crescer e gerar mais vendas, como para os blogueiros e editores de conteúdos que procuram uma forma eficaz de rentabilizar seus sites e gerar mais leitores. Com um modelo de negócios bastante simples e direcionado para a partilha de receitas sobre as vendas, ambas as partes ganham com o mesmo cliente, o que significa que tanto as empresas quanto os publishers estão trabalhando no mesmo sentido e em prol do mesmo objetivo: ganhar dinheiro!
O bom do marketing de afiliados é que você não precisa de criar absolutamente nada. Caso você pretenda, é possível ganhar muito dinheiro trabalhando com esse mercado, promovendo ofertas de produtos, sem que na realidade você tenha de criar um blog, site ou outra coisa qualquer. Existem afiliados ganhando muito dinheiro e a única coisa que fazem é anunciar no Facebook, Google AdWords e native ads. Há também quem prefira usar estratégias mais avançadas, como  comprar tráfego para promover programas de afiliados.
×