Os materiais e as informações contidas no canal Remédios Caseiros são fornecidos apenas para fins gerais e educacionais e não constituem qualquer aconselhamento jurídico, médico ou outro em qualquer assunto. Nenhuma das informações sobre os nossos vídeos é um substituto para um diagnóstico e tratamento por seu profissional de saúde. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de iniciar qualquer nova dieta ou tratamento e com qualquer dúvida que possa ter a respeito de uma condição médica. Se você tiver ou suspeitar que você tem um problema médico, contate imediatamente o seu prestador de cuidados de saúde.
Parece que a náusea é parte da vida, esteja você grávida, de ressaca, fazendo tratamento por quimioterapia, ou enjoado. Embora você possa ter ouvido falar de acupuntura, uma terapia com agulhas, a acupressão é uma terapia que simplesmente se baseia na massagem dos principais pontos de pressão para aliviar os sintomas. Ela é uma maneira rápida e barata de lidar com náuseas, sem efeitos colaterais nocivos, embora pesquisas ainda sejam necessárias para provar sua eficácia.[1]Aprenda os pontos de pressão, em seguida, use seus dedos ou uma pulseira para começar a sentir alívio!
Porém, como já referido, não existe nenhum exame laboratorial ou de imagem que confirme o diagnóstico de fibromialgia. Na verdade, esses exames só servem para se descartar outras causas de dor crônica. Se durante a investigação algum exame laboratorial ou de imagem detectar alterações, ou ainda, se houver a presença de sinais inflamatórios nas articulações (artrite) ou sinais de lesões neurológicas detectáveis durante o exame físico feito pelo médico, o diagnóstico de fibromialgia deve ser repensado, uma vez que estas alterações apontam para a existência de uma outra causa para as dores.
O sistema do corpo miofascial é construído a partir de um arranjo contínuo dos tecidos destinados a funcionar em padrões organizados, não como grupos musculares isolados. Quando a funcionar correctamente, energia com competência é transmitida via força-acoplamento por meio de uma cadeia de reação enraizada na terra. Recrutamento da unidade motora só se torna isolado para um grupo muscular precisa quando o cérebro percebe uma desconexão do sistema e chama-se no "subs". Como, durante um balanço do golfe, se uma cápsula de quadril fibrosed estavam bloqueando a transferência de energia da cadeia cinética, acoplamento de força normal iria sofrer devido à falta de mobilidade da cabeça do fêmur no acetábulo. (Fig. 3) O terapeuta manual deve primeiro mobilizar a articulação fixada em todos os três planos cardinais e mova a cadeia cinética para avaliar e corrigir qualquer compensação sacroilíaca ou lombar que pode dirigir dor nas costas do jogador de golfe.
Two other RCTs 15 , 18 assessed the effects of acupressure on the LI4 and SP6 points compared with a third group of pregnant women without intervention; however, these trials did not clarify the use of uterotonics. A study by Salehian et al 18 showed reduced labor time in SP6 patients and LI4 patients compared with control patients (p = 0.001). Similarly, Kim et al 15 showed a 127.9 min and 149.6 min reduction in labor time for SP6 patients and LI4 patients, respectively, compared with control patients. No significant difference was observed between SP6 and LI4 patients.

Já a escritora Fernanda Carvalho Veiga nos conta como foi seu processo de aceitação e como é possível levar uma vida normal mesmo com essa síndrome. "Quando descobri que tinha a fibromialgia fiquei assustada, pois era algo desconhecido para mim, fiquei muito triste por saber que as dores me acompanhariam pelo resto da vida. De início foi difícil aceitar, me acostumar e me adaptar a minha nova rotina, principalmente as medicações, seus efeitos colaterais, a incompreensão das pessoas e a pegar leve com a academia, não fazendo esportes com impacto como boxe e capoeira. Após essa fase inicial, aprendi a fazer tudo que gosto dentro do meu limite, voltei a andar de bicicleta, pular corda, dançar, ir para shows, carnaval e fazer tudo como qualquer outra pessoa da minha idade".

“Não tomo anticoncepcional há 14 anos. Minha menstruação nunca foi regulada, essa foi uma das razões que comecei a tomar, mas com o anticoncepcional me sentia inchada, mal humorada e gorda. Decidi parar de vez um ano antes de engravidar e durante esse período percebi que meu corpo respondia melhor aos exercícios físicos. Já praticava esportes há cinco anos, porém não era com a intensidade de hoje. Engravidei da minha filha, hoje com nove anos, e durante a gestação corri dos três aos sete meses, porque me sentia bastante disposta. Hoje, com quase 40, estou na minha melhor forma.”


A fisioterapia reduz a dor do nervo. Os especialistas acreditam que a fisioterapia é a melhor opção para o tratamento dessa doença. A atividade física regular e os exercícios ajudam a fortalecer os músculos da coluna, abdômen e corrigir a postura de um indivíduo. Mas a fisioterapia e a reeducação postural são a chave para o controle da dor causada pela compressão do nervo ciático.
Os sintomas são claros e caracterizam-se por dores nas regiões das costas, podendo ter redução da flexibilidade e rigidez da coluna. Normalmente o diagnóstico é simples, feito diretamente pelo médico. Entretanto, em alguns casos, o profissional da saúde pode requerer exames mais específicos para investigar a fundo as causas das dores. A base das costas (região lombar) é muitas vezes o lugar mais doloroso, pois é aí que a coluna suporta mais peso.
O médico radiologista especializado em ortopedia esportiva e chefe de diagnósticos no Hospital do Coração (HCor), Abdalla Skaf, comenta em entrevista ao programa Rota Saudável, da Rádio Estadão, sobre o tema. De acordo com o ele, a pessoa que sentir dor nas costas deve procurar um especialista imediatamente. “O profissional irá realizar um exame físico primeiramente. Se este não for suficiente para diagnosticar a real causa do problema, sugere-se uma série de testes complementares, como a radiografia, ou, em casos mais extremos, ressonâncias magnéticas e tomografias”, explica.
A fibromialgia, na medicina moderna, é qualificada como uma síndrome ou transtorno de dor crônica, na qual a pessoa sente dores por todo o corpo por longos períodos ou sensibilidade nas articulações. Esssas dores estão mais evidenciadas nas articulações, nos músculos, tendões, em outros tecidos moles.Causando fadiga, sonolência, indisposição, dores de cabeça, depressão e ansiedade. Capaz de indispor a pessoa de qualquer atividade, por mais simples que ela seja. As dores beiram o insuportável, além de desregular atividades simples como dormir. A fibromialgia ainda não tem cura.
Durante o exame físico, o seu médico irá tentar identificar a localização da dor e descobrir como isso afeta o seu movimento. Ele pode solicitar que você sente, levante ou caminhe. O seu médico pode pedir para você tentar andar na ponta dos pés e, em seguida, sobre os calcanhares. Também vai pedir para você levantar as pernas para cima, enquanto está deitado. Se a dor é pior quando você faz isso, você pode ter dor ciática, especialmente se você também sentir dormência ou formigamento em uma de suas pernas.
A maioria dos pacientes com fibromialgia vive com os sintomas durante anos até o diagnóstico ser finalmente feito. Durante a investigação, esses pacientes costumam passar por dezenas de exames e múltiplos especialistas. Alguns pacientes acabam sentindo-se rejeitados pelos médicos, enquanto outros temem que uma doença fatal oculta acabe por ser encontrada.
Na grande maioria dos casos a dor nas costas ou dor na coluna é de origem musculosquelética (muscular). As dores podem surgir na sequência de uma má postura, stress, cansaço, levantamento de pesos, falta de exercício regular, etc., podendo facilmente ser resolvida através de medicação e de algumas medidas gerais, como veremos adiante com detalhe. A dor nas costas pode ser devida a algumas patologias ou doenças da coluna, como a espondilose (artrose na coluna), hérnias discais (ou hérnias de disco), estenoses, entre outras ou, então, a outras doenças, como os cálculos renais (pedra nos rins), aneurisma da aorta, doenças do pâncreas, endometriose, entre muitas outras patologias (ou doenças), como veremos mais detalhado adiante.
A dor crônica é aquela que ultrapassa até três semanas e pode piorar ou ter picos de dor. Enquanto isso a aguda tem uma intensidade mais leve e não ultrapassa um tempo tão grande, podendo no máximo passar de um dia para o outro. Quando é o caso de dor aguda, não é necessário medicação ou uma investigação mais detalhada, já a crônica é bem possível que tenha de se fazer uma investigação mais detalhada.
O tratamento de primeira linha mais comum passa pelos analgésicos ou anti-inflamatórios para alívio de dor, aplicação de gelo ou calor na área dolorida e eventualmente fisioterapia. Ao contrário do que se pensa, o repouso absoluto não é recomendado. Os tratamentos adicionais dependem da doença que está a provocar a ciática. Os medicamentos, bem como a sua forma de administração devem ser SEMPRE prescritos por um médico, nunca devendo o doente automedicar-se. Como opção há a cirurgia, geralmente recomendada para casos que não obtiveram sucesso com tratamentos à base de medicamentos. A cirurgia, quando devidamente indicada, é extremamente eficaz e segura no tratamento da ciática, apresentando muito menores riscos que o uso continuado de medicamentos para alívio de dor. Atualmente, as técnicas minimamente invasivas tornaram a cirurgia à coluna extremamente eficaz e praticamente sem riscos, permitindo uma recuperação muito rápida.
O uso de uma esteira de acupressão é predominantemente um efeito de cura física. Corpo e mente sempre trabalham juntos. Especialmente no caso de insônia e fadiga, a interação entre o corpo e a psique é o fator mais importante para o problema. A raiva, o estresse, a exaustão e a tristeza são os mais desencadeantes, mas muitas pessoas que sofrem de insônia sofrem de problemas físicos. Os problemas físicos incluem o distúrbio do sistema nervoso. No caso de uma perturbação do sistema nervoso, o cérebro já não é capaz de controlar as condições.
O colágeno é uma substância naturalmente produzida pelo corpo. Então, não há contraindicações se a pessoa estiver saudável. “Pessoas com diminuição da função renal deverão ser avaliadas individualmente. Devemos ficar atentos aos outros componentes presentes na fórmula, que podem gerar reações de hipersensibilidade (alergias)”, alerta o ortopedista.
Para as variáveis nas quais se realizaram as comparações entre os grupos e que foram mensuradas em mais de um período de avaliação, utilizou-se a correção de Bonferroni, dividindo o nível de significância pelo número de comparações. Se a variável foi mensurada em três períodos e comparados os grupos em cada período, o nível de significância adotado foi de 1,67%. Para as comparações múltiplas, o nível de significância também foi corrigido pelo mesmo critério.
Para a maioria das pessoas, nervo ciático dor é causada por uma hérnia de disco na traseira, o que significa que um disco na coluna vertebral, desenvolve-se uma ligeira quebrar ou rasgar. A hérnia de disco se destaca no canal espinhal, o que significa que altera a química mensagens que são enviadas através de nervos para os membros. Se um disco vertebral se projeta para fora em uma determinada área, pode “beliscar” o nervo ciático, que é um dos principais canais de comunicação entre a coluna e as pernas. O nervo ciático se conecta pequenos ramos de nervos que percorrem o canal vertebral, desde a pelve para baixo das pernas e nos tornozelos e pés. (9) Hérnia provoca sintomas colocando pressão sobre a coluna vertebral.
O terceiro momento, Estágio Automático, tem como objetivo permitir a realização de exercícios que proporcionem desafios e gestos esportivos, sendo realizados com cuidado para assegurar que não haja compensação. Nestes últimos estágios, também é realizado o trabalho de fortalecimento dos músculos estabilizadores da pélvis (glúteos). Pois o alinhamento desta região influencia na distribuição de cargas na coluna lombar. Além disso, é feita a reeducação de atividades da vida diária do indivíduo, desde movimentos simples, como sentar e levantar. É fundamental que a escolha dos exercícios seja criteriosa para cada paciente. Para isso, o profissional que vai receber o paciente com dor no estúdio de Pilates deve ter conhecimento para determinar quais exercícios são mais indicados a partir de uma avaliação, evitando o risco de novas lesões ou a piora do quadro de dor.

A fibromialgia, na medicina moderna, é qualificada como uma síndrome ou transtorno de dor crônica, na qual a pessoa sente dores por todo o corpo. Esssas dores estão mais evidenciadas nas articulações, nos músculos, tendões, em outros tecidos moles. Causando fadiga, sonolência, indisposição, dores de cabeça, depressão e ansiedade. A fibromialgia ainda não tem cura.

Histologicamente, os nervos são formados por diversos feixes de fibras nervosas (neurônios), revestidos por camadas de tecido conjuntivo, sustentando e nutrindo todas estruturas. O tecido conjuntivo que envolve cada fibra nervosa é denominado endoneuro. Já as camadas que sustentam os feixes de fibras e o nervo propriamente dito, são perineuro e epineuro, respectivamente.
Um recente estudo conduzido pelo Instituto de Bioengenharia da Catalunha relacionou a dor nas costas com a falta de nutrientes na coluna. Um desses nutrientes é a glicose. O excesso de pressão nos discos articulares da coluna reduz a quantidade de glicose e eleva a de ácido lático, que interrompe a nutrição das células e começa o processo degenerativo, ocasionando dor.
Todas as queixas no organismo, bem como a dor física, são muitas vezes caracterizadas por fatores de estresse ou sentimentos como raiva, fadiga, inércia e tristeza. É assim que a medicina chinesa acredita que o equilíbrio do nosso corpo é necessariamente dependente da condição mental. Da mesma forma, o equilíbrio do corpo depende do próprio estilo de vida. Se, por exemplo, existe um estresse psicológico, pode-se assumir que o fluxo de energia é perturbado e, assim, envia sinais apropriados ao corpo sob a forma de doença ou dor.
Na maioria dos adultos, hérnia ou hérnia discal é o resultado de anos de envelhecimento e colocar pressão sobre o corpo, a partir de coisas como o exercício físico, má postura, altos níveis de inflamação e, por vezes, lesões. Conforme envelhecemos, naturalmente espinhal discos perdem a sua elasticidade, como fluido espinhal diminui, fazendo com que a probabilidade de ocorrência de fracturas ou fissuras para aumentar.
A ciática pode ser extremamente incapacitante devido à dor intensa e limitação de atividades diárias. A lombalgia simples, de origem mecânica que acontece após algum esforço ou movimento brusco costuma desaparecer em dois ou três dias sem qualquer medida especial. No entanto, a lombalgia que não melhora rapidamente com essas medidas ou que piora gradualmente, evoluindo com a presença da ciática, com alteração de força ou de sensibilidade, é chamada de lombociatalgia e deve ser avaliada por um especialista em coluna com brevidade.
×