O diagnóstico da fibromialgia é essencialmente clínico. Exames laboratoriais e radiológicos são utilizados apenas para avaliar as condições gerais do paciente. Considerando que os sintomas de um paciente com fibromialgia são bastante semelhantes a outras doenças, é comum que o diagnóstico da síndrome seja mais lento e trabalhoso até que se confirme. Em alguns casos, o paciente é encaminhado para um reumatologista.

Curiosamente, apesar da riqueza de sintomas, não há alterações detectáveis nos exames laboratoriais nem nos exames de imagem, como radiografias, ultrassonografia, tomografias, etc. Além da dor, mais nada é detectado através do exame físico do paciente com fibromialgia. Biópsias realizadas nos músculos, tendões e ligamentos nada revelam, não há sinais de inflamação, não há lesões e muito menos alterações estruturais.


O atleta é um lesionado em potencial, pois os treinamentos, quanto mais intensos e de impacto forem, maior o sofrimento das estruturas osteo-músculo-ligamentares, além de todo o organismo e, por isso, grande deve ser o cuidado com estes indivíduos. O organismo levado ao extremo num Ironman ou maratona, desafiando os limites da força e flexibilidade no judô ou jiu jitsu, impactos fulminantes nos saltadores e ginastas, e nossa máquina, mesmo muito treinada, sofre desgastes, e no centro de todo esse esforço mecânico, está a nossa lombar, onde distribuímos nosso peso, nosso centro de gravidade, colocando em esforço máximo nossos músculos lombares e abdominais, nossos ligamentos, discos e diversas nobres estruturas próximas como rins e útero. Então, como não dizer que um atleta é um indivíduo muito próximo a um desconforto ou lesão? As dores lombares nos atletas, em todos os esportes, podem ser muito comuns.
A acupressão e a massagem Tui Na, que pressionam pontos e meridianos, são uma extensão da teoria da acupuntura, com a diferença de que a penetração de pontos por agulhas não é necessária nestes casos. Os efeitos da acupressão podem ser, de certa forma, um pouco mais amenos do que os da acupuntura, mas tem-se obtido bons resultados para muitos tipos de sintomas. Da mesma forma que na acupuntura, os efeitos da acupressão podem ser aprimorados com a prescrição de ervas que tendem a acalmar ou estimular, dependendo do que for mais benéfico.

Mas, afinal, por que a bursite no quadril faz mais vítimas mulheres? “A bursite no quadril, chamada formalmente de bursite trocantérica, atinge mais pessoas do sexo feminino por causa da biomecânica do quadril (entenda aqui), que é diferente da dos homens”, explica Christina May Moran, fisiatra e coordenadora do Centro de Reabilitação do Hospital Sírio-Libanês.
Brazilian consensus on the treatment of fibromyalgia65Bras J Rheumatol 2010;50(1):56-66REFERÊNCIASREFERENCES1. Senna ER, De Barros AL, Silva EO, Costa IF, Pereira LV, Ciconelli RM et al. Prevalence of rheumatic diseases in Brazil: a study using the COPCORD approach. J Rheumatol 2004; 31(3):594-7.2. Provenza JR, Paiva E, Heymann RE. Manifestações Clínicas. In: Heymann RE, coordenador. Fibromialgia e Síndrome Miofascial. São Paulo: Legnar, 2006, pp. 31-42.3. Berger A, Dukes E, Martin S, Edelsberg J, Oster G. Characteristics and healthcare costs of patients with bromyalgia syndrome. Int J Clin Pract 2007; 61(9):1498-508.
Antes de qualquer estímulo específico para os músculos responsáveis pela estabilidade e mobilidade da coluna vertebral, é necessário um ponto de partida. Ou seja, o profissional de saúde responsável pela prescrição de exercícios precisa saber qual o nível inicial de complexidade motora e intensidade do treinamento de tal forma que os exercícios consigam gerar as adaptações fisiológicas necessárias para proteção da coluna vertebral sem expor essa mesma estrutura ao risco de lesão. Nesse caso, uma avaliação física específica e adaptada para o egresso de uma crise da coluna vertebral poderá trazer as respostas desejadas.
Formado em fisioterapia pela Unifor (Universidade de Fortaleza) em 1985, Helder Montenegro é presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna, Presidente de honra por seis edições do Congresso Internacional de Fisioterapia Manual e autor do livro Hérnia de Disco e Dor Ciática que alcançou a venda de 10.000 exemplares, apenas, na primeira edição. Desenvolveu, pioneiramente, um trabalho eficaz voltado ao tratamento das patologias da coluna vertebral, prestigiado e utilizado como referencial por muitos outros profissionais do ramo. Nestes anos de experiência com a fisioterapia e o empreendedorismo, sempre procurou incentivar os colegas fisioterapeutas de que, mesmo com os diferentes empecilhos, o trabalho poderia alcançar relevância em notoriedade. E, dessa forma, Helder Montenegro se destacou no ramo da gestão, sendo reconhecido pelo empenho e comprometimento com a fisioterapia. As palestras e conferências que ministra deram um enorme salto qualitativo à profissão que, a cada dia, expande em seu espaço no cenário nacional. Foi um dos primeiros fisioterapeutas a chefiar o departamento médico de um grande clube do futebol brasileiro; atuou como fisioterapeuta no futebol europeu, no clube Galatasaray, na Turquia (2000); contribuiu, significativamente, para a introdução e divulgação das técnicas de Fisioterapia Manual no Brasil, como professor de pós-graduação, ministrando cursos, palestras e promovendo seis congressos internacionais, sendo dois transmitidos ao vivo, via satélite (em 2001), e outro ao vivo (em 2014) transmitido pela internet. Participou de cursos e estágios na Europa (Podoposturologia, Osteopatia, Cadeias Musculares) e nos Estados Unidos (Maitland e Programas científicos da Chattanooga Group utlizando Eletroterapia, Mesa de tração Triton DTS, Mesa de Flexão Ergostyle e Estabilização Vertebral) firmando, então, uma parceria com este grande grupo e criando a técnica de Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral.
É também importante estar atento às alterações de sono desses pacientes. Os antidepressivos têm a vantagem de regular os períodos de sono. Alguns deles, porém, os mais modernos, devem ser tomados de manhã, porque interferem em determinadas fases do sono o que não acontece com os tricíclicos, como a amitriptilina, que podem ser tomados à noite porque contribuem para o relaxamento muscular e ajudam a dormir.

O estudo mostrou que a ação nas mãos tem resultado em todos os pontos de dor no corpo dos pacientes. O mesmo grupo publicou outro artigo, também no Journal of Novel Physiotherapies, sobre um estudo de caso da aplicação do equipamento nos pontos de dores. Embora os resultados desse primeiro estudo tenham sido satisfatórios, não foi possível reduzir a dor da paciente de modo global.
A dor na parte inferior das costas pode estar ligada à coluna lombar óssea, discos entre as vértebras, ligamentos ao redor da coluna vertebral e discos, medula espinhal e nervos, músculos das costas, abdômen e órgãos internos pélvicos e a pele ao redor da região lombar. A dor na parte superior das costas pode ser devida a distúrbios da aorta, tumores no tórax e inflamação da coluna vertebral.
Para os médicos, é importante saber que tipo de lesão medular alguém está experimentando para saber o tratamento adequado abordagem. A ciática pode ser diagnosticada durante um exame físico por um quiroprático, ou o seu médico pode escolher para executar de raios-X e outros exames como a ressonância magnética (RM) de teste para investigar os danos na coluna vertebral. Após o diagnóstico, um quiroprático pode trabalhar com você para realinhar a medula espinhal discos e evitar a saliência para dentro do canal, visando a fonte subjacente da dor. (2)
Criar uma lista de desejos. Esse recurso permite que você acompanhe os itens que você está interessado em comprar no futuro. Depois de comprar os itens, eles saem da sua lista e passam para a lista de reordenação rápida. Para adicionar um item à sua Lista de Desejos, basta clicar no link Adicionar à Lista de Desejos. Você pode adicionar à sua lista quantos itens você quiser. Você pode navegar para esta lista através da Minha conta.
O nosso corpo foi desenhado para o movimento, não para que passemos o dia sentados a trabalhar, nas aulas ou no sofá comendo batatas fritas e vendo TV. Os nossos antepassados caminhavam quase 20 km por dia em busca de comida, água e das coisas mais básicas para poderem sobreviver. Não pretendo dizer que deveriamos voltar à era do Paleolítico (senão não poderia estar a escrever nesta cadeira espectacular), pretendo apenas chamar a atenção para o facto que nos mexemos muito pouco hoje em dia para poder entender as nossas próprias limitações.
O ponto BP6, em particular, tem forte influência nos órgãos reprodutivos, na retenção placentária e no TP distócico e prolongado. Não é indicado seu estímulo na gestação pré-termo, porque a concentração de energia Yin pode antecipar o TP. 22 Esse ponto está localizado no meridiano baço-pâncreas, a quatro dedos do receptor da técnica, acima da ponta do maléolo interno, na parte posterior à frente da tíbia (Figura 1). 21

Se a dor nas costas for prolongada, novas investigações para a confirmação do diagnóstico, para a avaliação do tratamento e, se necessário, para a elaboração de um plano abrangente de reabilitação devem ser realizadas após 6 semanas do início dos sintomas. A consulta com um fisiatra, ortopedista, reumatologista ou neurocirurgião é frequentemente necessária para avaliar o diagnóstico (exames especiais), o tratamento, a capacidade funcional e de trabalho e a necessidade de reabilitação.
O primeiro sinal de dor dos pacientes mostra que os músculos começam a ficar atrofiados, ou seja, fracos. Isso pode ser visto em pesquisas com pacientes que têm dor na coluna.  A musculatura abdominal é quem dá o sinal aos músculos que protegem a coluna vertebral para que eles fiquem fortalecidos. São músculos mais profundos, que ficam mais próximos da coluna vertebral e são eles que realmente a protegem. Esses músculos são conhecidos como multífidos.
O nome pode parecer um pouco estranho para quem não está familiarizado, mas a técnica é simples e você pode já ter ouvido falar dela. A chamada acupressão é uma técnica medicinal que pertence a uma das linhas da medicina tradicional chinesa na qual também se encontram a acupuntura e a digitopuntura. É uma forma de aliviar as dores ou estimular o funcionamento dos órgãos internos por meio da pressão de pontos nas mãos, nas plantas dos pés, nas orelhas e em algumas partes específicas do rosto. Para a medicina tradicional chinesa, estes pontos estão ligados energeticamente com o interior do nosso organismo por meio de canais vitais, nervos, veias ou artérias. É por isso que, ao pressioná-los, você pode perceber o reflexo em outros lugares do seu corpo, inclusive no seu interior e em órgãos vitais.
A acupressão e a massagem Tui Na, que pressionam pontos e meridianos, são uma extensão da teoria da acupuntura, com a diferença de que a penetração de pontos por agulhas não é necessária nestes casos. Os efeitos da acupressão podem ser, de certa forma, um pouco mais amenos do que os da acupuntura, mas tem-se obtido bons resultados para muitos tipos de sintomas. Da mesma forma que na acupuntura, os efeitos da acupressão podem ser aprimorados com a prescrição de ervas que tendem a acalmar ou estimular, dependendo do que for mais benéfico.
Benefícios: Alivia a dor e inflamação na mão, punho, cotovelo, ombro e pescoço. Dor de cabeça, olhos vermelhos, dor nos olhos, sangramento do nariz, dor de dente, dor de garganta, inchaço facial, febre, dor abdominal, constipação, ciclos menstruais atrasadas, ausência de menstruação em mulheres férteis sem gravidez, PMS, o trabalho atrasado, para equilibrar a energia no organismo, os efeitos colaterais da radiação e da quimioterapia em doentes com cancro
Para acertar a bola de uma grande distância, o organismo deve ter a capacidade de rodar em e manter um arco largo todo o caminho através do balanço. Terapia manual técnicas que aumentam a gama de quadril Rode permitir uma diminuição na quantidade de volta do ombro, reduzindo assim a quantidade de flexão do tronco e sidebending durante a desaceleração (no momento mais prejudicial do balanço). Se os jogadores de golfe faltam a gama completa da mobilidade de quadril devido a uma cápsula de adesiva, poderosas forças de torção irão passar a cadeia cinética através de lumbopelvic ligamentos, cápsulas articulares e discos intervertebrais. Movimento restrito facetas e tecido ligamentar danificados neurologicamente podem inibir músculos de sulco profundo da coluna vertebral, como rotadores, multífidos e intertransversos levando a padrões de substituição e instabilidade traseira baixa.
Hoje em dia, existem várias maneiras de tratar esta área com uma terapia. Os tratamentos não são apenas para combater os sintomas, mas também para preveni-los. A terapia da dor pode ser tratada naturalmente por meio de uma terapia de movimento, o tratamento com analgésicos é o método de tratamento mais conhecido, mas também há métodos de tratamento alternativos para tratar dor nas costas e no pescoço e para aliviar a dor.
Woods não tem a supervisão de um coach desde que parou de trabalhar com Chris Como, no final de 2017. E diz que assim continua. Para ele, as consultas com Killen são, por enquanto, experimentais, e que eles conversaram casualmente no campo e que já se conheciam da Ryder Cup de Hazeltine, em 2016, onde Woods atuou como vice-capitão dos EUA. Killen, seria apenas um par de olhos a mais em suas atuações sobre os greens.
Temos um numeroso arsenal contra as dores nas costas, que vão afligir oito em cada dez pessoas pelo menos em um momento da vida, mas muitas vezes estamos errando o alvo ou pecando pelo excesso. É o que sugere um levantamento da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, englobando 23 918 consultas por causa de queixas desse tipo entre 1999 e 2010. Os pesquisadores concluíram que, ali, os médicos não seguem direito as recomendações para o manejo do problema, o que resulta em um abuso na prescrição de remédios, exames de imagem e até mesmo cirurgias.
Estima-se que 1% a 2% de todos os adultos a experiência de uma hérnia de disco em algum ponto que leva ao nervo ciático dor. Muito mais comum em homens do que em mulheres, e mais propensos a desenvolver em pessoas com mais de 30 anos de idade, nervo ciático dor pode afetar ambos os atletas são aqueles que são muito ativos ou pessoas que são mais sedentárias.
Cedo demais – Woods voltou a colocar sua participação no Masters em dúvida nesta segunda-feira, quando falou à imprensa durante o lançamento do AT&T National deste ano, torneio que destina verbas para a fundação do jogador. “Para Augusta, é na verdade um pouco cedo para ser honesto com vocês”, disse Tiger. “É muito frustrante para mim”, continuou o número 1 do mundo. “Estou fora por algumas semanas fazendo tratamento, trabalhando para tentar estar pronto para Augusta”, diz. “Mas agora é ainda cedo para dizer; como falei, é muito frustrante”.
– Faça atividades físicas pelo menos três vezes por semana. Ser sedentário prejudica o organismo por diminuir a flexibilidade, além da fraqueza muscular nas costas, no quadril e nas coxas. Tudo isso contribui para a diminuição do movimento das articulações, inclusive nas tarefas cotidianas. Porém, estas atividades precisam ser supervisionadas por um profissional de academia, já que, feitas de maneira errada, também podem provocar lombalgia.
A fisioterapia reduz a dor do nervo. Os especialistas acreditam que a fisioterapia é a melhor opção para o tratamento dessa doença. A atividade física regular e os exercícios ajudam a fortalecer os músculos da coluna, abdômen e corrigir a postura de um indivíduo. Mas a fisioterapia e a reeducação postural são a chave para o controle da dor causada pela compressão do nervo ciático.
A etiologia da compressão do nervo ciático é variada, e os sintomas também se manifestam de formas diferentes em cada paciente. O diagnóstico cinesiológico-funcional adequado, a observação dos exames complementares e a escolha pelos testes sensíveis vão colaborar com o tratamento dos pacientes com ciatalgia e outros sintomas relacionados ao nervo ciático.
Consenso brasileiro do tratamento da fibromialgia59Rev Bras Reumatol 2010;50(1):56-66lidades de tratamentos não farmacológico e farmacológico. O tratamento deve ser elaborado, em discussão com o paciente, de acordo com a intensidade da sua dor, funcionalidade e suas características, (grau de recomendação A),8,25 sendo importante também levar em consideração suas questões biopsicossociais, (grau de recomendação D) (Grupo I-SBR) e culturais (grau de recomendação D).26 A dor crônica é um estado de saúde persistente que modica a vida. O objetivo do seu tratamento é o controle e não sua eliminação (grau de recomendação D).26Tratamento medicamentosoDentre os compostos tricíclicos, a amitriptilina, e entre os relaxantes musculares, a ciclobenzaprina reduzem a dor e frequentemente melhoram a capacidade funcional estando, portanto, recomendadas para o tratamento da bromialgia (grau de recomendação A, nível de evidência Ib).8 A nortriptilina foi recomendada pelo grupo para o tratamento da bromialgia, ao contrário da imipramina e da clomipramina que não foram recomendadas (grau de recomendação D) (Grupo I SBR).Entre os inibidores seletivos de recaptação da serotonina, houve consenso de que a uoxetina em altas doses (acima de 40 mg) também reduz a dor e frequentemente melhora a capa-cidade funcional sendo também recomendada para o tratamento da bromialgia (grau de recomendação A, nível de evidência Ib).8 O uso de inibidores da recaptação da serotonina, como a uoxetina, em combinação com tricíclicos também está reco-mendado no tratamento da bromialgia (grau de recomendação B).25 O uso isolado dos demais inibidores de recaptação da serotonina, como a sertralina, a paroxetina, o citalopram e o escitalopram, não foi recomendado (grau de recomendação D) (Grupo I SBR).Dentre os antidepressivos que bloqueiam a recaptação da serotonina e da noradrenalina, a duloxetina e o milnaciprano foram recomendados por reduzirem a dor e frequentemente melhorarem a capacidade funcional dos pacientes com bro-mialgia (grau de recomendação A, nível de evidência Ib).8 Não houve consenso quanto à utilização da venlafaxina em pacien-tes com bromialgia (grau de recomendação D) (Grupo I SBR).A moclobemida, um antidepressivo inibidor da MAO, foi recomendada no tratamento da bromialgia por reduzir a dor e frequentemente melhorar a capacidade funcional dos pacientes com bromialgia (grau de recomendação A, nível de evidência Ib).8Não houve consenso quanto à utilização da trazodona em pacientes com bromialgia (grau de recomendação D) (Grupo I SBR).técnica do consenso e estruturação das reuniões do consenso brasileiro para o tratamento da bromialgia.Os recursos provenientes para a realização deste consenso foram obtidos dos laboratórios Mantecorp Indústria Química e Farmacêutica Ltda., Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda., Ap-sen Farmacêutica S/A e Laboratórios Pzer Ltda. Cada uma dessas empresas contribuiu com uma cota igual, referente a ¼ dos custos. A captação dos recursos cou a cargo da empresa Axia.Bio, que contatou e se reuniu com os responsáveis dessas empresas. O nome dos especialistas envolvidos neste trabalho foi mantido em sigilo, e qualquer contato dessas empresas com médicos participantes do consenso foi proibido. Dessa forma, pudemos garantir a isenção dos nossos resultados. RESULTADOSForam votadas 74 questões, atingindo-se consenso em 68 (92%) destas. Somente seis (8%) questões não obtiveram consenso.Diagnóstico e recomendações geraisA bromialgia deve ser reconhecida como um estado de saúde complexo e heterogêneo no qual há um distúrbio no processa-mento da dor associado a outras características secundárias,8 (grau de recomendação D, nível de evidência IV). O diagnóstico da bromialgia é exclusivamente clínico e eventuais exames subsidiários podem ser solicitados apenas para diagnóstico diferencial (grau de recomendação D) (Grupo I). O diagnóstico deve ser conrmado logo ao início do tratamento, para que possamos esclarecer ao paciente o que é verdadeiro e o que é falso (grau de recomendação D).25 A orientação ao paciente é fator crítico para o controle ideal da bromialgia (grau de recomendação B).25 Como parte inicial do tratamento, devemos fornecer aos pacientes informações básicas sobre a bromialgia e suas opções de tratamento, orientando-os sobre controle da dor e programas de autocontrole (grau de recomendação A).25 A completa compreensão da bromialgia requer uma ava-liação abrangente da dor, da função e do contexto psicossocial (grau de recomendação D, nível de evidência IV).8 Além da dor, é importante avaliar a gravidade dos outros sintomas como fadiga, distúrbios do sono, do humor, da cognição e o impacto destes sobre a qualidade de vida do paciente (grau de recomendação D).25 Houve consenso que a bromialgia não justica afastamento do trabalho (grau de recomendação D) (Grupo I-SBR).A estratégia para o tratamento ideal da bromialgia requer uma abordagem multidisciplinar com a combinação de moda-

Uma forma de relaxar, é ficar deitado de lado ou sentado de forma a que as costas estejam totalmente encostadas na cadeira por alguns minutos, e evitar ficar muito tempo na mesma posição, mesmo sendo sentado, deitado ou em pé. Ao ficar numa posição mais confortável, é possível respirar melhor e as fibras musculares se soltam, aliviando a dor nas costas.
*Atualmente, oferecemos pagamentos por COD para a Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Omã, Bahrein, Tailândia, Singapura, Malásia, Filipinas e Indonésia. Enviaremos um código de confirmação para o seu celular para verificar se os detalhes de contato estão corretos. Por favor, assegure que siga todas as instruções contidas nesta mensagem.
Este ponto de acupressão fica localizado entre o polegar direito e dedo indicador. Começando pela mão direita, para pressionar este ponto a sua mão deve estar relaxada, com os dedos ligeiramente curvados e o ponto deve ser pressionado com o polegar esquerdo e o dedo indicador esquerdo, de forma a que estes dois dedos formem uma pinça. Os restantes dedos da mão esquerda devem ficar em repouso, logo em baixo da mão direita. 
Lin Tchie Yeng – A dor é apenas um sintoma e é preciso descobrir suas possíveis causas. Se a pessoa se posiciona mal diante da escrivaninha ou do computador, usa travesseiros inadequados, ou dorme de mau jeito, pode sentir dores no pescoço ou nas costas que tendem a desaparecer quando eliminados os fatores desencadeantes. No entanto, se a dor não melhora ou melhora pouco, é recidivante e não responde de maneira satisfatória aos tratamentos convencionais, médico e paciente devem levantar a possibilidade de um caso de fibromialgia.
A idade média para o aparecimento da primeira crise de dor é de, aproximadamente, 37 anos. Por causa da correria do dia a dia, má postura e sedentarismo, muitos brasileiros não se preocupam em fazer atividades físicas e cuidar da postura. Quando a crise aparece, muitos só enxergam a cirurgia como opção. No entanto, muitas pesquisas têm apontado tratamento convencional e exercícios físicos como solução para cerca de 90% dos casos.
Mas, já sabe que a fibromialgia acontece por uma alteração da interpretação dos estímulos recebidos pelo cérebro e também pelos receptores cutâneos. Para combater e aliviar as dores provocadas pela fibromialgia, algumas opções de tratamento são tomar remédios antidepressivos e analgésicos indicados por médico, fazer fisioterapia e também terapias alternativas, como a acupuntura.
×