Enquanto o calor pode ser usado para aliviar a dor, apenas o oposto também funciona para algumas pessoas. Alguns acham que a aplicação de uma compressa de gelo na parte de trás de 10 a 15 minutos, a cada duas ou três horas, faz o truque. Se a dor ainda não parece ir embora, naturalmente, a maioria dos médicos recomendam tomar um over-the-counter analgésicos quando os sintomas se muito ruim (como Tylenol ou ibuprofeno/Advil).
Parece que a náusea é parte da vida, esteja você grávida, de ressaca, fazendo tratamento por quimioterapia, ou enjoado. Embora você possa ter ouvido falar de acupuntura, uma terapia com agulhas, a acupressão é uma terapia que simplesmente se baseia na massagem dos principais pontos de pressão para aliviar os sintomas. Ela é uma maneira rápida e barata de lidar com náuseas, sem efeitos colaterais nocivos, embora pesquisas ainda sejam necessárias para provar sua eficácia.[1]Aprenda os pontos de pressão, em seguida, use seus dedos ou uma pulseira para começar a sentir alívio!
Como vimos, a larga maioria dos casos pode ser perfeitamente benigna, mas outros há que são extremamente graves e que podem colocar a sua vida em risco e num curto espaço de tempo. Neste sentido, é muito importante que o doente nunca se automedique ou desvalorize os sintomas, consultando um médico de modo a permitir diagnosticar e tratar a patologia responsável pela dor de costas, conforme veremos de seguida.
Como última opção há a cirurgia, geralmente recomendada para casos que não obtiveram sucesso com tratamentos à base de medicamentos, fisioterapia e outros. A cirurgia é tratamento de exceção nos casos de ciática, mas podem ter indicação muito precisa nos casos onde há perda do controle do intestino e/ou bexiga ou piora gradual da força do membro inferior.
Embora alguns estudos tenham associado a acupressão no ponto BP6 à redução do tempo de TP 11 , 12 , 14 , 18 e à menor taxa de cesárea, 4 , 14 não ficou claro se foram utilizados fármacos para indução ou condução do TP ou se ocorreu ruptura artificial das membranas amnióticas, considerados fatores que podem influenciar na duração de TP. Também não foram localizados estudos que reproduziram essa técnica na população latino-americana.
Contraditoriamente, apesar do paciente sentir-se persistentemente cansado, não fazer nada ao longo do dia tende a piorar os sintomas. Nada é pior para os sintomas da fibromialgia do que o sedentarismo. Exercícios físicos aeróbicos e musculação melhoram a qualidade de vida e diminuem a intensidade das dores e a sensação de cansaço. O paciente deve ser encorajado a sair da inércia e vencer a indisposição inicial. Estudos mostram que a prática de Yoga e Tai Chi Chuan são tão eficazes quanto exercícios aeróbicos, ajudando a melhorar o cansaço, as dores e a qualidade do sono.
Geralmente, acredita-se que alguma forma consistente de alongamento e exercício seja um componente essencial da maioria dos programas de tratamento das costas. Repouso total é raramente recomendado, e quando necessário, é geralmente limitado a um ou dois dias. Em acréscimo, a maioria das pessoas irá se beneficiar em não empregar quaisquer factores ergonômicos ou de postura que possam contribuir para a dor nas costas, tais como técnicas impróprias de levantamento de pesos, má postura ou apoio deficiente em camas, cadeiras de escritório etc.
7 minutos A doença fibromialgia é uma condição crônica que traz dor generalizada nos músculos, ligamentos e tendões. Esta condição também pode ser acompanhada de fadiga e distúrbios do sono. Bem-vindo a mais um artigo do blog Sua Solução Online. Neste post você irá conhecer mais um pouco sobre a doença fibromialgia, uma síndrome que afeta milhares de pessoas no mundo inteiro. Estudos médicos mostram que até seis milhões de americanos têm fibromialgia, muitos deles são mulheres. E não importa quantos relaxantes musculares e Continue lendo→
A dor no nervo ciático (ou simplesmente Ciática) trata-se de um sintoma de outro problema médico. O nervo ciático é considerado o maior do corpo humano: estende-se desde a face posterior do quadril, descendo por trás da coxa e dos joelhos até alcançar o dedo maior do pé, ou seja, vai desde a coluna lombar até os pés. É ele quem possibilita o movimento dos músculos das pernas, permitindo as articulações dos membros inferiores, além de ser responsável pelas sensações.
As pessoas acometidas de dor ciática foram as que nos levaram a montar o nosso programa de exercícios de fortalecimento muscular especial para os músculos das costas. Tudo começou devido ao alto número de pacientes que tinham recorrência com dor ciática. A frequência com que recebíamos e ainda recebemos no nosso consultório pacientes com dores oriundas de alongamentos e exercícios incorretos realizados nas academias e estúdios de pilates é assustadora. A população tem procurado esses centros no intuito de melhorar a sua qualidade de vida, e não para se machucar. Trabalhar com pessoas que sofrem de dores nas costas e programar exercícios específicos é um tema novo para os profissionais de educação física e os fisioterapeutas. Ainda não existe na grade curricular dessas duas formações uma escala de aprendizagem sufi ciente para prevenir esses acidentes constantes. Foi nesse sentido que iniciamos uma série de reuniões científicas com médicos ortopedistas especialistas em coluna, radiologistas, profissionais de educação física e fisioterapeutas, a fim de eliminar os exercícios que traziam prejuízos para a coluna vertebral dos nossos pacientes. Dessa forma, nos empenhamos nesse assunto e montamos também uma grade de exercícios especiais que são benéficos e contra-indicamos outros exercícios que sejam prejudiciais para quem tem problema na coluna.
É importante saber que, se por um lado a fibromialgia não é uma doença que acarrete risco de morte ou cause deformidades, por outro, os sintomas podem ser incapacitantes, determinado uma péssima qualidade de vida ao paciente. Pacientes com fibromialgia costumam ter uma qualidade de vida muito ruim se não tiverem o diagnóstico estabelecido e não estiverem sob tratamento.

PC 6 – A partir do pulso, medir três dedos, como mostrado na imagem. Onde seu terceiro dedo toca no meio do seu pulso é o ponto a ser pressionado. Leve o polegar e aplique uma pressão firme nesta área até que sinta um leve desconforto. Pressione o suficiente para interromper o fluxo de sangue normal, mas não o suficiente para causar dor. Segure este ponto de pressão e gentilmente comece a massagear com o polegar num movimento circular firme por cerca de 2 minutos.
Para quem sofre com dores nas costas - as que afetam mais portugueses - esta é a pior altura do ano. Além das contraturas, os movimentos tornam-se mais difíceis e as pontadas na coluna disparam a ponto de serem incapacitantes. Mas "a massagem e o calor húmido - botija de água quente envolvida num pano húmido" podem atenuar o sofrimento, recomenda o ortopedista e coordenador da Secção de Coluna da Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia, Nelson Carvalho. 

A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência.
Normalmente não são necessários testes específicos para se diagnosticar dor nas costas. O médico pode examinar o paciente e verificar se há alguma irregularidade com a coluna. Caso haja suspeita de alguma doença mais grave, exames de sangue e urina podem ser necessários para comprovar se há ou não algum outro fator que cause a doença (como infecções).
Sim, tratamento deve ser feito com um acompanhamento especializado e consiste no uso de medicamentos como antidepressivos, ansiolíticos, analgésicos e relaxantes musculares. Mas, principalmente na prática regular de atividades físicas como aeróbica e anaeróbica. Já a fisioterapia, o pilates e o fortalecimento muscular são grandes aliados para o controle da doença, porém é preciso também ficar atento na alimentação e ter hábitos saudáveis, essas pequenas atitudes farão uma grande diferença no dia a dia do paciente. Não podemos esquecer que é preciso ter uma boa noite de sono, pois ela ajudará muito na qualidade de vida de um portador de fibromialgia.
– Pratique exercícios físicos que ajudem a fortalecer a musculatura de todo o corpo. O Pilates é uma excelente opção, que promove uma melhora no condicionamento físico e mental com um repertório diversificado de exercícios globais. Através da técnica, que trabalha fluidez, concentração, controle, centro de força, respiração e postura, o praticante consegue aumentar a sua consciência corporal, flexibilidade, equilíbrio e força muscular.

A ciática pode ser extremamente incapacitante devido à dor intensa e limitação de atividades diárias. A lombalgia simples, de origem mecânica que acontece após algum esforço ou movimento brusco costuma desaparecer em dois ou três dias sem qualquer medida especial. No entanto, a lombalgia que não melhora rapidamente com essas medidas ou que piora gradualmente, evoluindo com a presença da ciática, com alteração de força ou de sensibilidade, é chamada de lombociatalgia e deve ser avaliada por um especialista em coluna com brevidade.
×