A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência. 

Lutaif explica: “As marcas na pele são sangramentos temporários no tecido subcutâneo, consequências de um processo de sucção da pele por muito tempo. De acordo com a medicina chinesa, essas dores que a pessoa sente seriam causadas pela estagnação da energia, e as ventosas ativas promovem a movimentação dessa energia bloqueada. Essas marcas não são deixadas no tratamento estético e, quando aparecem, podem durar até cinco dias.”
Ensaios controlados e randomizados (ECR) desenvolvidos em alguns países da Ásia 4 , 5 , 11 , 12 e do Oriente Médio 14 , 15 , 18 avaliaram os efeitos da acupressão na duração da primeira etapa do TP e na via de parto. Nesses estudos, foram identificados três pontos de acupuntura, alvos da acupressão: ponto Sanyinjiao (BP6), 4 , 11 , 12 , 14 , 18 ponto Hegu (IG4) 5 e ponto Zhiyin (B67). 5
Com a atual vaga de frio, as costas de Paula Colaço Almeida ressentem-se. Os músculos retraem-se, surgem as contraturas musculares e a sensação de nós no pescoço. "As nossas casas não estão preparadas para baixas temperaturas", lamenta a guia-intérprete, de 55 anos, com quatro décadas de um historial clínico na zona lombar. Depois do trabalho, ao serão, fica-se pelo sofá da sala, enrolada na manta, com o aquecedor a óleo ligado e o gato Orson Welles aos pés - considera-o um amigo terapêutico que a acalma quando as dores se agravam. Ainda assim, não exclui a almofada de sementes aquecida no micro-ondas para relaxar os músculos.

Lin Tchie Yeng – Nos Estados Unidos, até aproximadamente quatro anos atrás, apenas 25% dos profissionais reconheciam a existência de fibromialgia. No Brasil, a tendência maior tem sido atribuir a causa dessa dor a fatores de ordem psicológica ou familiar. Assim, é comum receber pacientes tratados sem sucesso durante cinco ou seis anos e aos quais foi indicado consultar um psicólogo ou psiquiatra.
Some authors 13 suggest that cesarean section may contribute to elevated risk of maternal death. The progressive increase in the cesarean section rate in Brazil c has become a disturbing indicator for public health and related policies. Brazil is among the countries that most use this type of delivery, as shown in a global survey conducted in 2007. 3 Alternative methods that promote improved progress of labor and consequently, of vaginal birth, can significantly decrease the number of cesarean sections, as proposed in this study.
A fisioterapia reduz a dor do nervo. Os especialistas acreditam que a fisioterapia é a melhor opção para o tratamento dessa doença. A atividade física regular e os exercícios ajudam a fortalecer os músculos da coluna, abdômen e corrigir a postura de um indivíduo. Mas a fisioterapia e a reeducação postural são a chave para o controle da dor causada pela compressão do nervo ciático.
Mais reconhecido como atividade física, o pilates foi desenvolvido para tratar dores na coluna. "Os movimentos executados de forma lenta aumentam o controle, protegendo e estabilizando a coluna e as articulações. Os exercícios podem ser praticados por pessoas de qualquer idade, com lesões pré-estabelecidas ou como forma de prevenir dores", explica Michel Salgado, fisioterapeuta e sócio-diretor da Metacorpus Studio Pilates.
O diagnóstico de lombalgia é feito pelo médico ortopedista (especialista em ortopedia), sendo que, muitas vezes, não é estrita a realização de exames complementares. Na dor aguda não são geralmente necessários exames adicionais. Em caso de traumatismo (quedas, acidentes, etc.), presença de febre, emagrecimento (perda de peso) ou se a dor nas costas persiste (uma dor que não passa) ao fim de algum tempo, deveremos avançar com exames auxiliares de diagnóstico.
Na medicina oriental, o funcionamento saudável do corpo depende da circulação da energia chi pelos meridianos - que são canais energéticos que existem ao longo do corpo num sistema de distribuição semelhantes às veias. A estimulação adequada de pontos-chave aos longo de meridianos pode desbloquear, intensificar ou redirecionar o chi para promover a cura de desconfortos e enfermidades. Cada meridiano tem uma função - alguns são yin e outros são yang -, mas todos fazem parte do fluxo cíclico de vitalidade de nosso corpo.
Table 1 shows the general characteristics of the parturients according to group location. The groups were similar with regard to age, level of education, and marital status. Most participants received education up to high school (96.0% in SP6G, 90.4% in TG, and 94.2% in CG). The remainder was still in school or had already completed higher education.
It may take a bit of adjusting to get used to this mat, or just the idea, but it is WELL worth it. Both my husband and I use it. We keep it in the bathroom and stand on it while we brush our teeth. I can't handle it barefoot, but he can. I sometimes wear socks to stand on it or I keep an extra pillow case handy to pull over it - that's the perfect size. I can use it uncovered when I lay on it, though. ENJOY!
O plano de De Lee avaliado antes do tratamento não apresentou diferença entre os grupos, estando a maioria das parturientes com -3 cm de altura na apresentação do feto, exceto duas parturientes no GT e duas no GC, com -2 cm. O número de contrações referido pelas participantes durante o tratamento foi diferente entre os grupos, com média maior no GC, sobretudo comparado à média de contrações do GT. Quando analisadas as medianas, os grupos BP6 e GC apresentaram sete contrações cada versus seis contrações no GT.
Como prometido no início da noite dessa segunda-feira, Adriano apareceu para treinar no Ninho do Urubu nesta terça. Ele aceitou as condições impostas por Zinho, que suspendeu o contrato de imagem do jogador. Além disso, o Imperador não poderá perder mais nenhum treino e terá um acompanhamento permanente da parte emocional, que pode ser feito por um psicólogo. Ele só voltará a receber integralmente se andar na linha.
Pode ser uma surpresa para a maioria dos golfistas que, devido às várias paradas e períodos de espera nas partidas, eles ficam em pé aproximadamente 70% do tempo ao jogar 18 buracos. Isso é considerado mais extenuante do que andar. Portanto, é o tempo que passa-se parado que cria cansaço nos pés e pernas. As palmilhas de golfe[4] reduzem este problema devido a pressão hidráulica que tem uma forte influência sobre o fornecimento de energia para os pés e as pernas. O baixo grau de cansaço resultará em uma maior concentração no jogo.
Atendendo ao fato de que a fisioterapia comumente usa recursos, como ultrassom terapêutico e terapia a laser, terapias essas que já demonstraram ter um grande potencial para diminuir a dor e a capacidade funcional dos pacientes com fibromialgia, uma equipe de pesquisadores do Grupo de Óptica do CEPOF-IFSC/USP, constituída pelos fisioterapeutas Juliana Amaral e Daniel Marques Franco, e os pesquisadores Antonio de Aquino Junior e Vanderlei Salvador Bagnato, descobriram um novo método bem mais eficaz no combate às dores e incapacidades provocadas pela doença.
Antônio Eduardo de Aquino Junior, pesquisador do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da Universidade de São Paulo (USP) e um dos autores do artigo, explicou que o estudo apresentou duas inovações principais: o equipamento e o protocolo de tratamento. “Ao combinar o ultrassom e laser, conseguimos normalizar o limiar de dor do paciente. Já o tratamento na palma das mãos contrapõe o tipo de atendimento feito hoje, muito focado nos pontos de dor”, disse o pesquisador.

Localize o ponto de pressão abaixo do joelho. Encontre o fundo de seu joelho e meça quatro dedos abaixo dele. Com a mão oposta, coloque um dedo direitamente abaixo do menor dedo de medição (seu dedo mindinho), do lado de fora de sua tíbia. Se encontrou corretamente o ponto de pressão, um músculo dobrará se você mover o pé para cima e para baixo.[5][6]
O destaque do Pilates no tratamento de dores na coluna se deve ao trabalho de fortalecimento de uma musculatura que é essencial para a proteção da coluna, composta por músculos estabilizadores. São eles: o transverso do abdômen e o multífido lombar. As primeiras aulas do Pilates devem ser voltadas para o aprendizado da contração correta destes músculos. Este treino pode ser realizado seguindo as etapas do modelo de exercícios de estabilização segmentar vertebral, desenvolvido por Richardson, Hodges e Hides (2011).

Histologicamente, os nervos são formados por diversos feixes de fibras nervosas (neurônios), revestidos por camadas de tecido conjuntivo, sustentando e nutrindo todas estruturas. O tecido conjuntivo que envolve cada fibra nervosa é denominado endoneuro. Já as camadas que sustentam os feixes de fibras e o nervo propriamente dito, são perineuro e epineuro, respectivamente.
Na ausência de quaisquer achados do exame neurológico e sem evidência de infecção ou câncer, os exames de imagem não têm utilidade clínica nas primeiras 4 semanas de sintomas. A Quebec Task Force of Spinal Disorders (QTFSD) sugere que as radiografias precoces são necessárias apenas se o paciente tiver déficits neurológicos, febre, trauma, ter idade acima de 50 anos ou menor de 20 anos ou sinais de neoplasia. Vistas anteroposteriores e laterais devem ser usadas em filmes simples, a menos que seja sugerida espondilólise, caso em que visões oblíquas são necessárias.
Dois outros ECR 15 , 18 avaliaram os efeitos da acupressão nos pontos IG4 e BP6, comparando com as parturientes de um terceiro grupo, sem intervenção; porém, não esclareceram o uso de uterotônicos. Em estudo de Salehian et al 18 houve menor tempo de TP quando analisados os grupos BP6 e IG4 versus GC (p = 0,001); e Kim et al 15 mostraram redução no tempo de TP em 127,9 min no grupo BP6 e 149,6 min no grupo IG4 em comparação com o GC. Na comparação dos grupos BP6 versus IG4, não houve diferença.
Ao contrário do que se pensa, repouso absoluto não é recomendado. Reduza a atividade nos primeiros dois dias, mas, depois, retome-as lentamente. Evite levantar muito peso ou torcer as costas nas primeiras seis semanas após a dor ter iniciado. Após duas a três semanas, volte a se exercitar, caso tenha melhorado das dores. Entre os exercícios básicos que devem constar em seu plano estão exercícios para fortalecer o abdômen e melhorar a flexibilidade da coluna.
A coach Lívia Teixeira, que também é portadora de fibromialgia, ajuda pessoas que passam pelas mesmas situações que ela. "Viver com fibromialgia é extremamente desafiador e completamente exaustivo. Imagine sentir dor o tempo todo, no corpo todo, não saber a causa nem o que fazer para melhorar e sua única certeza ser o fato de que fibromialgia não tem cura. Sou portadora desde criança. Passei por momentos em que achei que não ia aguentar, saindo de casa todos os dias como se estivesse saindo para a guerra: armada, rígida, preocupada e sem saber se voltaria viva – metaforicamente falando – apesar de às vezes a sensação ser de quase morte. Aos poucos fui encontrando meu caminho e aprendi a conviver com a síndrome", explica.
Muitos fatores são importantes para evitar que uma lombalgia aguda se torne crônica. A correção postural, principalmente na maneira de se sentar no trabalho e na escola é essencial. Na fase aguda, a ginástica é importante. Quando fizer exercício com pesos na ginástica, proteja a coluna deitando ou sentando com apoio nas costas. Sempre evitar carregar peso. Não permanecer curvado por muito tempo. Quando se abaixar no chão, dobrar os joelhos e não dobrar a coluna. Para outros esclarecimentos, consulte o seu médico ortopedista.
Esta técnica consiste na implantação de um dispositivo no espaço entre a espinal medula e a coluna vertebral (espaço epidural) para ajudar a aliviar a dor em doentes com dores nas costas relacionadas com os nervos. O dispositivo envia sinais elétricos que bloqueiam os sinais de dor enviados para o cérebro. O doente controla esses sinais através de um comando à distancia, personalizando a terapia anti dor. Um estudo realizado por vários centros que utilizam esta terapia revelou que entre os doentes com hérnias discais ou ruturas dos discos, cujas cirurgias não tinham aliviado as dores nas costas, 48% registaram 50% de melhoras em termos de dor nas pernas, bem como uma melhoria significativa de dor nas costas ao fim de seis meses.
Após 20 minutos de utlização você se sente relaxado e com as energias renovadas. Se você se sente sente stressado, com dificuldade em dormir, tem pouca energia, dores de cabeça, dor nas costas ou pescoço, ou necessita simplesmente de um descanso mais completo, o tapete de acupressão Yantra Mat é o ideal para você! Lembre-se na sua próxima viagem, leve consigo o seu Yantra Mat e sinta a diferença!
– Faça uso de analgésicos ou anti-inflamatórios. Procure um médico para que ele possa orientar você quanto ao modo correto de uso, especialmente porque talvez seja necessário também um medicamento que protege o estômago dos danos causados por estes remédios. Exemplos: paracetamol ou dipirona. Relaxantes musculares, como a ciclobenzaprina, também podem ser eficazes.
Conheça os principais usos da acupressão. Por mais que a técnica seja utilizada no tratamento de vários problemas de saúde, o uso mais comum é o do alívio de dores de dor de cabeça, dores no pescoço e dores nas costas. Muitas pessoas também utilizam a acupressão para controlar o enjoo, a fadiga, o estresse, a perda de peso e até mesmo alguns vícios. Acredita-se que a técnica ajude a reduzir a tensão muscular e promova um relaxamento profundo.[5]
Atendendo ao fato de que a fisioterapia comumente usa recursos, como ultrassom terapêutico e terapia a laser, terapias essas que já demonstraram ter um grande potencial para diminuir a dor e a capacidade funcional dos pacientes com fibromialgia, uma equipe de pesquisadores do Grupo de Óptica do CEPOF-IFSC/USP, constituída pelos fisioterapeutas Juliana Amaral e Daniel Marques Franco, e os pesquisadores Antonio de Aquino Junior e Vanderlei Salvador Bagnato, descobriram um novo método bem mais eficaz no combate às dores e incapacidades provocadas pela doença.
Para quem não está acostumado, a dureza do piso pode causar alguns traumas na canela. O asfalto e o concreto são seis vezes mais prejudiciais para o tecido da tíbia em relação aos terrenos mais leves (como terra batida). Recomenda-se que os treinos na rua sejam leves para o iniciante, alternando com treinamentos em terrenos que geram menos impacto. Terrenos com grama e areia dura ajudarão nesse quesito.
Estar sentado à  secretária com os pés assentes no chão, deixa cair um lápis e inclina-se para o lado para o apanhar. Este é um movimento terrível para as suas costas, pois pressiona os discos que amortecem as suas vértebras. Aprender quais os movimentos a evitar poderá ajudá-lo a proteger as costas. Com efeito, análises recentes revelaram que os doentes com dores na região inferior das costas que aprendiam a abordar as dores nas costas e a protegê-las regressavam ao trabalho mais cedo do que aqueles que não eram educados nesse sentido. Vale a pena pedir ao médico materiais ou orientações relacionadas com os cuidados das costas.

Pode ser uma surpresa para a maioria dos golfistas que, devido às várias paradas e períodos de espera nas partidas, eles ficam em pé aproximadamente 70% do tempo ao jogar 18 buracos. Isso é considerado mais extenuante do que andar. Portanto, é o tempo que passa-se parado que cria cansaço nos pés e pernas. As palmilhas de golfe[4] reduzem este problema devido a pressão hidráulica que tem uma forte influência sobre o fornecimento de energia para os pés e as pernas. O baixo grau de cansaço resultará em uma maior concentração no jogo.
Na maioria dos casos, o tratamento da inflamação ou compressão do nervo ciático envolve a realização de sessões de fisioterapia com aparelhos que reduzem a dor e inflamação e são realizados exercícios de fortalecimento e alongamentos, e técnicas manuais para mobilizar e estirar a perna afetada, melhorando a irrigação sanguíneo do próprio nervo ciático e normalizar o tônus dos músculos do glúteo e da perna.
Hoje em dia, existem várias maneiras de tratar esta área com uma terapia. Os tratamentos não são apenas para combater os sintomas, mas também para preveni-los. A terapia da dor pode ser tratada naturalmente por meio de uma terapia de movimento, o tratamento com analgésicos é o método de tratamento mais conhecido, mas também há métodos de tratamento alternativos para tratar dor nas costas e no pescoço e para aliviar a dor.

Se a dor nas costas for prolongada, novas investigações para a confirmação do diagnóstico, para a avaliação do tratamento e, se necessário, para a elaboração de um plano abrangente de reabilitação devem ser realizadas após 6 semanas do início dos sintomas. A consulta com um fisiatra, ortopedista, reumatologista ou neurocirurgião é frequentemente necessária para avaliar o diagnóstico (exames especiais), o tratamento, a capacidade funcional e de trabalho e a necessidade de reabilitação.


Lin Tchie Yeng – Com o uso exclusivo de anti-inflamatórios, a dor melhora por uns tempos, mas torna a aparecer. No tratamento da fibromialgia, medicação ajuda, mas não é o suficiente. É importante trabalhar com o lado físico e psicológico do paciente. Por isso, os antidepressivos representam uma primeira e conveniente opção. Associados aos analgésicos e anti-inflamatórios, diminuem os sintomas da dor. No entanto, pacientes com fibromialgia ou dores crônicas requerem abordagem multidisciplinar para que o tratamento apresente resultados mais eficientes.
Use os dedos para apertar o ponto de pressão. Pegue seu polegar e o dedo médio ou indicador e pressione firmemente nos pontos nos dois lados do punho quando se sentir nauseado. Em seguida, gentilmente, mas com firmeza, esfregue o ponto usando um movimento circular por vários minutos. Você poderá sentir um alívio imediato; às vezes, no entanto, poderá demorar até cinco minutos .[4]
Enquanto para muitos anos o movimento de pinça na nervos espinhais foi pensado para ser a única razão para a ciática, os pesquisadores agora sabem que a inflamação se agrava a condição e pode até mesmo ser a causa real em alguns casos. Estudos têm encontrado que o nervo ciático sintomas de dor pode ocorrer na ausência de direto compressão da raiz nervosa, possivelmente como resultado do lançamento do pró-inflamatórias, fatores. Isso ainda faz com que o mesmo graves, a dor, porque ela dispara crônicas, repetitivas, o disparo de inflamadas raiz do nervo. (10)
Tratamentos não-cirúrgicos — como ajustes de quiropraxia, acupuntura, massagem terapêutica e o fortalecimento de alongamento e o back — pode funcionar tão bem como cirurgias e medicamentos para o tratamento de perna e lombar, nervo ciático dor. Eu recomendo estes como a primeira linha de defesa — por exemplo, ver um quiroprático que pode ajustar a coluna vertebral e ajudar a aliviar a pressão sobre o nervo ciático.
Os problemas surgem quando este padrão alternado de mobilidade e estabilidade não segue esta ordem. Neste caso haverá fugas de energia mas como o cérebro humano é muito esperto, encontrará sempre formas de compensar o movimento ineficiente. A questão aqui é esta: a longo prazo, esta acção repetida continuamente, vai aumentar o stress no sistema do jogador e o risco de lesão torna-se cada vez maior.
É preciso, primeiramente, achar um local adequado, mais escuro e silencioso possível, onde a pessoa possa encontrar uma posição confortável para relaxar. Faça nos seis pontos do corpo, uma leve pressão com os dedos das mãos, em movimentos circulares, por cerca de 1 minuto. Os estudos comprovam que após 5 minutos dessas ações, já é sentida uma considerável melhora nas dores de cabeça. Vamos, abaixo, analisar cada um dos seis pontos. Confira!
Uma maneira eficaz de melhorar o VO2 máx é apostar em treinos intervalados com uma intensidade altíssima, próxima a 95% do índice. De acordo com Gabriel Soares, supervisor técnico da assessoria esportiva BH Race, são treinos com intervalos de recuperação com repetições que duram entre 2 e 7 minutos em um ritmo próximo ao seu pace para uma prova de 3 km ou 5 km. O intervalo nessas situações são de 2 a 4 minutos e podem ser trotando em baixa velocidade.
66 Bras J Rheumatol 2010;50(1):56-66Heymann et al.4. Annemans L, Wessely S, Spaepen E, Caekelbergh K, Caubère JP, Le Lay K et al. Health economic consequences related to the diagnosis of bromyalgia syndrome. Arthritis Rheum 2008; 58(3):895-902.5. Provenza JR, Pollak DF, Martinez JE, Paiva ES, Helfenstein M, Heymann R et al. Diretrizes da Fibromialgia - Sociedade Brasileira de Reumatologia, 2004. Disponível em: http://www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/052.pdf.6. Associação Médica Brasileira. Conselho Federal de Medicina. Projeto Diretrizes: introdução. Disponível em: www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/texto_introdutorio.pdf7. Axia.Bio Farmacoeconomia e pesquisa em saúde. Disponível em: www.axia.bio.br.8. Carville SF, Arendt-Nielsen S, Bliddal H, Blotman F, Branco JC, Buskila D et al. EULAR evidence-based recommendations for the management of bromyalgia syndrome. Ann Rheum Dis 2008; 67(4):536-41.9. Goldenberg DL, Burckhardt C, Crofford L. Management of bromyalgia syndrome. JAMA 2004; 292(19):2388-95. 10. O’Malley PG, Balden E, Tomkins G, Santoro J, Kroenke K, Jackson JL. Treatment of bromyalgia with antidepressants: a meta-analysis. J Gen Intern Med 2000; 15(9):659-66.11. Tofferi JK, Jackson JL, O’Malley PG. Treatment of bromyalgia with cyclobenzaprine: A meta-analysis. Arthritis Rheum 2004; 51(1):9-13.12. Furlan AD, Sandoval JA, Mailis-Gagnon A, Tunks E. Opioids for chronic noncancer pain: a meta-analysis of effectiveness and side effects. CMAJ 2006; 174(11):1589-94.13. Thomas E, Blotman F. Are antidepressants effective in bromyalgia? Joint Bone Spine 2002; 69(6):531-3.14. Jacobs JW, Geenen R. Are antidepressant drugs efcacious in the treatment of bromyalgia? West J Med 2001; 175(5):314.15. Mayhew E, Ernst E. Acupuncture for bromyalgia--a systematic review of randomized clinical trials. Rheumatology (Oxford) 2007; 46(5):801-4.16. Perrot S, Javier RM, Marty M, Le Jeunne C, Laroche F; CEDR (Cercle d’Étude de la Douleur en Rhumatologie France), French Rheumatological Society, Pain Study Section. Is there any evidence to support the use of anti-depressants in painful rheumatological conditions? Systematic review of pharmacological and clinical studies. Rheumatology (Oxford) 2008; 47(8):1117-23.17. Mannerkorpi K, Iversen. Physical exercise in bromyalgia and related syndromes. Best Pract Res Clin Rheumatol 2003; 17(4):629-47.18. Holdcraft LC, Asse N, Buchwald D. Complementary and alternative medicine in bromyalgia and related syndromes. Best Pract Res Clin Rheumatol 2003; 17(4):667-83.19. Jung AC, Staiger T, Sullivan M. The efcacy of selective serotonin reuptake inhibitors for the management of chronic pain. J Gen Intern Med 1997; 12(6):384-9.20. Sim J, Adams N. Systematic review of randomized controlled trials of nonpharmacological interventions for bromyalgia. Clin J Pain 2002; 18(5):324-36.21. Mannerkorpi K, Henriksson C. Non-pharmacological treatment of chronic widespread musculoskeletal pain. Best Pract Res Clin Rheumatol 2007; 21(3):513-34.22. Crofford LJ.Pain management in bromyalgia. Curr Opin Rheum 2008; 20(3);246-250.23. Busch AJ, Barber KA, Overend TJ, Peloso PMJ, Schachter CL. Exercise for treating bromyalgia syndrome. Cochrane Database of Systematic Reviews 2007, Issue 4. Art. No.: CD003786. DOI: 10.1002/14651858.CD003786.pub2.24. University of Texas, School of Nursing, Family Nurse Practitioner Program. Fibromyalgia treatment guideline. Austin (TX): University of Texas, School of Nursing; 2005. 13 p.25. Buckhardt CS, Goldenberg D, Crofford L, Gerwin R, Gowans S, Kugel P et al. Guideline for the management of bromyalgia syndrome pain in adults and children. APS Clinical Practice Guidelines Series, No 4. Glenview, IL: American Pain Society; 2005.26. Institute for Clinical Systems Improvement (ICSI). Assessment and management of chronic pain. Bloomington (MN): Institute for Clinical Systems Improvement (ICSI); 2007. 87 p.27. Development and validation of an international appraisal instrument for assessing the quality of clinical practice guidelines: the AGREE project. Qual. Saf. Health Care 2003; 12;18-23.
Fatores de saúde mentais: questões de saúde mental pré-existentes tais como ansiedade e depressão podem influenciar na dor crônica, bem como a percepção da sua gravidade. Dor que se torna crônica também pode contribuir para o desenvolvimento de tais fatores psicológicos. O estresse pode afetar o corpo de várias maneiras, incluindo causando tensão muscular.
Até agora, se um disco se desintegrava, causa comum de dores de costas, a única solução era fundir as duas vértebras, fazendo assim uma espécie de sanduíche com o disco no meio. Atualmente, os cirurgiões podem substituir o disco danificado por um núcleo de polietileno ou de metal que desliza entre duas placas de metal. Este procedimento só poderá ser considerado se outros tratamentos, incluindo fisioterapia, emagrecimento, injeções e/ou o uso de um colete especial, não tiverem resultado.
Histologicamente, os nervos são formados por diversos feixes de fibras nervosas (neurônios), revestidos por camadas de tecido conjuntivo, sustentando e nutrindo todas estruturas. O tecido conjuntivo que envolve cada fibra nervosa é denominado endoneuro. Já as camadas que sustentam os feixes de fibras e o nervo propriamente dito, são perineuro e epineuro, respectivamente.
Este ponto de acupressão fica localizado na planta do pé, logo a baixo do espaço entre o dedão e o segundo dedo do pé, onde os ossos destes dois dedos se cruzam. Para pressionar este ponto, deve usar a mão do lado oposto, pressionando a planta do pé com o polegar e o lado oposto com o dedo indicador, de forma a que a os dedos da mão formem uma pinça que envolve o pé.

A dor na parte inferior das costas pode estar ligada à coluna lombar óssea, discos entre as vértebras, ligamentos ao redor da coluna vertebral e discos, medula espinhal e nervos, músculos das costas, abdômen e órgãos internos pélvicos e a pele ao redor da região lombar. A dor na parte superior das costas pode ser devida a distúrbios da aorta, tumores no tórax e inflamação da coluna vertebral.

Esportes ou qualquer tipo de movimentação física são indicados para combater o sedentarismo. Pense no nosso corpo como uma máquina: se não manejada corretamente, começam as falhas e panes. Precisamos estar em dia sempre para o bom funcionamento dele.  Veja abaixo algumas dicas de alongamento que podem ajudar no alívio das dores e também do bom posicionamento:


I have created this web-site to introduce you to traditional Thai Physical Therapy that we call Thai Acupressure. Traditional Thai Physical Therapy is based on acupressure protocols composed of line and point formulas. These acupressure protocols are used in most of Thailand’s Hospitals and you can learn how to use them in your practice to effectively treat your clients pain. You will find detailed instructions in the Guide Book and Video Course.  Also, Please check the website for upcoming workshops. Please contact me with any questions
O ITC Vertebral desenvolveu uma técnica de tratamento para a coluna vertebral sem procedimentos invasivos. Os pacientes são tratados de acordo com os sintomas e sinais da dor. Não existe um trabalho padrão e é aí que consiste um dos grandes diferenciais do ITC Vertebral: o indivíduo passa por uma avaliação criteriosa, sendo direcionado, a partir dessa primeira etapa, para um atendimento personalizado. Fala-se, portanto, em “Subclassificação” das dores na coluna vertebral, os critérios de tratamento obedecem às características individuais do estado clínico do paciente.
×