O cálculo renal (ou pedra nos rins) é uma das doenças mais frequentes do trato urinário, sendo mais frequente nos homens entre os 30 e os 50 anos de idade. Nos países desenvolvidos, pode atingir cerca de 20% da população. Os sinais e sintomas, habitualmente presentes são: desconforto ou dor lombar, por norma unilateral (de um só lado (rim), pode verificar-se sangue na urina (hematúria), infeções urinárias recorrentes (ou de repetição), entre outros sinais e sintomas.
Dores nas costas incomodam e podem até restringir os movimentos. Para tratar o problema é possível recorrer a métodos alternativos, livrando o organismo de medicamentos que podem provocar efeitos colaterais. De acordo com o osteopata Gabriel Boal, "as técnicas aliviam as dores, mas exigem a colaboração do paciente. Boa postura, prática regular de atividades físicas e alimentação equilibrada também previnem o surgimento de dores". A seguir, confira cinco tratamentos alternativos para dores nas costas:
– Aplicar compressa fria para aliviar a dor. O frio reduz a inflamação e atua como um anestésico local. Use bolsas frias (Cold Pack), disponível em farmácias. É aconselhável usar frio no início da inflamação e da dor. Aplicar por exemplo, durante 15 minutos a cada três horas. Evitar a aplicação de frio diretamente sobre a pele, utilize uma pequena bolsa de tecido para evitar o contacto direto entre a pele e a bolsa gelada.
Os tratamentos que permitem o alívio sintomático (que permitem abrandar ou acabar com a dor) são eleitos como primeira escolha (tratamento conservador). Em algumas patologias, como por exemplo na hérnia discal, espondilose, etc., estão indicados outros tratamentos, nomeadamente o tratamento cirúrgico (cirurgia ou operação), na falência dos tratamentos conservadores. Veja mais informação sobre tratamento em cada uma das patologias.
O primeiro sinal de dor dos pacientes mostra que os músculos começam a ficar atrofiados, ou seja, fracos. Isso pode ser visto em pesquisas com pacientes que têm dor na coluna.  A musculatura abdominal é quem dá o sinal aos músculos que protegem a coluna vertebral para que eles fiquem fortalecidos. São músculos mais profundos, que ficam mais próximos da coluna vertebral e são eles que realmente a protegem. Esses músculos são conhecidos como multífidos. 

... Por outro lado, o diagnóstico dito "apenas" clínico da FM, e os tratamentos meramente paliativos, afetam consideravel- mente a experiência do enfermo e o curso crônico da doença nos itinerários terapêuticos dos portadores dessa doença, que muitas vezes se enquadra na categoria de sintomas sem explicação clíni- ca aparente, principalmente considerando-se que eles geralmente se queixam de sintomas físicos que são desproporcionais a uma doença física particular 1 . Alguns autores destacam que a carência no acolhimento dos pacientes com fibromialgia nos ambulatórios deve-se, em parte, à deficiência de informação do médico e, por outro lado, à ausência da inclusão da perspectiva da pessoa na atenção e gestão da clínica 34,35 . Este aspecto foi mencionado como reivindicação: "Nós precisamos ser atendidos melhor"/ "É escutar você melhor, ver com mais calma". ...
Conforme bem estabelecido na literatura, as crises que acometem a coluna vertebral, notadamente a região lombar, decorrem de inúmeros fatores, sendo a maioria passível de modificação. Seguindo essa linha de raciocínio, um plano de ação para prevenir novas crises deveria focar incondicionalmente os fatores potencialmente modificáveis. O problema é que, nesse caso, serão necessários investimentos em médio e longo prazo, que exigem persistência e disciplina, condições cada vez mais em falta em um mundo que hipervaloriza a comodidade pessoal e abusa da tecnologia.

– Faça uso de analgésicos ou anti-inflamatórios. Procure um médico para que ele possa orientar você quanto ao modo correto de uso, especialmente porque talvez seja necessário também um medicamento que protege o estômago dos danos causados por estes remédios. Exemplos: paracetamol ou dipirona. Relaxantes musculares, como a ciclobenzaprina, também podem ser eficazes.


O gradual desgaste (osteoartrose das facetas articulares) da coluna lombar poderá só por si causar dor, habitualmente agravada com o movimento de torção e flexão do tronco. Este desgaste poderá também levar a um deslizamento de uma vértebra sobre a outra, podendo causar  compressão das estruturas nervosas, onde novamente a dor irradiada é um importante sinal de alerta. A esta patologia chamamos espondilolistese. 


Parece que a náusea é parte da vida, esteja você grávida, de ressaca, fazendo tratamento por quimioterapia, ou enjoado. Embora você possa ter ouvido falar de acupuntura, uma terapia com agulhas, a acupressão é uma terapia que simplesmente se baseia na massagem dos principais pontos de pressão para aliviar os sintomas. Ela é uma maneira rápida e barata de lidar com náuseas, sem efeitos colaterais nocivos, embora pesquisas ainda sejam necessárias para provar sua eficácia.[1]Aprenda os pontos de pressão, em seguida, use seus dedos ou uma pulseira para começar a sentir alívio!
O relato das queixas pelo paciente, complementado com uma avaliação clínica, é fundamental. Pode haver necessidade da realização de exames complementares, como radiografias, tomografia axial computadorizada (TAC) e ressonância magnética da coluna lombar, para se obterem imagens rigorosas da coluna vertebral, dos nervos e das lesões que causam a dor ciática.

Exames radiológicos mais modernos, ainda pouco usados na prática médica do dia-a-dia, conseguiram demonstrar que pacientes com fibromialgia apresentam sinais precoces de envelhecimento do cérebro, com redução da área cinzenta (local do cérebro onde ficam os neurônios). Estas alterações podem justificam uma exagerada interpretação do cérebro aos estímulos externos.


Temporada – Woods, de 38 anos, não vence no PGA Tour desde o Bridgestone Invitational, em 4 de agosto de 2013. Desde então, ele jogou apenas oito torneios do circuito, e só teve um Top 10, o vice-campeonato The Barclays, em setembro passado, onde também se queixou de dores nas costas. Este ano, Tiger experimenta o pior começo de temporada em 18 anos de carreira, ao não passar o corte de sábado em Torrey Pines (Farmers Insurance Open), onde terminou em 80º lugar; abandonar o Honda Classic na volta final; terminar em 25º no Cadillac Championship; e desistir do Arnold Palmer Invitational. Ele só deve voltar a jogar no Masters, se as dores passarem.
As vértebras recebem nutrientes e oxigênio através do sangue, isso é necessário para as funções e células das vértebras. Assim que uma deficiência prevalecer na vértebra, as células morrem. O sangue também é transportado através da circulação sanguínea, as vértebras precisam de uma quantidade suficiente. Durante o dia, a água é retirada do corpo e a água deve ser adicionada ao corpo durante a noite. Através do uso de uma esteira de acupressão, essas funções aumentam significativamente o fluxo sanguíneo. Ao aumentar o fluxo sanguíneo, as costas são aquecidas e, em todas as vértebras e células, as funções são novamente estimuladas.

Quando a lombalgia dura mais do que três meses, ou acomentendo mais as pernas do que as costas, um diagnóstico mais específico deverá ser feito. Existem várias causas comuns de lombalgia e dores nas pernas: para adultos abaixo de 50 anos, estas incluem hérnia de disco e moléstia degenerativa de disco; em adultos com mais de 50 anos, causas comuns também incluem osteoartrite e estenose espinhal. Todavia, alguns pesquisadores acreditam que 90% destas dores nas costas decorrem de uma síndrome de tensão nervosa e que são causadas por estresse emocional[4].
The average labor duration was significantly different between the SP6 acupressure group [221.5 min (SD = 162.4)] versus placebo [397.9 min (SD = 265.6)] and versus control [381.9 min (SD = 358.3)] (p = 0.0047); however, the groups were similar regarding the cesarean section rates (p = 0.2526) and Apgar scores in the first minute (p = 0.9542) and the fifth minute (p = 0.7218) of life of the neonate.
A etiologia da compressão do nervo ciático é variada, e os sintomas também se manifestam de formas diferentes em cada paciente. O diagnóstico cinesiológico-funcional adequado, a observação dos exames complementares e a escolha pelos testes sensíveis vão colaborar com o tratamento dos pacientes com ciatalgia e outros sintomas relacionados ao nervo ciático.

Saber distinguir se a dor é oriunda de um problema na coluna ou se o paciente tem pré-disposição para contratura desse músculo será de fundamental importância para saber se é possível alongar ou não. É importante salientar que a causa mais comum da dor ciática são as lesões degenerativas da coluna vertebral, tais como: hérnia de disco, protrusão de disco, espondilolistese, artrose nas vértebras inferiores e estenose vertebral. Nesses casos, alongar os músculos posteriores da coxa podem até contribuir para o aumento da dor. Nas lesões mais severas e graves, os pacientes poderão apresentar quadros de fraqueza muscular em uma das pernas ou nas duas, e a falta de força poderá mudar o padrão da caminhada. Nesses casos, o paciente não consegue ficar de ponta de pé sobre a perna afetada ou dar alguns passos usando apenas os calcanhares.


“A estrutura óssea da canela não está adaptada ao volume de treinamento. Isso faz com que o osso da tíbia comece a ser sobrecarregado, levando à inflamação da região”, explica o fisioterapeuta Paulo Quemelo, pós-doutor em biomecânica pela FIU/USA e chefe do departamento de fisioterapia da Clínica Physio Institute. Para evitar que isso aconteça, é necessário seguir um volume de treino progressivo para que o corpo se acostume gradualmente com a corrida, respeitando sempre o limite do corredor.

Não existe ainda diagnóstico médico sobre as causas da fibromialgia, mas sim, vários fatores associados frequentemente a ela. Os quais podemos citar como: genética devido a ocorrência em pessoas da mesma família, distúrbio do sono, ansiedade, sedentarismo, depressão, infecções por vírus, doenças autoimunes, trauma físico ou emocional e estresse psicológico. Mas, segundo o Colégio Americano de Reumatologia, os principais parâmetros que podem diagnosticar um pessoa como portadora de fibromialgia hoje envolvem a presença de dor por mais de três meses em diferentes áreas do corpo, acompanhada de fadiga, distúrbios do sono e de memória ou, ainda, problemas gastrointestinais.
O tratamento para que a dor ciática não volte pode ser feito com sessões de fisioterapia, osteopatia, acupuntura, hidroginástica e Pilates clínico. Nos casos mais graves é preciso realizar uma cirurgia para descomprimir o nervo ciático inflamado ou reduzir a hérnia disco, caso seja esta a raiz do problema, mas cerca de 90% das pessoas não precisam de cirurgia e alcançam a cura através da fisioterapia. Saiba todas as opções de tratamento para dor no nervo ciático.
Terapia psicológica. Terapia cognitivo conductual: se basa en la idea de que las percepciones que tiene el individuo sobre sí mismo y sobre su entorno afectan a sus emociones y a su comportamiento. Hay que evaluar los aspectos que caracterizan a la enfermedad: conocimiento de la misma, afectación en la vida cotidiana y la capacidad para afrontarla.
Ressonância magnética usa uma força magnética em vez de radiação para criar uma imagem gerada por computador. Ao contrário do raio-x, que mostra apenas as estruturas ósseas, as ressonâncias também produzem imagens dos tecidos moles, como músculos, ligamentos, tendões e vasos sanguíneos. Uma ressonância magnética pode ser solicitada caso o médico suspeite de alguma patologia mais grave para sua dor lombar (como infecções, tumores, inflamações, rupturas ou hérnia de disco, ou estenose espinhal). A ressonância magnética é uma forma não-invasiva para identificar uma condição que requer tratamento cirúrgico imediato. No entanto, na maioria dos casos, a menos que haja “bandeiras vermelhas” na história ou no exame físico, uma ressonância não é necessária durante as primeiras fases da dor lombar.
É possível que ciático nervos pode ser comprimido sem qualquer dor formando. Embora a ciática sem dor não é muito comum, é possível ter a pressão e dano ao nervo ciático raízes e não o saber. Por exemplo, um estudo mostrou que 50 dos mais de 100 pessoas que foram examinadas tinha uma hérnia de disco vertebral, mas em 20 de pacientes, não houve qualquer perceptível a dor, apesar do fato de que o disco entrou no tecido ao redor da coluna vertebral.
Existem várias classes de medicamentos destinadas a apaziguar essas dores –  e só especialistas podem escolher a ideal para o seu caso. Nas lombalgias comuns, a praxe é lançar mão de comprimidos de anti-inflamatórios e analgésicos. Vez ou outra são receitados relaxantes musculares. Agora, se a dor faz o paciente urrar, entram em jogo injeções de corticoides e outros fármacos da pesada. Nas dores crônicas ou resistentes a tratamentos mais leves, entram em cena os opioides – que devem ser utilizados com extrema cautela em função do risco de dependência. Em situações extremas, a saída é implantar, dentro do corpo, uma bomba que libera aos poucos morfina.

Os pacientes têm perguntado ao Dr. Jimenez o que é nutrigenômica e nutrigenética? Genomics & Nutrigenomics Nutrigenomics: É o estudo de como os alimentos e nutrientes afetam a nossa expressão gênica. Exemplo: Os ácidos graxos ômega-3 desligam o NF-ƘB para evitar a produção de citocinas inflamatórias. Nutrigenômica segue uma abordagem de corpo inteiro Nutrigenômica examina relações entre o que comemos O risco / resposta a…


“O teste de suor busca identificar a perda de líquidos e sódio e, também, o consumo de carboidrato do atleta no período de uma hora. Durante nossos treinos e competições perdemos peso e esta perda é dividida entre o suor (água+sais) e a utilização do glicogênio muscular (carboidrato estocado no músculo)”, conta o Dr. Gerson Leite, fisiologista da Care Club. 

O problema com o nervo ciático ocorre quando alguma pressão ou lesão o afeta. Esse dano ao ciático pode ocorrer dentro do canal espinhal – entre as vértebras por onde passa a medula espinhal – ou em outros pontos de seu percurso. E, uma vez inflamado por algum tipo de compressão externa ou outros fatores, surge a famosa dor ciática que apresenta uma série de sintomas.
×