Os resultados mostraram que o tratamento realizado nas mãos foi mais eficiente para os três tipos de técnicas, sendo que o tratamento com a combinação de laser e ultrassom ofereceu melhoras significativas aos pacientes. A avaliação dos resultados com cada tipo de aplicação foi baseada em protocolos como o Questionário de Impacto da Fibromialgia (FIQ) e a Escala Visual Analógica (EVA).
Em artigo publicado no Journal of Novel Physiotherapies, pesquisadores do Centro de Pesquisas em Óptica e Fotônica (CEPOF) – um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiado pela FAPESP – descrevem a aplicação concomitante de laser e ultrassom por três minutos na palma da mão de pacientes diagnosticados com fibromialgia, em um tratamento total de 10 sessões, duas vezes por semana.
Estimulação da medula espinhal de alta frequência é “mais eficaz para dor crônica “. De acordo com um estudo publicado na revista Anesthesiology, uma nova forma de terapia de estimulação da medula espinhal de alta freqüência tem a capacidade de proporcionar alívio da dor mais efetivo sem efeitos colaterais indesejados. O exercício de controle de motor pode ajudar a reduzir a dor nas costas. Os exercícios direcionados aos músculos que suportam e controlam a coluna podem ajudar a reduzir a dor e a incapacidade causada pela dor lombar, diz a pesquisa publicada na Revista Cochrane.
This controlled, randomized, double-blind, pragmatic clinical trial involved 156 participants with gestational age ≥ 37 weeks, cervical dilation ≥ 4 cm, and ≥ 2 contractions in 10 min. The women were randomly divided into an acupressure, placebo, or control group at a university hospital in an inland city in the state of Sao Paulo, Brazil, in 2013. Acupressure was applied to the SP6 point during contractions for 20 min.

Graças ao Dr. Alex Jimenez, um quiroprático em El Paso, Texas, Louie Martinez encontrou alívio da dor para uma variedade de problemas de saúde. A quiropraxia é uma opção de tratamento alternativa segura e eficaz que se concentra no diagnóstico, tratamento e prevenção de uma variedade de lesões e / ou condições associadas aos sistemas músculo-esquelético e nervoso.…

“Crianças adoram correr, a questão é: quando a corrida pode passar a ser uma atividade física regular? O ideal é que elas já tenham ossos e músculos mais maduros que permitam esse atividades mais intensas. Para isso é recomendável esperar a pré-adolescência ou mesmo a adolescência. Outro fator que deve ser considerado é o desenvolvimento psicológico da criança, já que antes dessas fases ela deve ser estimulada às atividades mais lúdicas”, pontua Bruno Massa, especialista em ortopedia infantil .   


Os exercícios visam à organização do tronco em movimentos holísticos, ou seja, cada movimento trabalha ao mesmo tempo vários segmentos do corpo, como o abdômen, músculos da coluna, pernas e braços. Pode ser praticado diariamente, mas os benefícios são notados com uma freqüência de duas vezes por semana. A partir da segunda semana e em alguns casos já se pode perceber um aumento da flexibilidade e alivio da dor lombar.
É aconselhável que um indivíduo com dor nas costas deve ter uma dieta equilibrada. O leite, o suco, os brotos e as frutas devem ser tomados regularmente todos os dias. Vegetais cozidos no vapor como couve-flor, cenouras, tomates, espinafre e repolho também devem encontrar um lugar na sua tabela de alimentos. Os alimentos picantes, oleosos e pesados, bem como chá, café, pratos doces e coalhada, devem ser eliminados assim que você começar a sofrer de dor nas costas.

As alterações do humor, como irritabilidade e tristeza, estão presentes em até 70% dos pacientes. A depressão aparece em até 30% dos casos. Os sintomas da depressão podem ser confundidos com os da fibromialgia. É necessário que o médico que acompanhe o paciente faça o diagnóstico precoce e inicie o mais rápido possível o tratamento da depressão. A depressão piora os sintomas da fibromialgia, assim como a fibromialgia também piora os sintomas da depressão. (1)
A não indução ou condução do TP por meio do preparo do colo com o balão cervical ou uso de agentes farmacológicos (prostaglandina ou ocitocina) deu-se de maneira diferente entre os grupos. Em geral, as parturientes consideradas nesse desfecho que não receberam essas intervenções foram: 23,7% no BP6, 15,2% no GT e 50,0% no GC, p = 0,0065 (teste Qui-quadrado). No entanto, não foram significantes as diferenças quando se observam isoladamente os usos do balão cervical, de prostaglandina e limítrofe para as comparações com ocitocina (Tabela 2).
As vértebras recebem nutrientes e oxigênio através do sangue, isso é necessário para as funções e células das vértebras. Assim que uma deficiência prevalecer na vértebra, as células morrem. O sangue também é transportado através da circulação sanguínea, as vértebras precisam de uma quantidade suficiente. Durante o dia, a água é retirada do corpo e a água deve ser adicionada ao corpo durante a noite. Através do uso de uma esteira de acupressão, essas funções aumentam significativamente o fluxo sanguíneo. Ao aumentar o fluxo sanguíneo, as costas são aquecidas e, em todas as vértebras e células, as funções são novamente estimuladas.
O primeiro sinal de dor dos pacientes mostra que os músculos começam a ficar atrofiados, ou seja, fracos. Isso pode ser visto em pesquisas com pacientes que têm dor na coluna.  A musculatura abdominal é quem dá o sinal aos músculos que protegem a coluna vertebral para que eles fiquem fortalecidos. São músculos mais profundos, que ficam mais próximos da coluna vertebral e são eles que realmente a protegem. Esses músculos são conhecidos como multífidos.
O alongamento baseado na técnica de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (contrai-relaxa/mantém-relaxa) possui efeitos significativos na redução da compressão do nervo ciático, em conjunto com os alongamentos convencionais (estáticos – passivos e ativos) e com as manobras de mobilização neural. As últimas são complementares, tendo o papel de reposicionar os segmentos do nervo para reduzir a sua compressão.
Mayor cantidad de la sustancia P en el líquido cefalorraquídeo (LCR): Algunas investigaciones han señalado que las personas fibromialgia tienen tres veces más  sustancia P en el líquido cefalorraquídeo que las personas sin la enfermedad, la  sustancia P es un químicos presente en el LCR, que transmite los impulsos dolorosos al cerebro. Y se cree que es por esto que  las personas con fibromialgia experimentan un dolor más intenso.
Este modelo é dividido em três estágios. No primeiro, chamado de Cognitivo, o paciente é educado quanto a anatomia, função, importância e forma de contração correta destas musculaturas. O treino geralmente é iniciado na posição deitada, mas deverá progredir para as posições sentada, em pé e em quatro apoios. O fisioterapeuta ensina ao paciente a localização dos músculos, a realizar a palpação deles colocando os dedos indicador e médio na região inferior do abdômen, e a contraí-los levando sutilmente o umbigo para dentro até sentir uma leve tensão sob os dedos.
Dois outros ECR 15 , 18 avaliaram os efeitos da acupressão nos pontos IG4 e BP6, comparando com as parturientes de um terceiro grupo, sem intervenção; porém, não esclareceram o uso de uterotônicos. Em estudo de Salehian et al 18 houve menor tempo de TP quando analisados os grupos BP6 e IG4 versus GC (p = 0,001); e Kim et al 15 mostraram redução no tempo de TP em 127,9 min no grupo BP6 e 149,6 min no grupo IG4 em comparação com o GC. Na comparação dos grupos BP6 versus IG4, não houve diferença.
O tamanho amostral foi estimado considerando o método para o cálculo do tamanho de amostra para teste-t não pareado, 16 , 23 e foram utilizados dados anteriores e posteriores ao tratamento presentes em três estudos. 8 , 14 , 18 Assumiu-se nível de significância de 5% e poder do teste de 80,0%, exceto para os estudos que também apresentaram resultados após 60 min. Nesses casos, foi aplicada a correção de Bonferroni no nível de significância, o que foi assumido como 2,5%. O cálculo resultou em amostra de 51 indivíduos por grupo, o maior tamanho amostral calculado entre os estudos, totalizando 153 parturientes.
A dor crônica é aquela que ultrapassa até três semanas e pode piorar ou ter picos de dor. Enquanto isso a aguda tem uma intensidade mais leve e não ultrapassa um tempo tão grande, podendo no máximo passar de um dia para o outro. Quando é o caso de dor aguda, não é necessário medicação ou uma investigação mais detalhada, já a crônica é bem possível que tenha de se fazer uma investigação mais detalhada.
Tratamentos não-cirúrgicos — como ajustes de quiropraxia, acupuntura, massagem terapêutica e o fortalecimento de alongamento e o back — pode funcionar tão bem como cirurgias e medicamentos para o tratamento de perna e lombar, nervo ciático dor. Eu recomendo estes como a primeira linha de defesa — por exemplo, ver um quiroprático que pode ajustar a coluna vertebral e ajudar a aliviar a pressão sobre o nervo ciático.
O tempo de TP das parturientes com acupressão no ponto BP6 foi menor que nas parturientes com a simulação da técnica (GT) ou atendimento usual da unidade (GC). A diferença foi maior quando comparado ao GT, mesmo o grupo BP6 tendo recebido indução ou condução com fármacos no TP equivalente a esse grupo. O efeito placebo do estudo pode ser desconsiderado ao analisar os usos de agentes uterotônicos e o tempo de TP entre os três grupos.
Lin Tchie Yeng – A dor é apenas um sintoma e é preciso descobrir suas possíveis causas. Se a pessoa se posiciona mal diante da escrivaninha ou do computador, usa travesseiros inadequados, ou dorme de mau jeito, pode sentir dores no pescoço ou nas costas que tendem a desaparecer quando eliminados os fatores desencadeantes. No entanto, se a dor não melhora ou melhora pouco, é recidivante e não responde de maneira satisfatória aos tratamentos convencionais, médico e paciente devem levantar a possibilidade de um caso de fibromialgia.
Mas, afinal, por que a bursite no quadril faz mais vítimas mulheres? “A bursite no quadril, chamada formalmente de bursite trocantérica, atinge mais pessoas do sexo feminino por causa da biomecânica do quadril (entenda aqui), que é diferente da dos homens”, explica Christina May Moran, fisiatra e coordenadora do Centro de Reabilitação do Hospital Sírio-Libanês.
Por vezes, as dores estendem-se até ao rabo, da zona posterior da coxa até à parte externa da barriga da perna ou mais, ou até à região inguinal. Os músculos estão em tensão e as costas rígidas. No caso de dores agudas, as costas dobram para a frente e para o lado. Por vezes, as lombalgias são acompanhadas por uma sensação aguda de picada ou formigueiro nas costas ou no rabo.

O número que vemos acima é categórico quando queremos discutir a importância de fazer um swing de golfe com uma sequência correcta. Se fazemos uma análise dos segmentos do corpo utilizados durante o swing, percebemos que cada um tem um papel determinado em cada momento. Por exemplo, queremos mais mobilidade nas ancas, mais estabilidade na zona lombar, maior mobilidade no tórax, estabilidade na zona escapular, mobilidade na articulação dos ombros, etc.
Se você vive com dor crônica, vida pode parecer insuportável às vezes. Ao contrário de dor aguda, que é maneira o corpo de nos dizer que algo está errado, a dor crônica é dor em curso que serve a nenhum propósito útil. Este tipo de dor pode apresentar em muitos formulários diferentes. Pode ser em curso para trás dor, reumatismo ou artrite, que faz com que passe a dor nas articulações, dor interna no joelho, dores de cabeça crônicas ou qualquer dor associada com doença crônica. Dor crônica é a dor que serve a nenhum propósito útil. Isso realmente pode ser debilitante. Aqui estão algumas dicas úteis sobre como aliviar essa dor e gerenciá-lo melhor.
OHLTUENDE EFEITOS: libertação de tensão / rigidez muscular, alívio de dores nas costas (disco herniado, ciática, dor nas costas ...), dor cervical, fibromialgia, dores musculares; Reduzir o estresse, aliviar a ansiedade, promover o sono e relaxamento, alivia a enxaqueca, cólicas menstruais; promove a regeneração do atleta, a energia ... REFLEXOLOGIA aumenta: estimula o arco os pontos de reflexologia e alivia efetivamente "pernas pesadas".
Todas as abordagens são corretas, desde que feitas de forma criteriosa, respeitando a individualidade pessoal de cada um e de sua atividade e, principalmente, de forma ética, indicando o profissional ideal para cada momento. Um atleta com dor, por exemplo, deve ser indicado a um médico ou fisioterapeuta para avaliação e tratamento do quadro doloroso e posteriormente retornando a atividade esportiva e preventiva.
Estamos falando de uma tecnologia conhecida pela sigla Tens, que vem do inglês e se traduz aqui por estimulação elétrica nervosa transcutânea. Utilizada pelos fisioterapeutas, ela está disponível na forma de equipamentos portáteis e vendidos em farmácia. Por enquanto, seu uso é mais restrito a atletas, mas outras pessoas também poderiam tirar proveito – tanto na dor aguda como na crônica. O dilema é usar um dispositivo desses sem orientação. Vale pedir a opinião de um profissional.
Silvia de Féo: Do ponto de vista de design, seguimos com um atual e elegante, sempre informado por dados técnicos recolhidos em nosso laboratório. A tecnologia Fresh Foam segue sendo o carro-chefe. Em 2019, vem ainda mais macia, leve e com maior capacidade de amortecer impacto, graças à engenharia aplicada na entressola e na sola. No cabedal, vamos lançar um material lindo, que torna o calçado ainda mais leve, confortável e respirável. O 1080 chega à sua nona edição em uma combinação de cores superchique e atraente, turbinado com a evolução do Fresh Foam. Também vamos lançar a segunda versão do Lazer, que vem ainda mais equipado para a prática da corrida
Frequentemente, a lombalgia desaparece por conta própria, mas se não forem adotadas medidas adequadas é comum que ela retorne. A ciática exige um tratamento mais específico, complexo e elaborado que a lombalgia simples, mas que costuma ser bem-sucedido quando bem executado, permitindo ao o paciente voltar a ter uma vida normal. Mas é importante segui-lo à risca para evitar complicações mais graves.
Existem diferentes fatores desencadeantes da lombalgia. Contudo, a questão postural está entre os principais fatores de risco. Hábitos incorretos de postura ao deitar, sentar ou realizar qualquer atividade do dia a dia, no trabalho e lazer podem acarretar em malefícios à coluna. Mas outros fatores também podem ser apontados como causas para o desenvolvimento da lombalgia. É o caso de inflamações/infecções; hérnias de disco, artrose ou escorregamento de vértebra; sedentarismo; obesidade; fatores genéticos; envelhecimento e até questões emocionais.
Acupressão alimentação Alimentação Saudável Alongamento Ansiedade Auto-Ajuda Bebê Bem-estar Chás Comportamento Criança Detox Dicas de Saúde Dieta Dores Dormir Energia ervas Esporte Estresse Exercícios Físicos Familia Felicidade Filho gestante Gravidez Inverno ioga Massagem terapêutica Massoterapia Medicina Tradicional Chinesa MTC Pele Pré-Natal Pés Reflexologia Reiki Relaxamento Respiração Shiatsu Stress terapia terceira idade Trabalho yoga
OHLTUENDE EFEITOS: libertação de tensão / rigidez muscular, alívio de dores nas costas (disco herniado, ciática, dor nas costas ...), dor cervical, fibromialgia, dores musculares; Reduzir o estresse, aliviar a ansiedade, promover o sono e relaxamento, alivia a enxaqueca, cólicas menstruais; promove a regeneração do atleta, a energia ... REFLEXOLOGIA aumenta: estimula o arco os pontos de reflexologia e alivia efetivamente "pernas pesadas".
– Mantenha seu peso em forma. Pessoas acima ou abaixo do peso têm mais chances de ter lombalgia. Os gordinhos ou obesos possuem menos flexibilidade da coluna, além de menor resistência das articulações e menos força muscular. A gordura da região abdominal desloca a coluna para frente, sobrecarregando os músculos das costas. Já os magros podem ter problemas alimentares, como a deficiência de cálcio. Se faltar esta substância, a pessoa pode ter osteoporose e desenvolver fraturas nos ossos.
Lin Tchie Yeng – Nos Estados Unidos, até aproximadamente quatro anos atrás, apenas 25% dos profissionais reconheciam a existência de fibromialgia. No Brasil, a tendência maior tem sido atribuir a causa dessa dor a fatores de ordem psicológica ou familiar. Assim, é comum receber pacientes tratados sem sucesso durante cinco ou seis anos e aos quais foi indicado consultar um psicólogo ou psiquiatra.
Ao usar uma esteira de acupressão, o relaxamento é encorajado quando está deitado na esteira e os problemas no corpo são equilibrados. As endorfinas também desempenham um papel importante neste processo. As endorfinas aumentam o fluxo sanguíneo através da geração de calor, e um novo fluxo é adicionado às linhas celulares nervosas. Na área das costas, particularmente na coluna vertebral, existem particularmente muitos nervos. Se os músculos estão relaxados na parte de trás ou na coluna vertebral, o corpo inteiro também pode relaxar. O resultado do relaxamento total é um sono saudável e profundo.

A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência.
“Os resultados da aplicação de ultrassom e laser conjugados nos pontos de dor, como o músculo trapézio, foram extremamente positivos, mas eles não conseguiam atingir as outras principais inervações afetadas pela doença. Já o tratamento na palma das mãos teve um resultado global, restabelecendo a qualidade de vida dos pacientes e, claro, eliminando a dor”, disse Bruno.
Saber distinguir se a dor é oriunda de um problema na coluna ou se o paciente tem pré-disposição para contratura desse músculo será de fundamental importância para saber se é possível alongar ou não. É importante salientar que a causa mais comum da dor ciática são as lesões degenerativas da coluna vertebral, tais como: hérnia de disco, protrusão de disco, espondilolistese, artrose nas vértebras inferiores e estenose vertebral. Nesses casos, alongar os músculos posteriores da coxa podem até contribuir para o aumento da dor. Nas lesões mais severas e graves, os pacientes poderão apresentar quadros de fraqueza muscular em uma das pernas ou nas duas, e a falta de força poderá mudar o padrão da caminhada. Nesses casos, o paciente não consegue ficar de ponta de pé sobre a perna afetada ou dar alguns passos usando apenas os calcanhares.
O artigo Could Hands be a New Treatment to Fibromyalgia? A Pilot Study (doi: 10.4172/2165-7025.1000394), de Juliana Silva Amaral Bruno, Daniel Marques Franco, Heloisa Ciol, Anderson Luis Zanchin, Vanderlei Salvador Bagnato e Antonio Eduardo de Aquino Junior, pode ser lido em www.omicsonline.org/open-access/could-hands-be-a-new-treatment-to-fibromyalgia-a-pilot-study-2165-7025-1000393.pdf.

Use os dedos para apertar o ponto de pressão. Pegue seu polegar e o dedo médio ou indicador e pressione firmemente nos pontos nos dois lados do punho quando se sentir nauseado. Em seguida, gentilmente, mas com firmeza, esfregue o ponto usando um movimento circular por vários minutos. Você poderá sentir um alívio imediato; às vezes, no entanto, poderá demorar até cinco minutos .[4]
Acupuntura para a dor nas costas pode ter o sucesso determinado por fatores psicológicos De acordo com novas pesquisas, as pessoas que estão sendo tratadas pela dor lombar com acupuntura provavelmente receberão menos benefícios do tratamento se tiverem baixas expectativas de quão eficaz é. O estudo, publicado no The Journal of Clinical Pain, também sugere que os pacientes que são positivos sobre suas dores nas costas e se sentem no controle de seus sintomas experimentam menos deficiência relacionada com as costas enquanto recebem acupuntura.
Para melhores resultados, use o tapete contra sua pele nua. Os usuários iniciantes podem experimentar níveis mais altos de desconforto. Nos estágios iniciais do uso do tapete de bem-estar da hälsa, você pode colocar uma fina camada de algodão ou uma camiseta entre o corpo e o colchonete para reduzir o desconforto. Ao se acostumar com a sensação, você poderá remover a camada de tecido.

A coluna lombar é a região do corpo mais vezes afetada, independentemente do nível de golfe praticado. A sua limitada torção fisiológica sobre um eixo fixo, combinada com a alta velocidade do swing e a necessidade de o parar repentinamente, poderão potenciar determinadas lesões como o espasmo muscular, a hérnia discal, artrose das pequenas articulações posteriores da coluna, entre outras. 


Dos músculos superficiais, os mais importantes são os que envolvem o quadril, que são os glúteos. A contração correta de toda a musculatura superficial e profunda permite uma estabilização completa que viabiliza a prática de atividades físicas, domésticas e o que mais o corpo humano precisar fazer no dia a dia. Tudo isso sem sentir dor na coluna vertebral.
O grupo de BP6 apresentou menor taxa de cesárea entre os grupos deste estudo. Já o GC, com 15,4% a mais de cesárea em relação ao grupo BP6, aproximou-se da taxa registrada no último relatório anual da instituição onde se realizou o estudo (44,5% de cesáreas em 2013); f porém, na análise estatística, não apresentou diferença significativa. Contrariamente, dois ECR mostraram redução significante no número de cesáreas, sendo de 10,0% dessa via de parto em um dos estudos 18 e 12,8% no outro. 7 No entanto, esses estudos incluíram somente mulheres nulíparas ou sem cesárea anterior.
O médico pode até prescrever analgésicos e anti-inflamatórios por um curto período de tempo. “Mas a solução mesmo é educar o paciente e tirar os seus medos, mostrando que a dor não é uma doença, mas um sintoma que pode estar relacionado a diversos fatores, como estresse, ansiedade, depressão, noites mal dormidas, falta de atividade física…”, sugere Lucíola.

A ciática pode ser extremamente incapacitante devido à dor intensa e limitação de atividades diárias. A lombalgia simples, de origem mecânica que acontece após algum esforço ou movimento brusco costuma desaparecer em dois ou três dias sem qualquer medida especial. No entanto, a lombalgia que não melhora rapidamente com essas medidas ou que piora gradualmente, evoluindo com a presença da ciática, com alteração de força ou de sensibilidade, é chamada de lombociatalgia e deve ser avaliada por um especialista em coluna com brevidade.

×