English: Stop Nausea With Acupressure, Italiano: Fermare la Nausea con la Digitopressione, Español: acabar con la náusea con acupresión, Deutsch: Akkupressur gegen Übelkeit, Русский: остановить тошноту с помощью точечного массажа, 中文: 按摩穴位治疗恶心, Français: soulager les nausées à l'aide de l'acupression, Bahasa Indonesia: Mengatasi Mual dengan Akupresur, العربية: منع الغثيان عن طريق العلاج بالضغط, Nederlands: Van misselijkheid afkomen met acupressuur
Acupuntura para a dor nas costas pode ter o sucesso determinado por fatores psicológicos De acordo com novas pesquisas, as pessoas que estão sendo tratadas pela dor lombar com acupuntura provavelmente receberão menos benefícios do tratamento se tiverem baixas expectativas de quão eficaz é. O estudo, publicado no The Journal of Clinical Pain, também sugere que os pacientes que são positivos sobre suas dores nas costas e se sentem no controle de seus sintomas experimentam menos deficiência relacionada com as costas enquanto recebem acupuntura.
A osteopatia age na origem da dor para tratar o problema, que pode começar bem longe da coluna. "Incômodos nos pés, ombros e joelhos podem provocar alterações na estrutura corporal, causando as dores nas costas. O tratamento osteopático consiste em uma técnica manual capaz de proporcionar alívio para dores na região lombar, hérnias de disco e desvios posturais", explica o osteopata Gabriel Boal. Ele diz que o alívio costuma surgir nas primeiras aplicações, mas somente uma análise individual pode determinar o número de sessões.

Fortalecer e alongar os músculos abdominais e das costas depois de a dor inicial se ter dissipado ajudá-lo-á a prevenir a recorrência da mesma. A marcha será sem duvida uma excelente opção, assim como a bicicleta estática. Se comprar uma bicicleta escolha a que melhor se adapta ao seu caso especifico. A natação é uma modalidade que também deve ser considerada. Opte pelo estilo que lhe for mais cómodo, pois, por exemplo, nadar de costas protege mais as costas do que os estilos crawl ou bruços. Definir um programa de exercícios em conjunto com um fisioterapeuta ajudá-lo-á a não ultrapassar os seus próprios limites.


Há estudos demonstrando a eficiência de pilates, treinamento funcional, musculação convencional, ioga, caminhada, entre outros, no alívio dos sintomas e na melhora da qualidade de vida. Parece que o principal determinante dos resultados é como os exercícios são prescritos e supervisionados. Além das informações decorrentes de relatórios dos profissionais de saúde que acompanharam as fases iniciais do problema, dos laudos dos exames de imagem e da avaliação física inicial, antes da prescrição de exercícios propriamente dita, é fundamental compreender como se sente um indivíduo recém-chegado de um tratamento de quadro agudo ou crônico de dor na coluna vertebral: inseguro sobre suas possibilidades de movimento, com muito medo de novas crises e, no caso de praticantes regulares de atividade física, ansioso para treinar. Respeitar esse momento de retorno, atentar para as particularidades de cada caso e progredir de acordo com as respostas aos exercícios aumenta bastante a chance de sucesso.

Contraditoriamente, apesar do paciente sentir-se persistentemente cansado, não fazer nada ao longo do dia tende a piorar os sintomas. Nada é pior para os sintomas da fibromialgia do que o sedentarismo. Exercícios físicos aeróbicos e musculação melhoram a qualidade de vida e diminuem a intensidade das dores e a sensação de cansaço. O paciente deve ser encorajado a sair da inércia e vencer a indisposição inicial. Estudos mostram que a prática de Yoga e Tai Chi Chuan são tão eficazes quanto exercícios aeróbicos, ajudando a melhorar o cansaço, as dores e a qualidade do sono.

Acupuntura Anestesiologia Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardiotorácica Cirurgia Geral Cirurgia Maxilo-facial Cirurgia Pediátrica Cirurgia Plástica Cirurgia Vascular Dermatologia Endocrinologia Estomatologia Fisiatria Gastrenterologia Gastrenterologia Hematologia Clínica Hemodinâmica Imagiologia/Radiologia Imunoalergologia Imuno-Hemoterapia Infecciologia Medicina de Reprodução Medicina Dentária Medicina Desportiva Medicina Geral e Familiar Medicina Interna Nefrologia Nefrologia Pediátrica Neurocirurgia Neurocirurgia Pediátrica Neurofisiologia Neurologia Neuropsicologia Neurorradiologia Nutrição Oftalmologia Oncologia Médica Ortopedia Ortopedia Infantil Osteopatia Otorrinolaringologia Pediatria Pneumologia Podologia Psicologia Psicologia de Reabilitação Cardíaca Psicologia Infantil Psiquiatria de Infância e Adolescência Reumatologia Terapia da Fala Terapia Ocupacional Urologia


O artigo Could Hands be a New Treatment to Fibromyalgia? A Pilot Study (doi: 10.4172/2165-7025.1000394), de Juliana Silva Amaral Bruno, Daniel Marques Franco, Heloisa Ciol, Anderson Luis Zanchin, Vanderlei Salvador Bagnato e Antonio Eduardo de Aquino Junior, pode ser lido em www.omicsonline.org/open-access/could-hands-be-a-new-treatment-to-fibromyalgia-a-pilot-study-2165-7025-1000393.pdf.
Na hérnia discal cervical – pode ocorrer dor cervical (cervicalgia) ou dor irradiada ao longo do braço, por vezes, até à mão (braquialgia; cervicobraquialgia), espasmos e dores nos músculos do pescoço, dor no ombro e braço, descrita pelos doentes como “ardimento (ardência) ou queimação”, dor de costas como uma “pontada ou fisgada”. Para além destes sintomas é também possível a ocorrência de dor de cabeça (cefaleias), formigueiros, adormecimento, alterações na sensibilidade e fraqueza muscular do membro afetado.
Dores nas costas incomodam e podem até restringir os movimentos. Para tratar o problema é possível recorrer a métodos alternativos, livrando o organismo de medicamentos que podem provocar efeitos colaterais. De acordo com o osteopata Gabriel Boal, "as técnicas aliviam as dores, mas exigem a colaboração do paciente. Boa postura, prática regular de atividades físicas e alimentação equilibrada também previnem o surgimento de dores". A seguir, confira cinco tratamentos alternativos para dores nas costas:
MATERIAL 100% ECO-FRIENDLY ( "amigo da natureza"), sem cola e hipoalergênicos. Testado e testado pela SGS (líder mundial em controle de qualidade). Dentro de espuma Eco, casca exterior 100% algodão. Total de botões 7992 (: 6210, travesseiros: mat 1782) adornam plástico ABS (material resistente que é usado para Lego) o conjunto. As espinhas são "ligadas termoplasticamente" SEM ADESIVO, processo pelo qual os materiais são unidos por calor. 

Este exercício pode estar vinculado ao Método Pilates solo ou à fisioterapia convencional. O exercício consiste no posicionamento inicial do paciente na postura ajoelhada, com as mãos em contato com os tornozelos. A orientação é que ele realize extensão da coluna progressivamente, trabalhando a respiração, buscando os mesmos desfechos dos procedimentos supracitados.
O sistema do corpo miofascial é construído a partir de um arranjo contínuo dos tecidos destinados a funcionar em padrões organizados, não como grupos musculares isolados. Quando a funcionar correctamente, energia com competência é transmitida via força-acoplamento por meio de uma cadeia de reação enraizada na terra. Recrutamento da unidade motora só se torna isolado para um grupo muscular precisa quando o cérebro percebe uma desconexão do sistema e chama-se no "subs". Como, durante um balanço do golfe, se uma cápsula de quadril fibrosed estavam bloqueando a transferência de energia da cadeia cinética, acoplamento de força normal iria sofrer devido à falta de mobilidade da cabeça do fêmur no acetábulo. (Fig. 3) O terapeuta manual deve primeiro mobilizar a articulação fixada em todos os três planos cardinais e mova a cadeia cinética para avaliar e corrigir qualquer compensação sacroilíaca ou lombar que pode dirigir dor nas costas do jogador de golfe.
A prevenção varia de acordo com a causa do dano nervoso. No entanto, algumas medidas podem ser tomadas de maneira genérica: evite sentar ou deitar pressionando as nádegas por um longo período de tempo; no trabalho, levante-se e alongue-se após passar muito tempo sentado; evite ficar na mesma posição mais que 90 min consecutivos; procure manter a postura correta; pratique sempre exercícios físicos regulares.
Formado em fisioterapia pela Unifor (Universidade de Fortaleza) em 1985, Helder Montenegro é presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna, Presidente de honra por seis edições do Congresso Internacional de Fisioterapia Manual e autor do livro Hérnia de Disco e Dor Ciática que alcançou a venda de 10.000 exemplares, apenas, na primeira edição. Desenvolveu, pioneiramente, um trabalho eficaz voltado ao tratamento das patologias da coluna vertebral, prestigiado e utilizado como referencial por muitos outros profissionais do ramo. Nestes anos de experiência com a fisioterapia e o empreendedorismo, sempre procurou incentivar os colegas fisioterapeutas de que, mesmo com os diferentes empecilhos, o trabalho poderia alcançar relevância em notoriedade. E, dessa forma, Helder Montenegro se destacou no ramo da gestão, sendo reconhecido pelo empenho e comprometimento com a fisioterapia. As palestras e conferências que ministra deram um enorme salto qualitativo à profissão que, a cada dia, expande em seu espaço no cenário nacional. Foi um dos primeiros fisioterapeutas a chefiar o departamento médico de um grande clube do futebol brasileiro; atuou como fisioterapeuta no futebol europeu, no clube Galatasaray, na Turquia (2000); contribuiu, significativamente, para a introdução e divulgação das técnicas de Fisioterapia Manual no Brasil, como professor de pós-graduação, ministrando cursos, palestras e promovendo seis congressos internacionais, sendo dois transmitidos ao vivo, via satélite (em 2001), e outro ao vivo (em 2014) transmitido pela internet. Participou de cursos e estágios na Europa (Podoposturologia, Osteopatia, Cadeias Musculares) e nos Estados Unidos (Maitland e Programas científicos da Chattanooga Group utlizando Eletroterapia, Mesa de tração Triton DTS, Mesa de Flexão Ergostyle e Estabilização Vertebral) firmando, então, uma parceria com este grande grupo e criando a técnica de Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral.
Graças ao Dr. Alex Jimenez, um quiroprático em El Paso, Texas, Louie Martinez encontrou alívio da dor para uma variedade de problemas de saúde. A quiropraxia é uma opção de tratamento alternativa segura e eficaz que se concentra no diagnóstico, tratamento e prevenção de uma variedade de lesões e / ou condições associadas aos sistemas músculo-esquelético e nervoso.…

A osteopatia age na origem da dor para tratar o problema, que pode começar bem longe da coluna. "Incômodos nos pés, ombros e joelhos podem provocar alterações na estrutura corporal, causando as dores nas costas. O tratamento osteopático consiste em uma técnica manual capaz de proporcionar alívio para dores na região lombar, hérnias de disco e desvios posturais", explica o osteopata Gabriel Boal. Ele diz que o alívio costuma surgir nas primeiras aplicações, mas somente uma análise individual pode determinar o número de sessões.

Outro estudo sobre a acupuntura no tratamento de lombalgias comparou a acupuntura com a eletroacupuntura e um tratamento placebo. O estudo foi realizado por pesquisadores do Lund University Hospital na Suécia, com 50 pacientes. Os pacientes preencheram um diário da dor para que os pesquisadores analisassem como reagiam ao tratamento. A análise desse diário revelou diferenças significativas entre o tratamento por acupuntura e placebo após um, três e seis meses de tratamento, com a acupuntura apresentando efeitos melhores que o placebo em todos esses intervalos.

A cirurgia está indicada quando a dor é muito intensa ou não melhora ao fim de 6 a 12 semanas. A cirurgia visa corrigir a causa da compressão do nervo ciático. Sendo a hérnia discal a causa mais comum de dor ciática, a cirurgia mais frequentemente realizada é a remoção do disco intervertebral que provoca essa compressão, permitindo um alívio sintomático em 90 a 95% dos doentes operados.
Na lombalgia mecânica – que é a mais comum a dor não irradia para outros lugares como a coxa e passa depois de um tempo com ou sem o tratamento. Caso as dores cronifiquem, é importante o acompanhamento de um médico especialista, que irá receitar medidas farmacológicas e não farmacológicas, que podem variar desde exercícios físicos à acupuntura e outras infiltrações.

Lutaif explica: “As marcas na pele são sangramentos temporários no tecido subcutâneo, consequências de um processo de sucção da pele por muito tempo. De acordo com a medicina chinesa, essas dores que a pessoa sente seriam causadas pela estagnação da energia, e as ventosas ativas promovem a movimentação dessa energia bloqueada. Essas marcas não são deixadas no tratamento estético e, quando aparecem, podem durar até cinco dias.”


Nunca acordar sentindo dor agonizante por todo o caminho da sua parte superior das coxas para seus pés? Você lida com lancinante dor lombar que se espalha para baixo, através de sua nádega e não parecem sair, não importa o que você tenta? Você pode estar lidando com o nervo ciático dor, também chamada de dor ciática, que provocar uma dor latejante na parte inferior das costas e pernas. A dor se irradia para baixo do corpo e pode ser um sintoma de estenose espinal. É, também, intimamente relacionadas com a síndrome do piriforme , pois o músculo piriforme é perto do nervo ciático.
A ciática pode ser extremamente incapacitante devido à dor intensa e limitação de atividades diárias. A lombalgia simples, de origem mecânica que acontece após algum esforço ou movimento brusco costuma desaparecer em dois ou três dias sem qualquer medida especial. No entanto, a lombalgia que não melhora rapidamente com essas medidas ou que piora gradualmente, evoluindo com a presença da ciática, com alteração de força ou de sensibilidade, é chamada de lombociatalgia e deve ser avaliada por um especialista em coluna com brevidade.
×